29.6.10

Fabio Jr se divorcia pela vez de número 4785 do malote 13


Semana passada Fabio Jr (que será eternamente caça e caçador) anunciou seu divorcio com a “posadeira nua esposa de...” Mari Alexandre.


Eu sinceramente não sei dizer como que Fabio Jr consegue convencer alguém de ainda se casar com ele. Com Mari o doido ainda me inventou de tirar sua porra do congelador e implantar no freqüentado útero da “moçoila”, que não deve ter se aconselhado com a então enteada, Cléo Pires, do contrario pensaria duas vezes (ou não, com a idade chegando ela tem mais é que querer pensão mesmo).


O fato é que eu falo assim do Fabito por puro despeito, que pra mim ele, Greatchen, Chico Anysio e outros são antes de tudo inspiração. Sempre que me imagino casado é no 7º casamento, 8º.. Eu quero casar muito, sabe??? Esse é meu jeitinho!!!!


Agora o gato vai se despedir, mas ligado para sempre estar repassando noticias surpreendentes, espantadoras e inovadoras tal como essa, só pra vocês.

28.6.10

Um talento...

Olá pessoas...

Hj o gato tá atarefado e ainda vai realizar a entrevista de Julho daqui a pouco. É por esse motivo que farei apenas uma pequena aparição. Pequena mas nem por isso pouco valorosa... Muito pelo contrario. No dia do Correio Aéreo Nacional fui num bistrô maravilhoso, que teve um sarau super-bacana, com uma galera talentosíssima, dentre eles um jovem compositor/cantor que além de ser um gatinho se mostrou competente no que faz. Na ocasião o rapaz me add no orkut e mandou o vídeo dele cantando num festival aonde sua música já chegou na semifinal. A música é uma delicia (o cantor também)... Quem quiser conferir. Conheça.Saullo Oliveira e o seu “Primeiro Acalanto”





Primeiro Acalanto

Mesmo que o mundo caia
Em meu pescoço
O jugo pese e venha a noite
Eu sei que alguém vela por mim
Até quando a cama
É uma cova
E a aflição me bate a porta
É certo, alguém zela por mim
Alguém que me deixa a contar estrelas
Ainda que não possa tê-las
Em minhas mãos
Que me esfacela o peito
Se faz da cor do meu pranto
E sorri

Saullo Oliveira


O blogueiro Áthila Goyaz, que também é músico, aprovou... Agora é com vocês... Aprovado??? Se sim, divulguem o rapaz... O menino tão talentoso com míseras 240 aparições no you tube enqto Steffanny tem um zilhão... Quem merece isso???


25.6.10

Quinta de quinta...

Ok...


Viajo minhas duas horas e meia de sempre rumo ao trabalho sendo que essa semana ia ser só na quinta-feira por que sexta não abrimos devido a nossa querida seleção canarinho (manifestação irritante de nº 4712 referente a algo da copa).


Ao chegar descubro que só iria trabalhar o período da manha por que devido a dengue de um coordenador o local seria dedetizado...


Ok.. Viajei não sei quantos kilometros pra trabalhar de 10:00 as 12:00...


15 minutos após minha chegada me liga uma cliente dizendo que não poderia ir por que o filhinho tava doente... Daí a secretaria logo se lembra que outra tb desmarcou... E a que estava entre as duas faltou... Tudo bem.. Não fiz nada e tive de ficar cumprindo horário...


E foi jogando conversa fora com as colegas de trabalho que reparei numa blusa que uma delas estava usando, era das olimpíadas da APAE, muito bonita por sinal... Comentei que achei linda, perguntei se tinha onde comprar e etc... No meio de todos os elogios ela me vira de costas para eu ver o verso e que surpresa eu tenho ao ler:




Ela vem candidata à deputada, minha gente???? Só faltou vir escrito em baixo: Ela é boa de coração!!!!


Alguém conta pra tia que divulgar filantropia é feio??? De mais a mais, que ela é dada todo mundo sabe!!!! Acharia mais sensato que ela tivesse escrito em outros lugares.... Seguem algumas sugestões:





Enfiim... Moral da historia??? É bom eu tratar de trabalhar que ocioso com essa visão e língua, qualquer hora apareço é morto.

23.6.10

Voltando...


Oia o gato de volta....


