31.5.09

Video misterioso

Gravei esse video com três primas minhas, tem uns 4 ou 5 anos... Na época as paredes do meu quarto ainda eram vermelhas, parecia uma casinha de exu... Mas enfim.... Hj em dia eu vim pro céu e elas são azuis...
Qto ao video.. Como eu sou um sádico de primeiro coloquei minhas primas pra ver um video misterioso... Assistam as reações... Vale a pena...


video

Nota: Faltam 10 dias pra eu tomar banho sem gesso

30.5.09

E Para Wong Foo Obrigado Por Tudo!

Como diria o "Rei"... São tantas emoções...
Eu que tantas vezes ensaiei no banheiro com o vidro de Shampoo a entrega de tantos premios... Agora nesse mundo blogayro, cada mergulho é um flash, pude colocar meu longo treinamento em prática... Foi toomado pela emoção de ser o terceiro no ranking top top do Gay Alpha fiz esse video em agradecimento...

video

Nota: Faltam 11 dias pra eu tomar banho sem gesso

29.5.09

Luxuosos Social Club

Sempre falei que não tinha muita sorte com blogs. Gosto muito de escrever e por esse motivo era comum surgir algum convite para fazer algo que nunca saia do papel. Acabei partindo pra “carreira solo”, e por fim deu certo (embora ainda continue aberto a possibilidade). As propostas foram desde um “saia justa” versão blogueira, até um blog “itinerante” sobre fins de relacionamento.... Numa dessas uma amiga me chamou para fazer um que se chamaria “Luxuosos Social Club”, a idéia era que cada um dos escritores compusesse um personagem caricata que faria parte um clube freqüentado pela High Society e de forma irônica comentaríamos situações que estivessem em voga na mídia... Na ocasião cheguei a compor a apresentação do meu personagem. O Blog não foi pra frente, mas a apresentação foi divertidíssima e hj dividirei com vcs...

......................................................................................................................................




O meu contato com os Luxuosos Social Club começou na era de ouro Brasileira... A ditadura militar... Naquela época havia alguma decência nesse país, algum garbo e alguma elegância... Uma separação clara entre as elites que tudo podiam e uma massa oprimida e sorridente... E ai dela se não sorrisse...
Costumo dizer que a minha historia começa no dia 30 de março de 1964, data em que cheguei no Rio de Janeiro e tb que conheci Eloah... O que fiz da vida antes disso prefiro manter algum mistério, só garanto que muito peregrinei até encontrar a luz... Na ocasião trazia uma mensagem de Dona Argentina Viana, que estava em outro plano espiritual, para o seu viúvo Castelo Branco... Ele ficou relativamente irritado, mas no dia seguinte algo aconteceu e ele entendeu que deveria me ouvir...
Castelo Branco era um homem formidável... Havia quem dizia q ele era agressivo e coisa e tal, mas no fundo não passava de um garotão carente... Um grande bonachão... Eloah não gostava muito dele, mas valia a pena o sacrificio...
Dali pra frente fiquei conhecido como o Guru das primeiras damas, não havia uma que tivesse me procurado e foram todas grandes amigas... É uma espécie de cargo vitalício... Desde então vivo no Luxuosos exercitando a luz e a língua para sempre estar afiado e poder atender as minhas queridas Primeiras Damas.
Devo deixar algumas coisas claras...
Primeiro que só trabalho com mesa branca, não tenho nenhuma afinidade com espíritos de origem africanas, afrodescendentes, afroamericanos e nem nada que tem passado perto daquelas terras... Os Espíritos que atuam comigo vem de notre dame,da capela sistina etc etc etc.... Só abro exceções qdo Eloah estah junto, em nome daquela nossa velha amizade.
Segundo que tudo que se fala sobre ligações minhas com a tortura na década de 60, ligações minha com a pronochanchada na década 70, festas freqüentadas por mim regadas drogas na década de 80, estratégias para não cair no ostracismo vinculados a imprensa marrom na década de 90 ou ainda sobre a minha sexualidade e higiene intima na década de 2000 é intriga da oposição.. Inclusive eu não como desde 1993 qdo resolvi me alimentar da luz a fim de me livrar de toda sorte de infortúnios causados pelas necessidades fisiológicas a essa tão involuida raça humana. Dizem ter uma foto minha comendo um Big Mac com Eloah em 1998, mas esta imagem nunca apareceu...
E por fim, preciso negar essa historia que sou de descendência nordestina... Se me afeiçoei mais às primeiras damas que daquela terra vieram era por que elas tinham mais abertura a isso e principalmente capacidade de caminhar para luz contra as suas próprias descendências.... O que era Rosane Collor??? Passeamos muito no jatinho da FAB, tomando champagne, comendo comidas excêntricas e dançando danças típicas... Eloah gargalhava escandalosamente... Não posso negar tb meu apresso pela família Sarney.. A começar pelo Presidente, um grande poeta, um homem de uma sensibilidade que só um imortal poderia ter, além de um bigode absolutamente másculo, que deixa Eloah molhadíssima.... Roseane apesar de não trocar de corte de cabelo a mais de trinta anos, o que me incomoda bastante e a Eloah tb, é uma mulher divertidíssima, principalmente depois da terceira dose... Devo até dizer que Dona Marisa tem lá seus encantos, apesar de ser terrivelmente cafona está sempre antenada nas novelas e assuntos afins...

Enfim é isso... Hoje eu vivo no Luxuosos e falo com Dona Marisa pelo menos uma vez por semana via telefone.. Mantenho também um programa de radio dominical onde tento atender os apelos dessa sofrida classe média que eu guardo com tanto carinho dentro do meu coração. Além de manter um estreita relação de amizade com Eloah.

Beijos com sabor de aprendizagem.
Wender Winne

28.5.09

Verdades Desnecessarias


Dan - Como foi?

Ana - Bem.

Dan - Encontrou ele?

Ana - Sim

Dan - E depois?

Ana - Depois fomos embora.

Dan - E...

Ana - Não tem nenhum e..

Dan - Você não o vê em 4 meses, deve haver um e.

(silêncio)

Dan – Como ele estava?

Ana - Horrível

Dan - Como vai sua dermatologia?

Ana - Ele é médico particular agora.

Dan - É mesmo?

(silêncio)

Dan - Ele chorou em todo lugar?

Ana - Parte do tempo.

Dan - Pobre coitado... Ele Deu trabalho?

Ana – Está com raiva porque o vi?

Dan - Não. É que. Eu não vi a Alice.

Ana - Não pode vê-la. Não sabe onde ela está.

Dan - Estou tentando achá-la.

Ana - Você sabe por que o vi. Ele está implorando há meses. Eu o vi para que ele assinasse.

Dan - Ele assinou?

Ana - Sim.

Dan - Parabéns. Você é uma divorciada.

Ana - Duas vezes.

Dan - Como se sente?

