31.3.10

Como Irritar o Gato em três atos!!!!




A situação aconteceu entre o gato e um amigo que faz a linha Amiguinha da Hello Kitty.


Primeiro Ato


AHK – Ai gato, to numa dúvida... Tem um menino lá da faculdade, ele é lindo, enorme, forte, a gente tem se falado todos os dias, ele me canta e me encanta, mas ele é meio bobão sabe??? Fútil e tá ficando com um menino que me odeia.


G – Hum, qual é a dúvida???


AHK – Ai não sei, ele só fala besteira... Logo que me conheceu a primeira coisa que me disse é que era tarado...


G – O problema é que tem um homem gostoso e idiota afim de você?


AHK – Ah, vc sabe como eu sou, né??? Não consigo ser assim!!!


G – Afinal de contas qual é a dúvida? Me parece claro que você não tá interessado por ele, ou tá?


AHK – Você não tá entendendo, o problema é que ele acha que eu to afim dele, mas eu nem to.


G – Isso não é problema, com o tempo ele vai perceber que não era o caso.


AHK – Ah deixa pra lá, vc não entende...


Segundo Ato


G – Ele tem web cam???


AHK – Tem, tá pensando o mesmo que eu????


G – ahan


(O pensamento era coloca-lo num dos meus fakes, reproduzir um vídeo de qq pessoa do acervo, persuadir o garoto a fazer sexo virtual e assim grava-lo, fazendo a linha felina)


AHK – Anota ai o MSN dele e me passa o vídeo depois, hein... Outra hora te dou o de um outro garoto que é meu sonho de consumo.


G – Xá comigo...


Terceiro Ato


G – Missão cumprida.


AHK – Ai eu nem consegui malhar direito pensando nisso, quero saber tudo, como ele caiu??? Deu trabalho??? Me manda o vídeo agoraaa.. Inteiro, na integra, cada milésimo de segundo. Mantem ele no fake, se vira e pega mais vezes.


G – Ok...


Minutos depois...


AHK – Você acha que eu devo dizer pra ele que eu sei?


G – Que vc sabe de que?


AHK – que ele fez isso, oras...


G – Mas por que você falaria?


AHK – Eu não consigo conviver e olhar pra ele como se nada tivesse acontecido, sabe?


G – Mas o que aconteceu, minha gente?


ANH – Ah gato me respeita.. Eu não sou como vocês... Não consigo oras... Não acho certo.


G – Mas ele não tem nada com você, não tem obrigação nenhuma com você, se ele faz sexo virtual problema é dele. De mais a mais, o que você esperava de um homem que disse ser tarado antes de falar o nome?


ANH – Como é que você consegue, hein???


G – Faço por amor a você, sujo minhas mãos (literalmente) pra que vc possa continuar posando de santo e torcendo o nariz enqto bate punheta vendo o vídeo escondidinho.


ANH – Aff.. Eu não sou assim, às vezes acho que você tá certo, que eu deveria ser um puto, vagabundo, piranho mesmo, mas feliz ou infelizmente não sou assim.


Gato fica off line

É, né...

Em 2008 o gato faz um concurso, estuda com dois amigos... Uma das amigas fica em 11º lugar... O gato... Duzentos e tralálá...


2010, o gato volta ao mundo concurseiro e estuda com uma amiga e uma prima... Elas empatam em 9º Lugar... O gato fica em 91º


Conclusão...


Bicha Burra!!!!




PS1. Vou tentar mais dois concursos em maio... Burra e insistente...

PS2: Quem quiser estudar comigo pra concurso com o gato, faço um preço camarada.

Fujamos enquanto há tempo...

Há uns dias atrás a dona do blog “te amo, porra”, fez uma postagem sobre Marcelo Dourado em que ela termina brilhantemente dizendo:

“O que me incomoda mais nem é tanto o Dourado, mas a torcida por ele. Se um ogro xingar algum gay na rua, e todos olharem com reprovação, beleza, estamos caminhando para que os ogros sejam eliminados pela seleção natural; mas quando o ogro ganha torcida e coro de "força e honra", aí, meus amigos, fujam para as colinas, porque os eliminados pela seleção natural somos nós”

Concordo absolutamente e estou começando a pensar seriamente no assunto. A Vitória de Dourado, os 9 pontos do Serra na frente da Dilma nas pesquisas, o crescimento da rede record, da bancada evangélica no senado e outros fatores estão começando a me assustar, sinto que o mundo pode ficar bem complicado pra quem é diferente. Subamos pra colinas e formemos um verdadeiro forte apache, por que se as coisas continuarem nessa linha o que vem por ai vai ser chumbo grosso.