Ng nem sente falta, to sem prestigio mesmo, não blogo desde o final de semana e ng se pronuncia. Quando é aquela vaca a população fica em pânico... Comigo ng nem comenta (invejoso é teu c*)... Tudo bem, acho que posso sobreviver.


Digo.. Ao ostracismo eu posso sobreviver, o que eu não posso sobreviver foi o fato de não ter estado no I MEDDIETOPEBCS e ter de ler os posts de todo mundo falando como foi legal... Ai como eu sofro!!!


Mas ainda hey de ir em algum outro, ou quem sabe num maior que reúna gente de vários pontos do globo, inclua longas viagens (devidamente documentada no caminho) e hospedagens em hotéis humildes, mas com higiene.


Quanto ao motivo da minha pequena ausência, foi para visitar “la madre”, o aniversário dela é hoje e pra matar muitos coelhos numa única cajadada levei uma amiga que não vejo há tempo e vai fazer o site da pousada do meu padrasto – local onde minha mãe reside e que logo estarei divulgando aqui num momento jabá – além do meu calopsita que foi matar saudades e ser um cobertor de orelha, por que a mil e tralálá metros de altura no inverno só muito coladinho pra não passar frio. O encontro só não foi mais romântico por que a rinite não colaborou, e nariz escorrendo não combina com historias de amor.


Para chegar à friorenta serra paramos em algumas rodoviárias, dentre elas a da simpática cidade de Carangolas no interior de Minas. Eu resolvi dar um pulo no banheiro da rodoviária e da um click em alguma porta, para restaurar no Yag a sessão: O banheirão nosso de cada dia. Para quem não conhece esse é o momento em que o Gato presta um serviço de utilidade pública para população blogueira, tirando fotos de “anúncios” nos banheiros públicos das mais diversas cidades, na tentativa de abrir um menu de entretenimento underground Brasil a fora. Quer ver outros clicks?? Digite o nome da sessão na parte de busca do blog que você vai encontrar. Aqui segue o de Carangolas:


A melhor parte é “deixe seu celular”, fico imaginando o autor voltando diariamente para conferir se tem algum interessado.



Então é isso meninos, gato de volta na blogsfera... Decadente e de garras afiadas... Disposto a lutar com unhas e dentes para ter ao menos uma frase nas melhores da semana pelo SAM e tenho dito!!!

19.6.10

Sobre as "Bichinhas Sindicalizadas"...


Antes de começar a discorrer sobre o tema eu preciso deixar algo bem claro e sei que vai ser difícil de conseguir, mas tentarei. O que me inspirou a escrever esse post foi um post do Gabuh, um novo blogueiro que escreve no blog #prontobloggay. O rapaz fez um post sobre os gays afeminados da cidade dele e usou a expressão “bichinha sindicalizada” para se referir as pessoas que por ventura lesse seu posicionamento como preconceituoso.

Bem... Como eu li me senti ocupando esse lugar, mas o que tinha de falar eu comentei no blog dele de forma tranqüila, pacifica e civilizada. Por tanto esse post não se trata de maneira alguma de uma resposta ao post dele, mesmo por que o tema do post nem era esse. O que penso sobre afeminados vocês podem encontrar nesse post aqui.

O que eu quero falar é sobre a expressão e principalmente sobre a febre que tem se tornado a critica a quem por ventura tenha uma postura um pouco mais critica a cerca da posição social que ocupa em função da sua homossexualidade.

Fred, do Vaca Jersey, na entrevista se colocou muito bem ao falar que não permiti que o insiram em grupo algum e que ele decide onde quer entrar. Muito bonito, ninguém é obrigado a abraçar uma causa que não acredita, mas tenhamos o mínimo de consideração e respeito com quem o faz, ainda mais quando o assunto invariavelmente te toca. Por que sim... Toca... Uma vez homossexual você pode ser o macho alfa ou uma travesti na hora que for doar sangue não poderá faze-lo da mesma forma, por que ambos tiveram relações sexuais a menos de um ano com alguém do mesmo sexo. Claro que o macho alfa tem a prerrogativa da mentira, há quem se contente com isso... Não é o meu caso.

Não gosto de mereticismo, a idéia de que devo ser sensacional para superar a minha sexualidade não me desce na garganta e nem me basta, procuro me comportar de forma a colaborar para um mundo onde a homossexualidade seja um dado que não necessita de nenhuma superação.