Ana - Cansada.

Dan - Você dormiu com ele, não dormiu?

(silêncio)

Dan - O que espera que eu faça?

Ana – Entenda.

Dan - Por que não mentiu pra mim?

Ana - Porque combinamos sempre contar a verdade um ao outro.

Dan - O que tem de tão fabuloso sobre a verdade? Tente mentir para variar, esse é o costume normal do mundo.

Ana - Eu fiz o que ele quis e agora ele vai nos deixar em paz. Eu amo você. Eu não dei nada a ele.

Dan - Seu corpo?!

Ana - Se Alice chegasse até você, desesperada, com todo aquele amor ainda por você e Ihe dissesse que queria uma última vez para superar você, você aceitaria.Eu também não gostaria disso, mas eu te perdoaria. É compaixão.

Dan - Não. Covardia. Você não tem coragem de deixá-lo odiar você... Já era.

Ana - Você não é mais inocente.

Dan - Não!

Ana - Não pare de me amar. Dá pra ver o amor se esvaindo. Sou eu. Lembra? Foi uma estupidez e não significou nada.Se realmente me amar,vai me perdoar.

Dan - Está me testando?

Ana - Não... Eu entendo!

Dan – Não, ele é que entende. Tudo que consigo ver é ele em cima de você. Ele é esperto. Seu ex-marido. Eu quase o admiro.



O texto acima descreve uma cena de “Closer – Perto demais”. O filme conta a estória das idas e vindas amorosas de 4 personagens entre si. Na cena, Ana acaba de encontrar com o atual namorado, com quem pretende se casar, logo após pegar o divorcio com o ex. Depois de muitas tormentas, eles finalmente ficariam juntos, não tivesse Ana trazido a tona a derradeira verdade. A troco de que???

Lembrei de um amigo agora, que após anos numa relação fiel a seu namorado cometeu um deslize... Era pequeno demais pra levar a relação ao fim e grande o suficiente para ser perturbadora na cabeça do “traído”. Ouvindo sua fala eu sentia que seu discurso secretava um desejo além da sinceridade... Havia a necessidade de diminuir a dor da culpa, de compartilhar com o outro seu pecado... E esse outro na iria larga-lo, sabíamos disso... Só facilitaria para o meu amigo que poderia ter o perdão e enfim dormir em paz. Acredito sinceramente que nesse caso o mais honesto e justo a ser feito era mentir.

A realidade, não passa de uma grande edição a todo momento editamos as melhores palavras e comportamentos... Faz parte da realidade as mentiras, omissões, esquecimentos, divagações, fantasias, faltas, lacunas e etc. Quando alguém nos pergunta “você vai gostar de mim pra sempre?” sabemos perfeitamente que “pra sempre” é muito tempo, que tudo que começa um dia está passível a acabar, que o hoje nos pertence, mas o amanha é uma grande interrogação... Porém não é a hora desse discurso... “Mentiras sinceras” não interessam apenas ao poeta... Interessa a todos nós...

Ontem a noite num acesso de ciúmes ouvindo meu quase namorado falando do ex, irracionalmente falei da afinidade existente entre meu ex e eu na cama, com riqueza de detalhes. Só voltei a mim quando ele fria e sobriamente me perguntou: Por que você faz isso? Só me restou pedir desculpa, não havia racionalidade alguma na minha fala, uma verdade perturbadora e desnecessária... Verdades perturbadoras e desnecessárias devem ser abortadas... Não acrescentam nada e não tem nada a ver com honestidade ou justiça. Honesto é fazer bem a quem se gosta e justo é lançar mão de qualquer recurso por isso.

Ai em baixo segue um pequeno trecho da conversa entre o Dan (personagem do diálogo acima) e o Larry (o ex marido).



Dan – Quando ela gozou, você acha que ela realmente gostou?

Larry – Eu não fiz aquilo para que ela gostasse...eu trepei com ela para foder você Uma boa briga nunca é limpa. E claro que ela gostou. Como você sabe, ela adora trepar com sentimento de culpa.

27.5.09

A saga do pezinho...



Sim é ele, meu pé... Com tendinite, inflamadíssimo (fico impressionado como os médicos enxergam isso)... O pior de tudo é que o médico disse que a tendinite pode ocorrer por dois motivos. Um é por um traumatismo... Algum acidente, sabe??? O sujeito cai, tropeça, bate e etc. O outro é que acontece aleatoriamente, pode vir até com você dormindo, o que as pessoas costumam chamar de mal jeito. E eu que sou sortudo que só, me enquadrei nessa segunda classificação... Um belo dia acordei com uma ligeira dorzinha no pé, que foi se intensificando, e intensificando, e intensificando, até que ficou insuportável. A recomendação eram três dias sem pisar, colocando o pé numa bacia com água quente três vezes ao dia e tomando medicamento. No final estaria tudo ok... E não esteve... Voltei ao médico hoje... Ele olhou, olhou, olhou... E travamos o seguinte diálogo:

- Vai ter de engessar.
- Engessar, Dr?
- É
- Não pode ser uma tipóia?
- Não.
- E eu vou poder pisar?
- Três dias sem pisar até o gesso secar.
- Três dias Dr? Mas que diabo de gesso molhado é esse??
- Você é pesado, se for antes disso vai afundar o salto (silêncio tenso, o “vai tomar no cu” veio na ponta da língua) ... Sábado a noite você já pode pisar, pode ir pra balada (sorriso amarelo).... É que você é homem, né??? Grande!!! (silêncio mortal)... Dia 10 você volta.
- Ok, Dr.

Depois minha mãe veio me dizer que parecia que eu ia voar no pescoço dele, não tenho culpa que minha cara fala por mim...
Moral da historia continuo de molho.... Saí do pé que parecia uma batata recheada e entrei no look Joelma com essa bota no joelho (tapando minha tattoo), deve ser a energia da Stefhany no Blog (q tb adora uma essas botas da Xuxa na década de 80)....
Pra completar, meu MSN n funciona por nada... Já restaurei sistema, já instalei outra versão, já liguei pra empresa que fornece a net, já rezei, já chorei, já me joguei no chão... Mas nada adiantou...
Ok... eu vou sobreviver... Vcs vão ver... Eu vou sobreviver...