29.3.10

Os blogs que não foram...

E vai ser no dia 13 do próximo mês que o Yag completa seu primeiro ano de vida, emocionante, né? Pra mim é super... Criei o blog num momento de crise e o ano em que ele foi criado parece que tudo piorou. Esse lugar foi fundamental para que eu pudesse me fortalecer e agüentar o rojão.


Eu já tinha tido uma serie de experiências mal sucedidas com blogs anteriormente e hoje entendo que eles não foram pra frente por que eu não conhecia a blogsfera. Já estava um tempo sem escrever nada e vivia na expectativa de fazer um blog conjunto com alguém, não sei por que não queria que fosse sozinho. E ai toda semana recebia um convite que não ia pra frente.


Certa vez um amigo me ofereceu para fazer um blog falando sobre homofobia, escreveria eu, ele e um amigo advogado dele. Prontamente aceitei, e nunca mais se tocou no assunto. Em outra oportunidade eu e mais uma amiga escreveríamos um chamado “o fundo do buraco”, falaríamos sobre fim de relacionamento... Tb não seguiu... Um outro interessante seria o “Luxuosos Social Club”, tb a convite de uma amiga, nos utilizaríamos de personagens que pertenciam a Royal Societ e vivem num clube divagando sobre coisas da vida, como personagens do Maneco... Os comentários a cerca de assuntos da atualidade viriam repletos de ironia. Nesse chegamos a compor o personagem, mas também não foi pra frente...


De todos esse projetos o que mais se adiantou e o que mais me empolgou foi o “Na Cozinha”... A idéia era que escrevêssemos quatro amigos (duas mulheres e dois gays), escreveríamos sobre algum tema especifico, no decorrer de uma semana (ou ainda 15 dias) escreveríamos sobre um tema específico e no final do período publicaríamos um bate papo no skype dos quatro membros sobre o assunto em questão. Teríamos um moderador direcionando a conversa (acreditem, seria eu), e dessa maneira encerraríamos o tema recomeçando na semana seguinte.


Chegamos a pensar numas musicas que poderiam ser usadas para edição de áudio, escrevermos a descrição do blog, pegamos um domínio e fizemos um piloto do template. E paramos por ai, o projeto meio que morreu com o template, esperando que alguém fizesse o template pra nós... Esperamos, esperamos e esperamos... A idéia foi ficando morna e acabamos deixando de lado. Ai em baixo segue o piloto do template e a descrição:



"O blog "Na Cozinha" reúne 4 chefs dispostos a dar o máximo de si para uma saborosíssima refeição intelectual. O visitante é convidado para puxar um banquinho e a cada visita colocar o seu tempero na nossa receita. Toda Segunda Feira um de nossos Chefs irá propor um tema e no decorrer da semana os outros irão contribuir com seus ingredientes. Na sexta-feira a noite será publicado um gostoso bate papo repleto de conteúdo, mas sem nenhuma caloria.


Obrigado pela visita!!!


E bom apetite!!!"


Não ia ficar incrível??? Lamento que não tenha seguido em frente, mas ainda tenho expectativas a cerca desse projeto um dia sai do papel. Se não ele, ainda escrevo um blog em conjunto sobre um tema específico. Gosto da idéia e uma hora executo, enqto isso não acontece fico canalizando todo esse turbilhão aqui no meu Yag e meu desejo de falar nas entrevistas.

27.3.10

Ele ficou...

Quero escrever sobre isso, não... To com preguiça
Merda!!!

26.3.10

Dica do Gato II


O último blog que o gato indicou foi o Action Doublé... Moral da historia??? Um mês depois o blogueiro fez uma postagem dizendo ter virado hetero e o blog sai do ar. Medo do meu dedo!!!

Enfim, Deus abençoe, mesmo assim e bola pra frente... O indicado de hoje eu tenho a mais absoluta certeza que não corro esse risco. Amigo pessoal a alguns anos Wender vira um parceiro de bloguetagem com sua utopia.