Já disse aqui no blog mais de uma vez que acredito que a mudança se faz do micro pro macro. Mais importante que levantar bandeira é defender posições, se impor e respeitar aqueles que sofrem preconceito por ter mais claro em seu comportamento o que tem de semelhante comigo.

Acredito que quando a crítica é feita às chamadas “bichinhas sindicalizadas”, isso se da por que algumas pessoas de fato são agressivas nas suas colocações e tentam impor seus ideais. Porém, nesse caso, a crítica deve ser feita a essa conduta e não a disposição para lutar por uma causa. Afinal da mesma forma que existem pessoas impõe suas verdades na atmosfera política, também existe quem faça quando o assunto é religião, educação, saúde e em tudo que houver nessa vida.

Pensando dessa forma poderíamos dizer que José Serra, que praticamente proibiu o cigarro e São Paulo e queria proibir a batata frita, é um “politicozinho sindicalizado”; Isabelle Fiorentino, que apresenta o esquadrão da moda, é uma “modelozinha sindicalizada”; Silas Malafaia, que luta com unhas identes contra o PLC 122, é um “pastorzinho sindicaizado”; todos os escritores de livros de auto-ajuda são “escritorizinhos sindicalizados”.... E eu poderia passar a tarde inteira apontando “sindicalizados” que ficam em cima de um pedestal ditando a regra do melhor viver ensinando passo a passo o caminho pra felicidade.

O que é ser “bichinha sindicalizada”??? É comprar a briga da causa homossexual por acreditar que isso passa por mim???? Ok, então eu sou uma, por que acho que se der mole os “evangelicozinhos sindicalizados” nos devoram.

E antes que alguém fale já me adianto e digo: Sou politicamente correto sim!!! Ou tento ser, o máximo que posso. Quando erro é tentando acertar, não o faço deliberadamente... As pessoas parecem que ficaram loucas, não sabem mais o que criticam... Qual é a idéia??? “O mundo ficou chato depois por que passamos a nos preocupar com o que falamos”???? Chato pra quem, bonitão???? Se podemos compreender o contexto em que nosso segmento vive e aprendemos a tratar todos com respeito, o que tem de chato nisso? Tudo é uma construção, hoje é cool tirar sarro de quem tem sua homossexualidade clara nos gestos, amanha pode ser diferente e desculpa se incomodo, mas tento me comportar de maneira que colabore pra isso.

Há pouco tempo li em algum lugar algo sobre os programas de humor na década de 70 e pensei que embora tenhamos muito pra caminhar as coisas já melhoraram significativamente quando tentam evitar gozação com negros, gays, mulheres e etc.

Às vezes acho que as pessoas nem sabem mais do que estão falando quando criticam quem escolhe, simplesmente, respeitar os outros e lutar por uma causa que as beneficiam.. Mas ok, não tenho problemas com criticas.. Com ou sem elas é assim que me posiciono, é nesse caminho que sigo... Enquanto as coisas forem dessa forma EU SIGO É NA CONTRA-MÃO.

18.6.10

Da sessão: De Joanesburgo a Brasília (II)

Em Joanesburgo:


Argentina vence a Coréia do Sul de 4x1 enquanto o Brasil vence a Coréia do Norte de 2x1.



Em Brasília:


Ex-delegado da Polícia Federal (PF) Onézimo Sousa prestou depoimento nesta quinta-feira aos integrantes da Comissão Mista de Controle das Atividades da Inteligência (CCAI) do Senado. Onézimo revelou que recebeu ameaça de morte após revelar que havia sido procurado por supostos emissários da campanha de Dilma Rousseff para investigar o tucano José Serra.




Dilma nega




Lula declara:


“A Argentina está maravilhosa até enfrentar o Brasil”



Graaaaande figuuuuuuuraaa!!!!!

16.6.10

Sobre as entrevistas



No último post fechei o bloco de dez entrevistas que realizei com blogueiros no período de um ano. As próximas dez vão seguir um outro formato, mas mantemos a formula que deu certo. Durante esse período eu tive o privilegio de estar mais próximos de blogueiros que eu admiro, pessoas que tinha a curiosidade de conhecer mais de perto e de alguma forma diminuir a barreira da virtualidade.