OBS. Pena que vocês não estão aqui perto pra escrever no meu gesso (momento 15 anos)




Deixo aqui a dúvida pros blogueiros mais experientes: Qual o momento de mostrar o blog pra um rolo????
Pk assim... Todos sabem que estou encalhado... Fato...
Mas surge a figura de um quase – namorado... E eu sempre falo do blog pra lá, e o blog pra cá... E ele naturalmente fica me perguntando... Sei lá, hj fico pensando que não gostaria que meu ex soubesse do meu blog, por exemplo... Isso aqui é um espaço de catarse pra mim, é tão intimo... É mais fácil eu trepar no primeiro encontro do que sair dando meu blog assim... Claro que em algum momento isso tem de ser fornecido, prezo muito por transparência, clareza, cumplicidade... Não da pra omitir esse espaço... Por outro lado é possível que aqui fale dele, o que penso dele, o que sinto por ele... Fora que ainda me queimo com alguma paquera ou outra que me lê (já estou fazendo isso agora).. E agora??? O que eu faço??? Dou ou não dou ??? (tipo virgem)..
Engraçado eu não querer expor intimidades para um quase-namorado e fazer com desconhecidos... rss... Essa coisa da intimidade é muito engraçada... É como um sexo casual... Nessa ocasião muitas vezes a pessoa é negligencia de informações básicas como endereço, telefone, até nome.. Na contrapartida fornecemos a ela coisas que não damos a grande maioria das pessoas com quem de fato somos íntimos.
Ai que coisa difícil... Não sei o que faço... Peço ajuda aos Universitários...
Abro aqui um plebiscito...
Vou avaliar as cinco primeiras opiniões... E ai eu dou ou não... Vou informar a ele que tah sendo votado... rsss
Agora meninos... Não me venham com “você que sabe”... Pk eu sei disso, no fim sou eu que resolvo mesmo, mas quero saber o que fariam no meu lugar.

Selo Stefhany


É com muito prazer que eu ganhei mais um selo pro meu blog... Eu fico sempre muito agradecido por esse reconhecimento, é uma espécie de condecoração ao meu ócio criativo, ainda mais vindo de quem veio... O todo todo todo bom Dr Cohen.. Ele é gay, é psicólogo, é bloggueiro... Só pode ser tudo de bom, eu não vejo outra alternativa considerando esses adjetivos sensacionais... E me escolheu pra esse selo que é o estandarte dos selos, um exemplo de bom gosto, classe e refinamento... O selo dela, Diva Mor... Stefhany (pobre adora um “y”, um “h” no meio). É uma honra, cavalheiros, definitivamente é uma honra...

Agora responderei as perguntas que fazem parte do ritual macabro que compõe o recebimento desse selo:


1. O que seu blog tem de tão perfeito para ganhar o meme Stefhany?


Alguns erros de português, digitação e uma pontuação pra lá de duvidosa...

2.Por quanto tempo ouviria as músicas da diva?


Olha... Depende da condição em que eu me encontrasse, morto por exemplo eu ouviria(?) eternamente.


3.O que você faria para ter um momento com a Stefhany?


Andaria até ela. (pode parecer pouca coisa, mas se vcs vissem o meu pé iriam me entender)

4.O que a musa tem que nenhuma outra celebridade tem?


Muito cabelo... Do tamanho do dela só Iemanjá

5.Você, claro, como um bom fã que é, já sonhou com a esplêndida Stefhany. O que aconteceu no sonho?


Sou péssimo com sonhos, nunca lembro exatamente.. Sei que havia sangue... Nada mais me lembro...

6.Diga uma palavra que defina Stefhany?


Cabeluda


7.Você poderia compará-la com quem?


Primo It (da família adams)

8.O que significa ser fã de Stefhany?


Ter ouvido é o tchan na adolescência

9.Diga um trecho ou nome de música da Stefhany inesquecível pra você!


Cross Fox, claaaaaaaaaaaaaaaaaaro




Agora devo indicar cinco blogueiros pra ganhar esse super selo... que rufem os tambores... São eles:


RP

Sex and the city tupiniquim

Alan

Juninhu

Latinha


Pronto meninos façam bom proveito…


Ahhh Ainda não acabou, antes de terminar ainda é necessário copiar e colar isso:


"Por favor, todos os ganhadores do selo, ouçam as maravilhas que essa mulher canta e vejam seus vídeos no You Tube. Comprem as revistas em que ela sai, comprem os CDs, peçam músicas nas rádios, dêem uma ajuda para a coitada, ela só tem o CrossFox do pai pra sair dando voltinha e cantando em cima de uma melodia que já faz sucesso! Ela está precisando de nossa ajuda e, se todos nós fizermos a nossa parte na divulgação de STEFHANY, ela poderá ser a mais nova musa do Brasil, sucessora de Joelma!"


Ui!!! Morri.. Ok Cohen... Vc ainda mora no meu coração...

26.5.09

Bacha bereesh

Com o pé menos inchado e sem doer, começo a voltar com algumas atividades, e a primeira delas... Escrever...

E voltando a escrever, volto a temática do blog que é homossexualidade. Essa semana o Ricardo me mandou por e-mail uma noticia muito interessante falando sobre a situação homossexual no Afeganistão.

Lá As relações entre homens mais velhos e adolescentes fazem parte da tradição dos Pashtun (a comunidade étnica e lingüística dominante na região), embora tenham sido proibidas pelo Taliban. De acordo com reportagem publicada no “The Times”, em troca de dinheiro, os adolescentes se tornam amantes, ou “ashna”, dos mais velhos. “Esses garotos são quase sempre inocentes, mas a pobreza é tamanha que eles não podem recusar”, revelou um soldado para o jornal. Essas relações, encaradas com naturalidade no período pré-Taliban, estariam voltando à superfície com a queda do regime. “Agora os soldados também têm seus garotos nas tendas. Em pouco tempo, certamente dentro de um ano, será como (no período) pré-Taliban: eles estarão por toda a parte”, finalizou o soldado.

Os Bacha bereesh (como são chamados os adolescentes) são usados como símbolo de poder e vaidade e são ostentados em festas masculinas chamadas bacha baazi. Eles são comprados ainda adolescentes dos seus pais. São escolhidos pelas suas belezas e recebem presentes e dinheiro de seus donos. Ficam com eles até que se fartem ou até que sejam roubados/comprados por outro senhor. Nas festas ventem – se com trajes femininos e dançam pra outros homens.

Um antigo comandante mujahedine disse numa entrevista, publicada na revista Sábado a 8.4.2009:

Vi-o dançar uma noite. Era incrivelmente bonito e não conseguia tirar os olhos dele. Nessa noite, a festa acabou às 23.30h. Vim cá para fora e escondemo-nos do outro lado da rua. Quando rapaz e o dono saíram, atacámo-los. Encostei uma arma á cabeça do kataah e obriguei o bacha a vir comigo. Depois passei um mês numa gruta com ele. Ninguém nos conseguia encontrar. Ao mesmo tempo este exílio foi a forma perfeita de nos conhecermos. Quando já nos tínhamos acostumado um ao outro, levei-o para casa comigo. Mantive-o durante um ano e meio.”


Segue ai em baixo a fotos de dois Bacha bereesh.