O nome não poderia ser mais oportuno, Wender é estético, gosta do encanto, do que é belo, das cores e luzes que a vida pode oferecer. Agora vem dividir essa forma encantada de ver a vida com todos nós...

Senhores, conheçam a Utopia, o lugar onde a fantasia pode ser realidade!!!!

24.3.10

Falando por uma classe.



*recomendo que antes de começar a ler coloquem o vídeo pra carregar, ele é curtinho quando chegar ao parágrafo possivelmente já vai estar no ponto e vai ser importante que veja pra prosseguir o texto.

Hoje eu assisti uma coisa que me instigou a falar de um assunto da maior importância: A responsabilidade que é ser representante de uma classe.

A nossa condição humana nos torna, felizmente, plurais... Participamos de grupos e instituições diversas antes mesmo de tomarmos consciência disso. Cor, idade, nacionalidade, gostos, orientação sexual, posicionamento político, religião, aspectos físicos, psicológicos, doenças e tudo que nos referencia acaba nos colocando em alguma classe e por esse motivo pertencemos a diversas delas concomitantemente.

Enquanto membro de uma classe, naturalmente me torno apto a falar dela, mas precisamos ter muito cuidado quando nos colocamos no lugar de representante e passamos a falar em público respondendo por varias pessoas.

O BBB é um ótimo exemplo disso, acho que foi a mulher asterisco que certa vez pontuou muito bem ao dizer que em momento algum perde de vista se tratar de um programa de entretenimento. BBB de educativo não tem nada, por tanto não exijamos dele mais do que de fato ele pode nos dar. A divisão de grupos dessa edição, na minha leitura não teve nenhuma função além da dinâmica do próprio programa. Muito se falou sobre a segregação e a idéia estanque de que o ser humano é uma coisa só. Em minha opinião isso é bobagem... O Sarados eram sarados e belos, como os belos tb eram sarados, os cabeças de cabeça não tinham nada e por ai vai... Os coloridos, por motivos lógicos, tomaram essa proporção visceral representativa. Não vejo nenhum sarado ofendido com a imagem que o dourado passa de grosseiro, brigão e truculento.

O Serginho, por exemplo, ocupou esse lugar de gay, mas também não deixa de ser um representante dos paulistanos, dos jovens, dos brasileiros, da classe media e etc. Alguns amigos já me disseram se incomodar com sua figura e que ele não os representa, mas acho que os mesmos que falaram isso de repente poderiam dizer que se incomodam com a postura do Willian que enqto negro tb não os representa, ou quem sabe do Eliéser que enquanto homem não os representa e etc.

O que me incomoda nos coloridos é que eles não só foram colocados nesse lugar como abraçaram completamente ele. Acredito que se tivesse em seus lugares tentaria deixar claro que sou representante de mim mesmo e do quão perigoso é falar em nome de uma classe. E por que não torço pro Dicesar??? Por que pra mim, pior que o Dourado é ele que uma vez se propondo ser representante de uma classe se acovarda na hora do embate. Quando Dourado disse que ele era viado, mas que fosse homem e depois veio com aquela conversa fiada de que falou daquela forma por que ele e o Serginho se tratam assim, logo ele não via mal, Dicesar se calou, disse não ter ouvido, ignorou e focou a discurssão no jogo.


Tenho pavor a essa coisa de se calar pra evitar discussão, não tinha o que ser evitado já estava feito. Dicesar diz que vai fazer e acontecer, mas nunca faz, o máximo que faz é ficar falando pelas costas de um e outro enquanto Dourado com sua falsa sinceridade vai ganhando espaço. Identifico-me com Dicesar por termos a mesma orientação sexual, mas não acho ele um ícone positivo, não por ser afeminando, mas por que pra ocupar esse lugar QUE ELE SE PROPOS é preciso ter culhão e agüentar o embate.

No barraco de ontem, finalmente resolveu dizer o que tantas vezes deveria ter dito, mas um tanto quanto fora de hora. Do nada ele me vem com "sou gay com muito orgulho" quando o assunto não foi nem tocado, dando margem para o questionamento de ser aquele gesto um apelo ou um desabafo. Se denfendeu uma causa ou se escondeu atrás dela.