Esse post eu ofereço especialmente aos meus dez entrevistados – Well Bernard, Dr. Cohen, SCT, RP, Mauri Boffil, Paulo Brachinni, Alan Antunes, Edu, Mulher Asterisco e Fred – obrigado pela atenção e por me proporcionarem esses agradáveis momentos. Agora revelarei para a blogsfera 10 curiosidades a cerca das entrevistas:


  • O convite feito ao Well para entrevista tinha um caráter piloto. Nos conhecemos via blog, mas nos falávamos via MSN e skype há um bom tempo. Por estar acostumado a falar com ele via áudio imaginei me sentir mais a vontade. No termino da entrevista falei que ouviria pra ver se valia a pena publicar, mas ele parecia tão empolgado com a ideia que resolvi publicar mesmo que não gostasse.

  • A proposta inicial é que a entrevista durasse em torno de 15 minutos, tempo esse que eu nunca consegui.

  • A maior entrevista até agora foi a do Fred, as duas partes da um pouco mais de uma hora, mas a entrevista colocada inteira com maior tempo foi a do Paulo Brachinni que teve 49:12, quase empatado com a Mulher Asterisco que teve 48:26 e a menor foi do Well com 24:45.

  • Na entrevista do Mauri simulamos que era pessoalmente, dias antes, via twitter já insinuávamos a viagem. Algumas pessoas chegaram a comentar via MSN, achando que era verdade e eu nunca desmenti.

  • Na entrevista de Sex and the City Tupiniquim ele falava sobre um romance, que depois vim descobrir que foi o entrevistado do mês anterior Dr. Cohen.

  • A entrevista com Dr. Cohen durou 31 minutos, mas na noite da entrevista ficamos mais de duas horas no skype.

  • A entrevista mais difícil foi a com o RP, umas discordância a cerca da temática beleza norteou toda entrevista, ele dono de um blog chamado o Sexo (gay) na cidade (pequena), acabou não falando sobre nenhum dos dois assuntos.

  • A entrevista com Alan Antunes foi feita no horário do almoço dele e poderia ser interrompida a qualquer momento já que ele trabalha num hospital.

  • Para entrevistar o Fred foram três contatos anteriores de aproximadamente 30 minutos no skype, para ver a qualidade do áudio. Os dois primeiros cortaram muito, apenas no terceiro que os cortes diminuíram, mas no dia da entrevista não houve um corte se quer.

  • A entrevista mais comentada até agora foi à primeira parte do Fred com 21 comentários. Os comentários das duas partes somados dariam 36 comentários.

14.6.10

Nas Garras do Gato: Fred (Vaca Jersey) - Parte II



Segue a publicação da segunda parte da entrevista com o Fred do “Pelo Amor da Vaca Jersey”.

Ainda no clima de dia dos namorados a gente fez a continuação falando exatamente sobre amor e sexo. O gato não poupa nas perguntas, o convidado escorrega de alguma, foge de outra, mas também faz revelações primorosas.

Outra marca da entrevista é o novo formato que seguirá pelas próximas dez e que é inaugurada pela ilustre bovina.

Blog Convidado: www.peloamordavacajersey.blogspot.com

13.6.10

Análise de domingo

O dia do Correio Aéreo Nacional foi movimentado e turbulento e eu vou fazer a linha Copélia preferindo não comentar... No dia seguinte cheio de ressaca moral o gato ficou na cama em baixo do edredom assistindo televisão...

E o que é televisão dia de domingo não é verdade, minha gente???? Sim, assisti Faustão, que nem emagrecendo tomou vergonha na cara, continua medonho, cada vez mais feio e brega.


Durante o programa algo ocorreu e me fez ter uma reflexão a cerca da vida e existência, nada muito profundo, mas acredito que chegou ao nível máximo de introspecção que o programa poderia me causar, televisão dia de domingo é muito boa pra nos ensinar o que não devemos ser.


Antes de continuar o assunto preciso retomar uma frase que a minha avó vive repetindo desde que sou criança: “Senhor fazei com que eu me reconheça”. Basicamente é um “me livra do ridículo”. Se Ana Maria Braga fosse neta da minha avó talvez já teria percebido que não tem mais 15 anos.. A nossa televisão está repleta de gente que não aposenta nem por um casal de macaco branco. Tal situação me entristece, por que a falta de senso e a falta daquele amigo especial pra dar um toque faz com que pessoas que construíram uma historia bacana durante todo o jogo queimem seus filmes na prorrogação.