O que mais me surpreende nessa historia é isso vir de um país islâmico. Não que o ato em si não seja impressionante, mas a verdade é que a realidade dos Bacha bereesh se assemelha muito com o que acontece no ocidente com algumas emergentes, por exemplo. Poderíamos dizer que Jesus Luz é uma espécie de Bacha bereesh de Madonna... Outra coisa que não é nenhuma novidade é a relação entre homens mais velhos e adolescentes, a Grécia antiga que o diga, e os chats da UOL tb. Mas fico me perguntando que espécie de significação é feita por essas pessoas que condenam a homossexualidade ter esse tipo de relação. Qual é o discurso vigente? Qual o pretexto que da abertura para tal comportamento ?

Não sei, só sei que achei isso tudo muito fetiche, lolitos com homens mais velhos, nas barracas com soldados, nas grutas, em toda parte. Se essa moda pega no Brasil a Rosinha vai lançar o Bacha bereesh a um real, a caixa vai financiar e o povo vai se endividar... Mas acho que é uma boa alternativa par aquecer a economia e dividir melhor a renda e olhando bem para a cara de Nooruding (o menino da primeira foto) ele não aprece nem tão triste assim....

Brincadeiras a parte, se eu pudesse colocar algum dizer na entrada do mundo escreveria: “Festa estranha com gente esquisita”

20.5.09

Selo dos Desejos

Então... Recebi do todo bom Boffil o seguinte selo:




Com uma regra: Indicar oito pessoas ao selo e listar oito desejos antes de morrer.

Bem... As pessoas, do mundo blogueiro, que a priori pensei em mandar já estão devidamente seladas... Tem alguns que não, mas enfim depois eu penso nos 8, mas deixa eu correr com os desejos antes que perca a validade...

Na verdade nem quero muito na vida pra ser feliz, pouquinha coisa me contenta... Pensei em algo mais ou menos assim...

1 – O corpo do Cauã


2 – A conta do Gates



3 – O envelhecimento do Button


4 – A inteligência e talento da Young


5 – O humor do Jô



6 – O despojamento da Penélope



7 – A voz e elegância do Sinatra


8 – E a lambida da Lassie


Pronto... Acho que isso me basta...

OBS: To começando a pensar q realmente sou uma pessoa invejosa

OBS2: Muito obrigado Boffil... Vc é um lindo...

OBS3: Se o Gênio confunde to fudido, será que da pra reclamar no PROCON??? Pior que se ele me da a voz da Lessie nem isso da pra fazer... au au

19.5.09

Infidelidade


Há um tempo atrás a MTV parou de gravar o programa Ponto P. com a Penélope Nova e eu que sou super fã da Penélope, lamentei. Acho ela muito apropriada pra falar do tema (sexo), ainda mais pra adolescentes. De forma muito descolada conseguia falar as coisas caretas que de fato tem de ser ditas num programa do gênero. Porém já estava realmente ficando repetitivo, eu já sabia exatamente o que ela ia dizer, por exemplo, qdo surgiam as insistentes dúvidas de como fazer sexo anal, ou quando alguém reclamava que o homem queria sexo toda hora e etc. Quando o assunto era infidelidade ela vinha com outra resposta quase que padronizada, aliás mesmo quando a dúvida não era sobre infidelidade, mas a pessoa acabava falando que era infiel pra explicar algo, o assunto tomava conta da ligação... O discurso era sempre solidário a figura “infidelizada”, dizia que achava uma grande sacanagem por que o sujeito obrigava o outro a viver uma mentira.

Bem... Esse é o pensamento corrente, mas pensemos um pouco a cerca dele: Afinal, no momento da traição quem está sendo enganado de que??? Sim, há uma quebra do “contrato matrimonial”, por assim dizer, o sujeito está mentindo para o seu parceiro e enganando ele de alguma forma, mas me parece um pouco excessivo dizer que está fazendo alguém viver uma mentira. Fosse assim quando a mulher inventa aquela dorzinha de cabeça por que não estava afim naquela noite, também estaria fazendo o parceiro viver uma mentira. Esse pensamento parte do pré suposto que toda traição se da devido a uma falha na relação, o que não é necessariamente uma verdade. A relação pode estar numa boa e ainda sim o cara, por uma oportunidade, acabar traindo. Acredito sinceramente que traição tem muito mais a ver com caráter do que com falhas da relação em si (não estou atribuindo valor de bom ou mau caráter, me refiro a ideais, princípios, personalidade, e etc). Quem tem o costume de ser infiel sabe que é, mesmo quando está solteiro e quem não é tem outra postura diante de uma relação em crise.

Na verdade acredito mesmo é que o infiel está, antes de qualquer coisa, traindo a si mesmo. Ele rompe com os planos de vida que fez, é incoerente com suas opções e acaba se enrolando cada vez mais. Numa outra postagem que fiz aqui, comentei de uma amiga que namorou dez anos com um homem machista e medíocre. Pra suportar aquela relação ela o traia constantemente e depois voltava pro lado dele no sofá. Afinal de contas quem estava vivendo uma mentira??? Aquele homem era a realidade dela, realidade essa que ela tentava amenizar por fora, mas não tinha jeito, ela sempre voltava pra casa e era ele que estava lá, sendo grosseiro, coibindo, amarrando... Mentira ela vivia na rua, com a falsa sensação que algum daqueles homens, que naturalmente não levavam ela a serio, iriam tirá-la do ciclo doente que se envolveu. Hoje, livre dessa relação, vez ou outra a vejo enrolada com algum cara que esteja ficando, muitas vezes inventando mentiras absolutamente desnecessária... Diz trabalhar em outro lugar, ou ter uma função diferente do que de fato tem, que o ex-namoro durou seis anos e etc. Pequenas mentiras para causar uma impressão melhor, mas que acaba deixando ela enrolada. A verdade é que seu namoro anterior deixou nela o vicio da mentira.

Minha mãe costuma dizer que uma pessoa agressiva pode até te fazer algum mal no momento que é agressivo com vc, mais o maior prejudicado com a agressividade é ela mesma, a longo prazo os prejuízos serão muito maiores, irá perder pessoas e oportunidades. Acho que a infidelidade é mais ou menos por ai, no momento em que o cara é traído sente um buraco abrir no chão, mas isso passa e em algum momento ele encontra alguém disposto a construir o plano que ele fez. Quem cometeu a traição, está criando em si uma espécie de indisciplina com aquilo que é fundamental para a construção de suas bases.

18.5.09

Vc é gay?

Tudo começou comigo querendo um espaço pra me expressar, estava (e estou) num momento difícil e escrever, pra mim, sempre foi um processo catártico. Precisava sublimar todas essas coisas, foi então que decidi fazer o Yag... A idéia era escrever “gay” ao contrario, por isso “na contramão”... É por não me identificar com a dita “cultura gay” e questionar suas bases que senti a necessidade de compartilhar isso. A escolha do gato de cheshire se deu por que na historia de Alice – que eu amo – ele é um dos poucos personagens que ela consegue manter dialogo, o único que explica determinadas coisas, que reflete a cerca das respostas que ela necessita, sendo uma espécie de razão naquele mundo ilógico... Ele leva a doce Alice a refletir sobre wonderland , e o melhor, faz isso sem estar em cima de um pedestal, sempre sorridente e próximo... Muito próximo... É ele que alerta Alice dizendo: “(...) todo mundo é meio louco por aqui. Eu sou. Você também é”.

