25.8.11

Sobre uma Alice...



Não... Eu não posso falar sobre o assunto nem via blog que é acessado por pouca gente da RL (Real Life) e que nem faria diferença, mas dessa vez não posso falar e isso me consome por que tenho convivido há dias com isso... Hoje, de alguma forma, vou desabafar.

Sinto pena ao perceber a face cruel pra beleza, por que foi em função de tanta beleza que ela nunca pode estar sozinha... Nunca teve o privilégio da solidão, de estar diante de si. Sempre se restringiu a relações que ofereciam um mundo com o horizonte pequeno. Contudo nessas idas e vindas da vida, mesmo estando presa a um príncipe pequenininho acabou achando a toca do coelho... Só que era tarde... O castelo dos sonhos está pronto e não é mais seu destino... É seu carma...

Todos os investimentos foram feitos e o jogo começado... Vive-se então a expectativa do desmoronamento. Enquanto ele não acontece ela marcha sorrindo pro caminho que sua beleza traçou.

Acho que passarei a vida reproduzindo esse diálogo..

Alice: O Senhor poderia me dizer, por favor, qual caminho que devo tomar para sair daqui?

Gato: Isso depende muito de para onde você quer ir.

Alice: Não me importo muito para onde...

Gato: Então não importa o caminho que vocês escolha.

Alice: ... contanto que dê em algum lugar

Gato: Tenha certeza que em algum lugar sempre vai dar.

8 comentários:

  1. ora, esse diálogo entre Alice e o Gato é o mais esperançoso de todo o livro. qual o problema de repeti-lo sempre?

    ResponderExcluir
  2. Do pouco que li, achei interessante esse diálogo no livro, mostra certo marasmo pela conquista, e muitos de nós, por vezes chegamos aí. E não é nada bacana.

    Escuta, esse template ficou um Close!
    Adorei gatito!

    Seu TIM ainda está ativo? UI.

    Beijao

    ResponderExcluir
  3. Eu não estou acreditando nisto ... ou estou?

    ResponderExcluir
  4. Espero mesmo que eu tenha entendido tudo errado... Pro seu bem, claro!

    Quer dizer, quem sou eu pra saber o que é melhor pra vc, né??

    Acho que é por isso que o Gato dá tantas opções (ou melhor, poucas restrições) pra Alice. Quem decide no fim é sempre a gente mesmo...

    Abraços, beijos e força aí!!

    ResponderExcluir
  5. Alice: Não me importo muito para onde...

    Gato: Então não importa o caminho que você escolha.

    (x2)

    ResponderExcluir
  6. Nõ gente, op texto não é sobre mim.....

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Ah, Gato, que bom!! É um alívio saber que eu entendi tudo errado mesmo... Hehehe

    Quando for assim, fica tranquilo que eu sempre volto nos blogs que leio procurando se houve alguma resposta. Por isso, se não tiver tempo ou não quiser, não precisa se dar ao trabalho de ir no meu blog me responder não, tá??

    Abraços!!

    ResponderExcluir