Isso faz até que eu considere positivo a morte de Zacarias e Mussun que se tivessem vivos talvez estivessem fazendo consigo mesmos o que o Renato Aragão faz hoje. Repetindo o mesmo roteiro há anos, Didi sempre conta a historia onde ele sacaneia alguém e quando chega sua vez de ser sacaneado da à volta por cima, terminando sempre com a mulher mais bonita e gostosa. O problema é que esse formato quando se tem 75 anos gera sentimento de pena no expectador.



Tal como ele podemos citar tantos outros como Xuxa, Carlos Alberto de Nóbrega e Hebe (na minha opnião a mais tristes das historias, ficando cadavérica e caduca diante das câmeras).




Voltando ao Faustão, em meio à dança dos famosos tive a visão de mais uma que segue o mesmo caminho (além de Ana Maria Braga). Estão vendo o espantalho da foto a baixo frente e verso???



Você achou que de fato o verso era do espantalho, não foi??? Tse tse tse... Engano de vocês, era a Top Model Gisele Bündchen. Ela entrou no programa de forma esquisita e inusitada. No meio da dança dos famosos Faustão pega um link com ela ao vivo na puta que pariu e pede para que os jurados façam perguntas a cerca dessa sua nova fase mãe. Perguntas idiotas e respostas mais ainda marcaram o momento nonsense. Até ai tudo bem, nada fora do que já esperamos mesmo, minha maior tristeza é ver que a belíssima top que foi referencia na década de 2000 começa a trazer indícios desta Síndrome de Resistência a Aposentadoria. Já chegando à casa dos trinta a Top pede para que todos acompanhem o seu desfile pela colcci no SPFW que foi feito ontem as 21:00. Descabelada e flácida Gisele mostra sinais de que está na hora de ir cuidar do Beijamin ou terminar o supletivo, mas insistente que só ela peregrina...


Em baixo segue um vídeo com a observação atenta do gato especialmente pra vocês:


video



Posso ser fútil às vezes e até venenoso, mas não falto com a verdade... E tenho dito...



E por falar em Faustão e dança dos famosos.. Sou só eu que anda observando a mala de Bruno de Luca, ou a galera tb vê, mas prefere ficar quieta??? Não que eu seja tarado, gente... Só não sou cego!!!!


Olha o print que eu dei da apresentação dele no dia da lambada:




Agora na de ontem:





Ou ele anda indo por ensaio sem cueca ou o negocio ali é generoso e eu sinceramente fico com a segunda opção.


Enfim.. Ainda hoje publico a segunda parte da entrevista do Fred da Vaca Jersey, por hora vou dormir pra ver se acordo menos ácido, por que estou assumidamente atentado.


Tenho q rir...

Vale a pena passar um olho... Esse povo inventa...

11.6.10

Da sessão: De Joanesburgo a Brasília

Em Joanesburgo:


Técnico Francês declara qualquer coisa sobre o empate de 0 x 0 com o Uruguai e demonstra que não penteia cabelo, não faz sobrancelha, não corta e nem apara o cabelo da orelha.




Em Brasília:

Senador Pedro Simon aprova às 2h da madrugada, na calada da noite, a redivisão dos royalties de petróleo.


...........................................................................................................................................................................

São por essas e por outras que odeio nacionalistas de copa do mundo, eles não enxergam o obvio... Não conseguem ver que enquanto Fátima bate bola, Bonner só finge que troca as fraldas.. E vamos combinar: Trigêmeos é muita merda!!!


9.6.10

Dicas para o 12 de Junho


O dia dos namorados está chegando, essa data maravilhosa aquece o comercio, lota os bares de velas, os motéis de amantes (no período da manha e tarde) e oficiais (a noite). Todos os lugares da cidade ganham uma atmosfera romântica e os casais contemplam em seus gestos e olhares a felicidade de ter um alguém (estejam felizes com isso ou não).


Mas o que é estar solteiro no dia dos namorados??? Hein, amigo encalhado??? Me diga você... Dói, né??? A idade apertando e mais um ano você vai passar o dia dos namorados assistindo televisão e comendo pipoca de microondas.


Pois bem, o gato esse ano não tá encalhado, mas como passará a festividade longe da pessoa amada fará o que há de mais digno no dia dos namorados para solteiros... Sair com os amigos e piranhar a data.