Lendo outros blogues acabei perdendo o viés unicamente de questionamento do meio gay e me vi discutindo outras situações, mas não tenho menor intenção de deixar de questionar o lugar onde estamos... Alices, apertem os cintos, por que é hora de pensar...

Na postagem em que fiz sobre a situação gay no mundo fiquei um pouco preocupado quando recebi o e-mail de um amigo que sempre comenta aqui – o Ricardo – falando sobre minha posição radical contra quem está no armário. Fiquei receoso com o equivoco, mesmo por que Ricardo, é de longe um dos amigos mais inteligentes que eu tenho, e se ele chegou a essa conclusão pensei que de fato poderia ter me expressado mal. Em momento algum tive a intenção de criticar quem está no armário, eu mesmo fiquei durante muito tempo, mesmo sabendo que minha mãe não iria cair dura no chão. Cada um tem sua hora, e não há necessidade de desespero. O que me incomoda são homossexuais que entendem traços de homossexualidade como algo que desqualifique. Não estou discutindo se todo mundo que é gay é obrigado a gostar de divas, moda, ser metrossexual, ou qq outra coisa que se vincule a homossexualidade, cada um vive da maneira que achar mais pertinente pra si, mas a tentativa incessante de buscar uma imagem heterossexual e fazer marketing disso é uma maneira de colaborar para a manutenção do preconceito. A sensação que tenho é que o cara entende que ele até pode ser homossexual, desde que sob hipótese alguma pareça ser um, já que isso faria dele menos. O preconceito que vem lá de fora me irrita bastante, mas o que vem de dentro me mortifica. Certa vez um amigo se referindo a outro disse que ele até é gay, mas gostava de HQ e super herói que é coisa de hetero, enquanto fulano só gostava de balé clássico e filme europeu. Naquele dia ele perdeu muitos pontos comigo...

Tb não aponto e nem julgo quem diz, por exemplo, não sentir atração por afeminados, ng é obrigado a gostar de nada. Mas será que as pessoas já pararam pra tentar entender as raízes de seus desejos??? Ng deseja do nada... Não existe nada que seja inato (ou muito pouco, ok Cohen???), tudo é construído... Os processos que constroem tudo isso em geral são inconscientes, e não estou me referindo a uma instancia psíquica distante e caprichosa. Estou falando de uma rede associações que vamos fazendo no decorrer da vida que nos molda, assim formamos padrões, gostos, preferências.... Uma pesquisa feita a pouco tempo mostrou que apenas pra 1% dos homens brasileiros a mulher negra seja preferência e isso não se da por que esse desejo vem no gen, isso tem a ver com uma sociedade que tem um padrão de beleza branco. Da mesma forma que desqualificar aquilo que é homossexual é um movimento que se da devido a uma sociedade preconceituosa e heterossexissista e a gente só se comporta diferente diante disso quando compreende tal fato.

Acredito que um dos maiores complicadores na luta homossexual seja exatamente o fato de seus membros terem que se entender dessa forma antes de abraçar a luta. É todo um processo interno de aceitação até o momento em que o sujeito olhe pra si e reconheça que é homossexual, entenda que isso inevitavelmente coloca ele num lugar social, aceite essa idéia e por fim deseje um mundo melhor pra essa classe que ele entende pertencer (e conseqüentemente pra ele). Pensar nisso, é pensar também no que é ser homossexual... E ai surgem uma serie de dúvidas: Ser homossexual significa viver o estilo de vida que se vincula ao meio gay??? O fato deu transar com homens esporadicamente como uma aventura faz de mim um homossexual??? Um virgem pode ser homossexual, uma vez que nunca transou com outro homem??? Se eu tenho desejo por pessoas do mesmo sexo e não prático eu sou homossexual??? Ser homossexual e ser gay é a mesma coisa??? Se eu não compartilho da cultura gay devo me interessar sob o que está sendo discutido nesse circuito???

Muitas, muitas, muitas perguntas... Poderíamos resumir tudo dizendo que homossexual é quem tem relações sexuais com pessoas do mesmo sexo ou, ampliando um pouco, quem estabelece uma relação de desejo. Mas ainda sim teríamos situações que iriam gerar questionamento, é claro que não são comuns, mas se em alguns casos poderíamos questionar se gestos homossexuais tornariam algumas pessoas homossexuais de fato. Abrindo precedentes para essa possibilidade, estamos tornando coerente o questionamento em todo e quaisquer caso. Ai em baixo relato três casos que gerariam alguma confusão:



Alexandre... Ator de filme pornô, heterossexual, casado, pai de dois filhos... Porém ele só faz filmes homossexuais, e a esposa prefere assim, por que sabe que aquilo não causa prazer pra ele. Alexandre que tem um dote de 13cms, só faz passivo, já foi penetrado por mais de 500 homens no decorrer de sua carreira, fez dupla penetração (um de 24 e outro de 22cms), sentou num cone de transito até a metade... Tudo com muito profissionalismo. Alexandre se diz um exibicionista e fica excitado com o ligar das câmeras...


Shirraz é uma “amiga virtual”, travesti... Namorou quatro anos com uma lésbica, que de certa forma tb era travesti, já que se travestia de homem. Seria equivalente a travesti que pegou Ronaldinho e Thammy Greatchen. A priori, um casal heterossexual, idependente de quem coma o que.

João (nome fictício) é um outro amigo meu, heterossexual, com namorada... Nunca viveu uma relação homossexual e diz não ter a menor vontade, porém rodando nos chats na vida, não tem menor paciência em ficar enrolando com mulher uma hora pra ela no máximo mostrar um peitinho. Prefere os “viadinhos”, que em trinta minutos, a partir da hora que ele entra no Chat, mostra tudo que ele quer e mais alguma coisa, e por fim... Goza.

E ai??? São homossexuais??? Não sei, deixo por conta de vocês mas uma coisa eu digo... Homossexuais ou não, no Irã funciona da seguinte forma, deu a bunda ou comeu a bunda de um homem... É forca!!!

OBS: Será que cone tah valendo???

17.5.09

Para os Blogueiros



Inicialmente eu queria muito agradecer a todos que tem lido o meu blog e que eu tenho lido os deles tb, tem sido um super privilegio. Esse não é meu primeiro blog, mas anteriormente eu sempre fazia e dava o endereço pra uma meia dúzia de amigos que caridosamente passavam um olho na primeira postagem e não voltavam nunca mais. Até que uma amiga comentou comigo que o grande lance era comentar em outros blogs, que as pessoas sempre passam de volta e acabam comentando, achei um bom marketing, o que eu não sabia era que encontraria uma rede de pessoas tão interessantes, que muito mais que uma questão de marketing ler a vida dessas pessoas seria um grande prazer que em alguns momentos me emociona, outros me revolta, me mata de rir... Eu que andava tão desacreditado do meio gay encontrei vida inteligente no meio dessa onda toda, e na hora que eu sento na frente do PC pra dar um giro nos blogs me divirto tanto que não sinto o tempo passar. Do dia pra noite a vida de todos vcs de alguma forma se incorporou a minha, gente que nunca vi e nem sei de onde é, mas torço, fico curioso pra saber como terminou determinadas historias, como tudo se resolveu ou ainda piorou... De alguma forma viraram uma espécie de ídolos... Acho que é por isso que fiz tanto alvoroço quando o Alpha me colocou no Top Top ou ainda o Mauri me mandou beijo no pold cast... Tudo bem que ele mandou pra duzentas pessoas, mas pra mim é quase a mesma coisa se a Xuxa, na década de 90, virasse pro monitor e falasse: Huguinho, Beijinho Beijinho, Xau xau.... Aliás, se vcs são como ídolos, o Mauri é tipo uma celebridade que abre a casa pra revista de fofocas, pk essa relação dele com o Ronron... Praticamente Tarcisio e Gloria.... Se acaba o Brasil chora (ih, rimou)...

O único problema é que se as pessoas que me achavam nerd antes agora acham mais ainda, né... Ontem a noite numa mesa de bar pelo menos 3 vezes falei: “Mas eu li o blog de um menino que contou....”. E como não fazer isso??? O blog acaba se tornando uma edição da vida das pessoas e vem parar aqui o que há de mais interessante... Não podia deixar de falar do blog do menino que trabalha fazendo faxina pelado na Inglaterra e ganha uma grana pra isso, ou da inusitada entrevista do Dr Cohen...

Tudo bem que a gente passa raiva tb... Por exemplo, o RP... A pessoa no auge da carência em meio esse mundo cão e ele tem a pachorra de vir no meu blog dizer que está lutando pra ficar solteiro (¬¬)... Que tah tentando bater a meta e ficar 12 meses... A meta desde o 14 anos... Vcs leram isso??? Desde os 14.... Pra fechar diz que está solteiro a 4 e já está apaixonado.... Depois ele comentando a situação do coco no banho e faz uma descrição do homem que estaria com ele, que deve ser o nype que ele ta acostumado.... E eu pergunto: Essa pessoa merece o que??? Essa ostentação toda... Tudo bem que eu nem queria estar nesse outro oposto, que eu acho que um tempo sozinho sempre faz bem, mas o problema é quando vc deixa de ser solteiro por opção sua e passa a ser por opção dos outros... Daqui a pouco eu to dizendo que sou homossexual não praticante... O negocio tá tão feio que esses dias atendi uma ligação e uma voz mácula disse no tel: “Quer casar comigo?”... Não identifiquei a voz e respondi: “Sim, quem deseja???”.... E ainda tenho que ler um negocio desses... Tudo bem... Nem ligo mesmo... To de boa... To estudando, sabe??? Pensando na vida.... Nem ligo....

Então é isso, queria só dizer que é um privilegio escrever pra vcs e ler suas vidas, opiniões, medos, anseios, complexos e todas essas coisas gostosas que nos são diariamente ofertadas... Um beijããão pra quem é de beijo e um abraço muito apertado pra quem é de abraço...


Nota: Alguns comentarios na postagem passada me deixou meio preocupado, muito embora acho que tenha ficado claro quero dizer que o lance do coco no banho é uma BRINCADEIRA... PELO AMOR DE DEUS!!!!!

15.5.09

Protesto...


Um site de relacionamento promoveu duas passeatas de encalhados nas capitais paulistana e carioca. A de São Paulo vai ser no domingo e a do Rio está sendo hoje, reunindo aproximadamente 400 pessoas de faixa na mão querendo um namoro... Jesus... Ah que ponto chegamos??? O mais duro é pensar que eu seria um forte candidato a estar na linha de frente... Puxando... Gritando no megafone: Cadê os homiiiiii????

Aliás, a Internet proporcionou o encontro de mais de 500 pessoas pra uma guerra de travesseiros em São Paulo, o no paints day, agora a passeata dos solteiros... Eu fico me perguntando qual é a próxima.... De repente a passeata pelo xixi no banho ou ainda melhor.. Pelo coco no banho... Vcs estão sabendo dessa??? Não????

Então conheça: http://www.coconobanho.blogspot.com/

Se tiver essa eu vou e ainda vou levantando a bandeira sugerida pelo gay Alpha na postagem do Xixi... Vou defender o coco no banho acompanhado... Ao som de Rita Lee....

“Que tal nós dois
Numa banheira de espuma
El cuerpo caliente
Um dolce farniente
Sem culpa nenhuma...

Fazendo massagem
Relaxando a tensão
Em plena vagabundagem
Com toda disposição
Falando muita bobagem
Esfregando com água e sabão...

Lá no reino de Afrodite
O amor passa dos limites
Quem quiser que se habilite
O que não falta é apetite
Uh! Lá! Lá! Lá!...”

E como anda a situação gay no mundo???



Li uns números hoje que me deixaram bastante surpreso, me deu uma sensação de estar muito mais longe do que idealizo como razoável na luta homossexual (e olha que eu já achava que estávamos bastante longe). Os números são trazidos por um documento organizado pela Associação Internacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trans e Intersexuais (ILGA). Esse documento afirma que existem 115 países no mundo onde homossexualidade é legal e em 80 ilegal. Antes de continuar a discorrer sobre o assunto coloco a lista dos 80 com destaque para os 7 que punem com pena de morte... Isso já ajuda para um não roteiro de viagem de férias.

África
Argélia, Angola, Botsuana, Burundi, Camarões, Comores, Egito, Eritréia, Etiópia, Gâmbia, Gana, Guiné, Quênia, Lesoto, Libéria, Líbia, Malaui, Mauritânia (pena de morte), Maurício, Marrocos, Moçambique, Namíbia, Nigéria (pena de morte em alguns estados), São Tomé e Príncipe, Senegal, Ilhas Seychelles, Serra Leoa, Somália, Sudão (pena de morte), Suazilândia, Tanzânia, Togo, Tunísia, Uganda, Zâmbia, Zimbábue

Ásia
Afeganistão, Bangladesh, Butão, Brunei, Burma, Índia, Irã (pena de morte), Kuwait, Líbano, Malásia, Maldivas, Omã, Paquistão, Qatar, Arábia Saudita (pena de morte), Cingapura, Sri Lanka, Síria, Turcomenistão, Emirados Árabes Unidos, Uzbequistão, Iêmen (pena de morte), e a Faixa de Gaza, na região da Palestina

Europa
República Turca do Chipre do Norte (não reconhecida internacionalmente)

América do Norte
Antígua e Barbuda, Barbados, Belize, Dominica, Granada, Jamaica, São Cristóvão e Nevis, Santa Lúcia, São Vicente e Granadinas, Trinidad e Tobago

América do Sul
Guiana

Oceania
Kiribati, Nauru, Palau, Papua Nova Guiné, Samoa, Ilhas Salomão, Tonga, Tuvalu; e Ilhas Cook, associadas à Nova Zelândia

Essa lista já me diz bastante coisa, por que considerando os países que tenho conhecimento da existência, eu de fato tinha motivos para achar que estávamos mais perto do ideal, afinal a maioria massacrante deles está nos 115 (a menos que tenha algum país café com leite), mas é preciso ampliar meus horizontes.