Um método infalível é ir num desses bares cheios dos casais e fazer um namorado oculto... As pessoas devem levantar e falar bem alto: “O Meu namorado ocultooooo!!!!”. Dependendo do seu grau de amargura e infelicidade, vale fazer uns panfletos com umas ninfas nuas e espalhar pelo restaurante convidando as pessoas a fazerem parte da sua comunidade alternativa dedicada ao amor livre. É uma forma eficiente de ver muitas caras de bunda. Outra boa é levar aquela sua amiga piriguete e pedir pra tocar conga la conga enquanto ela faz uma coreografia sensual.


Beber é valido, casal é uma coisa broda, que tem cara de peido, um grupo de amigos altinho e cheio das gargalhadas, fará muitos do que estão ali questionar as relações que fazem parte e se perguntarem se realmente vale a pena ser morno quando o mundo lá fora é tão caloroso. Porém tenha moderação com o álcool, se você sair carregado aos prantos vomitado e mijado falando que se eu ex tá com aquela pintosa ridícula, a coisa vai ter dado efeito reverso.


Ontem fiquei sabendo de algo da maior importância: 12 de junho é o dia do CAN (Correio Aéreo Nacional)...



Agora vcs vêem, uma instituição tão importante pra nação, que nos ajuda com as nossas compras na internet, com presentes para os nossos distantes, nos mantém conectados; nunca é lembrada em função do famigerado dia dos namorados... Por tanto proponho a você que saia com seus amigos para comemorar o Dia do Correio Aéreo Nacional... Eu farei isso, e levantarei na mesa propondo um brinde a todos e convidando para cantar comigo:


Voa voa aviãozinho, vai buscar o meu benzinho....


Melhor que isso só se o Visão entrasse de sunga dançando esse clássico do cancioneiro...


Beijos venenosos!!!!


7.6.10

Nas Garras do Gato: Fred (Vaca Jersey)


E é com muito prazer que eu hoje público a minha décima entrevista, um projeto que começou meio que na brincadeira quando eu tive uma idéia onde eu pudesse canalizar a minha vontade de tornar mais plural os recursos de comunicação do meu blog, conhecer um pouco mais outros blogueiros e estar mais próximo de quem me lê.

Com essa entrevista fecho um bloco de 10 e o convidado para isso foi o Fred do antigo Gay alpha e do atual Pelo Amor da Vaca Jersey. A escolha dele para ocupar o lugar que fecha essa temporada e todo esse “misancene” em torno da entrevista do ilustre blogeiro não se deu apenas pelo fato dele ser especial, mas do quanto ele construiu a sua imagem em cima do mistério a cerca da sua identidade.

Um queixo hoje, uma sunga branca amanha e declarações muito polêmicas iam delineando um “personagem” que por tantas vezes foi flertado para sair das sombras sem muito sucesso.

Mas a pedido meu, ainda na comemoração de um ano de blog e dez entrevistas, Fred quebra o silêncio, o gato afia as unhas e tem uma longa e deliciosa conversa onde vc pode conferir o homem por trás da vaca.

Apertem os cintos e boa viagem!!!

Blog Convidado: www.peloamordavacajersey.blogspot.com

2.6.10

Próximos capítulos

O dia hj foi bem agitado, o pagamento da pessoa entra após alguns meses de atraso.... Daê pagar contas, comprar coisas, ver presente do dia dos namorados e etc etc etc... Inclusive dentre as coisas que comprei estavam uma nova web cam que a minha fudeu há um tempo e novas cuecas que eu estava precisado (Nota: lembrar de fugir do Sam UOL no MSN).


Para completar no feriado el gatito vai novamente comer el pajarito... O que exige todo um preparo, movimentação e deslocamento.



E por que estou comentando tais fatos??? Pra dizer que não estou conseguindo dar a devida atenção para a histórica entrevista da bovina... Nesse feriado não devo aparecer por aqui, mas esclarecendo para algumas pessoas.. A publicação da entrevista é na segunda, mas ela foi feita ontem pela manha. A pergunta feita no vídeo do post abaixo não foi uma simulação, foi de fato a pergunta que abriu a entrevista.


Durante as negociações a vaca falou que se de fato rolasse queria que o gato afiasse as garras e eu não me fiz de rogado... Quer conferir??? Ai vai mais um trecho da entrevista.



video

Aguardem!!!!

1.6.10

Próxima entrevista do Yag

video


"Uma vez que estes mistérios nos ultrapassam, finjamos ser os seus organizadores."
Jean Cocteau