Brincadeiras à parte, a situação é realmente muito complicada, pensar que esse número absurdo de povos vive num regime onde ser gay é um crime, é no mínimo assustador estamos falando de homofobia legitimada.

Na contrapartida, apenas 7 países legitimam o casamento entre pessoas do mesmo sexo e o reconhecimento da maioria dos direitos decorrentes do casamento está presente em outros 8. De acordo com o relatório, casais do mesmo sexo têm parte dos direitos decorrentes do casamento em 12 países, condição em que aparece o Rio Grande do Sul, do Brasil. A cidade de São Paulo, por sua vez, é a única da América do Sul a legalizar a adoção conjunta por casais do mesmo sexo.

Agora vocês vêem... Eu fiquei sabendo dessa noticia por que ela foi publicada pela UOL e um amigo me enviou. Junto ele mandou outra falando sobre o Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos LGBT. Esse plano pretende trazer alguns ganhos interessantes (coloco no final do texto pra quem interessar) dentre eles está rever a restrição na doação de sangue pela população LGBT e o fim da criminalização de militares homossexuais (O Código Penal Militar estabelece detenção de seis meses a um ano a quem cometer "pederastia ou outro ato de libidinagem").

Daí eu fico pensando... Um país que ainda tem como item a ser avaliado na doação de sangue se o individuo é homossexual, onde as forças armadas prendem seus oficiais pela sua homossexualidade, onde a lei pela criminalização da homofobia parece não conseguir de forma alguma ser aprovada, onde a militância homossexual trata a causa de forma carnavalesca, onde homossexuais não conseguem representação política, não se mobilizam, parecem viver num mundo paralelo... Esse país, se comparado com o mundo, ainda está numa situação muito confortável no que tange a discussão homossexual.

Eu sinceramente não sei nem o que dizer... Me sinto absurdamente impotente diante dessa onda toda... É bem verdade que acredito muito que a mudança deve começar mesmo do micro pro macro. Não adianta eu querer pensar em ações para resolver a situação homossexual da Zâmbia, mas é colocando no blog, na mesa de bar, no almoço de família, não abrindo mão de idéias para evitar discussão, ensinando a nosso filhos, sobrinhos, primos e etc que podemos estar cooperando de alguma forma. E são por essas e outras que me irrito tanto com quem faz questão de exaltar que é “discreto”, “não freqüenta o meio gay”... Tah querendo negar o que, porra????? Por que tem de abrir esse caralho dessa boca pra fazer questão de dizer que não parece ser gay??? Por que isso???? Qual é o problema de parecer, seu babaca???? Será que é tão difícil de entender que a lógica que rege seu pensamento é a mesma de quem enforca gays no Irã???? Não... Eu não sou neurótico, eu não to dizendo que você é o culpado por isso eu só to dizendo o obvio, o que não precisa ser nenhum especialista em porra nenhuma pra entender... Se eu acho que todo mundo deve ser obrigado a vestir preto e vc adora colorido, mas só usa cores em casa, nega isso, e quando resolve falar faz questão de deixar bem claro que não parece ser alguém que usa colorido, vc ta cooperando pro mundo que eu quero criar.... É tão difícil assim de alcançar??? Fala serio... Tem gente morrendo, porra... Isso não é brincadeira... Tudo bem que o cara não tenha trejeitos, ou por algum motivo não goste do meio gay, mas não precisa fazer disso uma bandeira... Se encher de orgulho por negar o que se é... Tah, vc não se sente parte da dita cultura gay e faz questão de deixar bem claro isso, então deixe bem claro também que o seu problema é com o estilo de vida e não com o fato de ser homossexual... E esclareço isso pra uma meia dúzia que pode dizer negar por esse motivo, mas a verdade é que a maioria massacrante nega pra usar como marketing, por que parece mais viril... E pior ainda que esse é aquele que tem a homossexualidade escrita na testa e faz questão de idolatrar esse tipo, consegue ser ainda mais imbecil.. Da tiro no pé...

Enfim... desculpem o desabafo... Mas sinceramente fico irritado com isso tudo e olhando esses dados devo dizer que fiquei entristecido.

Segue ai alguma das diretrizes do Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos LGBT:

- Incluir temas relativos à orientação e diversidade sexual nos cursos de formação de militares e de policiais civis e militares, extensivo às guardas municipais

- Classificar como inadequadas para crianças e adolescentes obras audiovisuais que apresentem conteúdos homofóbicos

- Criar uma comissão intersetorial para analisar programas de auditório e humorísticos e coibir discriminações

- Garantir mudança automática de nome e sexo a transexuais, sem a necessidade de ação judicial

- Encaminhar para o presídio feminino mulheres transexuais e travestis condenados à pena em regime de reclusão

- Acolher mulheres lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais na aplicação da Lei Maria da Penha, que pune agressões contra mulheres

- Rever a restrição existente para doação de sangue pela população LGBT

- Enfrentar o uso indiscriminado e prolongado de hormônios feminilizantes e masculinizantes entre travestis e transexuais

- Inserir nos livros didáticos a temática das famílias compostas por lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais

14.5.09

Preguiça


Hoje eu acordei, com muita preguiça, ainda na cama pensei nas coisas que precisava fazer... Não sei se já comentei aqui, mas eu moro na casa dos meus avós, e casa de avó é uma alta circulação constante, pra piorar minha situação o meu quarto sai entre a sala e a cozinha, onde também se encontram as duas portas de entradas da casa. Isso quer dizer que qdo eu boto meu pé pra fora do quarto já estou na mídia. Então precisava colocar uma bermuda, por que não ia sair de cueca e pau duro no meio da “avenida”, e um óculos escuro por que já era tarde e minha cara tava muito amassada. Chegando no banheiro, mijar, escovar os dentes, fazer a barba, e tomar banho... Pensei que poderia fazer tudo durante o banho mas gasta muita água, daí tem de ser fora do banho (a barba e os dentes). E eu tb queria tomar banho no inverno, mas a gente tem que racionar energia. Depois preciso tomar café, mas eu não bebo café, e tomar refrigerante de manha faz mal, daí tem que fazer um suco com menos açúcar do que eu gosto, por que disseram que tomo açúcar demais (e não posso esquecer de colcoar o açucar na geladeira se não da formiga). Depois me arrumar pra sair, ir junto com minha prima numa empresa de ônibus ver umas paradas de uma excursão, e tinha que está arrumadinho, com um tom serio, de preferência de óculos, mas também sem ta muito mauricinho por que eu não vou sair na rua igual um paruara, vamos que eu encontro o“the man of my dreams”... Antes de sair tb não posso esquecer nada... Celular, carteira, dinheiro, documentos, mp3, se possível uma garrafinha de água, que eu preciso beber toda hora. No encontro precisava ser muito simpático, e sorridente (não que eu não seja, mas era mais do que o normal) e ele fala de lá, e eu falo de cá, e todo mundo quer ter vantagem... E pra ir o transito, pra voltar o transito, e o sol, e tem que passar protetor, e tem que levar guarda chuva por que também tem chovido nesses últimos dias, ai qdo eu volto vou escrever no blog, e leio e releio mil vezes por que tenho que escrever algo que seja legal e agradável e tenho q fazer isso e aquilo.. AAAAAAAAHHHHHH PREGUIIIIÇA... Viver é muito cansativo, esse monte de coisinha, sabe??? A gente tem que se preocupar com a natureza, com as reservas enérgicas, com ser justo, com ser educado, com ser limpo, com uma vida saudavel, com ser sex, com o que as pessoas pensam de vc, isso tudo da muito trabalho... Cansa... Virei pro lado e dormi mais.. Amanha eu vou...

OBS: Leiam a postagem de baixo, por que eu a coloquei e na seqüência já mandei essa, mas a de lá é bem importante, aproveita e responde...

Utilidade Pública

Recebi esse e-mail de um amigo que achei utilíssimo, importante e necessário. Eu, que sempre fiz xixi no banho, descobri que estava fazendo um bem a natureza e nem sabia. O textinho que vem entre as fotos não é meu, e nem sei se é do meu amigo ou se veio tombando por ai, mas eu super assino em baixo de tudo.



Pessoal, um site com várias idéias para economizar água e preservar o meio ambiente (com hífen, sem ou tudo junto, depois da reforma? Deixa quieto afinal meu computador não me deixa nem escrever idéia sem acento). Além disso, acho que é o site mais simpático que já acessei em vários anos de internet intensiva.

www.xixinobanho.com.br



13.5.09

O Fantasma do Principe...


Papeando ontem com uma amiga fui surpreendido com a seguinte pergunta: “Qual é o seu tipo???”.

Não que se trate de uma pergunta excepcional, mas me surpreendeu um pouco, vim de quem veio. Lembrei-me, que assim que fiz o blog pensei em fazer uma postagem falando sobre príncipe encantado, mas logo desisti por achar o assunto muito batido. Parece já estar mais do que claro, pelo menos racionalmente, para as pessoas que príncipe não existe e fui desencorajado por essa amiga que concordou com minha especulação. Ela é inteligente, cabeça aberta, sempre discutindo sobre relações com opiniões concisas, e bem elaboradas. E ontem, pensando sobre a pergunta e sua autora vi o quanto fui tolo em deixar de falar, por que assim como imaginei na época e afirmei no inicio desse texto o conhecimento de que o príncipe encantado não existe, só acontece no campo do racional, mas é uma discussão sempre necessária e pertinente para que não caiamos nos encantos de um ideal sedutor sem se quer perceber.

Nunca é demais afirmar que o homem ideal não existe, que como o próprio nome diz, se trata de uma idealização. Quando pensamos em um homem ideal não imaginamos alguém que seja bonito, fiel, inteligente e egoísta. O homem ideal não tem defeitos... Mas é natural que o busquemos mesmo sem perceber. A todo momento somos bombardeados pelas novelas, livros, filmes, artes de uma forma geral com a idéia de um amor perfeito e quem não há de querer um Jamal (personagem principal de “Quem quer ser um Milionário?”) na vida???

Porém na hora de pensar neste homem acho que falta pensarmos em algo fundamental no processo em que o “se apaixonar” acontece, que somos nós mesmos. Alguém para pra pensa o quanto está de fato preparado para o homem que se deseja??? Será que todo mundo que espera um grande amor com uma entriga visceral, fidelidade, cumplicidade entre outras coisas, tem isso pra poder doar??? Não adianta ser um vassalo e desejar um nobre. Aristóteles dizia que uma de nossas obrigações em ser boas pessoas, é por que dessa maneira atraímos pra perto de nós iguais. Se quiser alguém melhor, comece sendo você alguém melhor. Além disso, nesses processos de envolvimento e manutenção de relações, creio que mais determinante do que aquilo que desejamos é o momento que nós estamos, nossas carências, nossa necessidade de segurança, nossos fantasmas. Às vezes seu homem ideal é alto, loiro e forte e você se apaixona por um baixinho, gordinho e careca que diz exatamente o que você precisa ouvir naquele momento.

Lembrei de uma conversa que tive uma vez com uma amiga onde ela dizia que um homem de pau grande e xucro pode em algum momento se tornar culto e ficar excelente. Na contrapartida eu dizia que a coisa não é tão simples assim, não que ela esteja errada na consideração da possibilidade, porém se formos pensarmos proporcionalmente, as coisas são bem mais complicadas, de repente é mais fácil esse homem que não é nenhum cavalo, ter compensações primorosas e te satisfazer do que Ronaldinho se tornar um Lord, como já pudemos perceber.

Neste dia, quando cheguei a casa pensando sobre a discussão lembrei que essa amiga levou 10 anos numa relação com um homem que é um xucro e, segundo ela, tem um dote normal, além de fino. Ele era um homem grosso, medíocre, pobre de espírito, que sempre puxou ela pra baixo, que a coibia de tudo e no entanto ela levou dez anos dentro dessa relação, que até hj n consegue dizer exatamente o por que disso. Por outro lado, eu, sempre tive “irc” de pessoas ignorantes, gosto de gente inteligente, porém a inteligência que admiro sempre foi uma inteligência engajada, critica, questionadora, e é exatamente o oposto do meu “ex”, que é a propria barsa. Ele sabe todas as capitais, moedas, historia, matemática, literatura, cinema etc etc etc, mas sua capacidade critica a cerca de tal conhecimento é absolutamente limitada.

Moral da historia, estávamos os dois discutindo a cerca de padrões que não foram tão determinantes na escolha de nossos namoros mais significativos. A manutenção de uma relação vai muito além desta lógica racional que define traços, mais importante do que olhar pra fora e definir um padrão é olhar pra dentro e tentar melhor se administrar.