A situação do BBB segue uma tendência muito comum nas discussões televisivas sobre homossexualidade, que é o despreparo dos autores. Luciana Gimenez faz um desfavor para comunidade gay quando coloca pastores da Igreja universal para discutir a PLC 122 com travestis que se prostituem na Lapa. Não que elas não possam falar a cerca do preconceito que sofrem, mas por que em geral estão despreparadas para discutir a lei.

Hoje no programa do Ratinho foram convidados Silas Malafaia e uma transexual para discutir a PLC. Segundo Ratinho, o Silas foi ao programa numa outra ocasião, discutido com a autora da Lei e que as pessoas pediram uma segunda discussão por terem achado que ele foi mais enfático que ela. Ratinho quando o convidou para ter a mesma discussão com uma outra pessoa ele respondeu: Debato até com o Diabo. Silas é articulado, conhece o assunto, leu a lei de cabo a rabo um zilhão de vezes. Quando Ratinho anunciou a transexual, pelas coisas que disse antes, imagineis e tratar de alguém ligada ao movimento, ao grupo arco-iris, alguma ONG, qualquer coisa além da simples vivencia da homossexualidade. Engano meu, completamente despreparada, a transsex foi engolida pelo Silas e falou um festival de bobagens.

Segue ai em baixo um trecho onde ela responde a pergunta de um deputado:

video

O posicionamento dela vai contra quaisquer discussões que aconteça por grupos que lutem pelo direito GLBT. No momento em que ela diz que não é a favor da idéia de que uma criança veja um casal homossexual se beijando na televisão automaticamente assume que há nesse ato o erro. E por que essa criatura assumiu a pica de ir num programa em rede nacional, quando claramente não tem preparo pra isso??? Eu, que até tenho uma discussão sobre o assunto, que sou psicólogo, que tenho alguma bagagem nesse sentido, não comprava um barulho desse. Certamente passaria pra um colega melhor preparado por que de fato a responsabilidade é grande demais. Só me colocaria nesse lugar se acreditasse poder bancar ele.

Acredito piamente que as mudanças acontecem do micro pro macro... Atitudes individuais fazem à diferença. Há pouco tempo um amigo me falou da satisfação de ter ouvido de uma amiga que ela tinha uma visão pejorativa dos gays e mudou a partir da convivência com ele. Essa é uma responsabilidade que invariavelmente já carregamos conosco a todo o momento, agora tenhamos cuidado na hora de assumir mais do que de fato estamos prontos para agüentar.

22.3.10

Visitas Ilustres....

E é pro orgulho do autor que o blog anda cada vez mais bem frequentado.. Leitores anônimos como o de Nova Iguaçu, assumidos como todos vcs que comentam e agora ando recendo até celebridades como pode ser comprovado na foto abaixo:



Chupem essa, Senhores Blogueiros... Leitor de Springfield só no Yag!!!

Tah tudo tão confuso...

São quase três da manhã...


Eu to com sono, mas ainda sim não consigo dormir e as idéias estão relativamente confusas na minha cabeça... O meu medo é meu telefone tocar pela manha com alguém me falando:



Mas é que eu tava rolando na cama e pensando sobre o mundo, as coisas e as pessoas e tudo ficou tão confuso... As coisas estão estranhas... Não sei por que essa sensação.. Acho que fui culpa do big brother. Boninho disse que foi o pior grupo selecionado por ele até hoje ( na verdade alguém me falou que ele disse isso, eu mesmo não li, mas já to passando pra frente)... Ainda bem que ele enxergou isso...


E não tem movimento nesse país??? Que inércia é essa??? ´É uma racista, um homofóbico... E tudo isso parece tão natural.... Cadê os direitos humanos?? Cadê todo mundo?? Cadê o bom senso???? Meu medo é resolverem fazer um BBB versão nazista apresentado por Rosângela Justino....



E falando em bom senso, vcs já viram a Mini Lady Gaga??? A menininha que é atração no SBT??? Ela veio do programa astros cantando e fazendo interpretação da Lady Gaga, como se a original já não fosse suficientemente bizarra ainda me aparece uma mirim... Uma menina prodígio que faz carão.. Ela tá em tudo quanto é programa cantando de colan... A menina só tem 8 anos, minha gente???? O meu medo é Silvio Santos colocar ela pra brigar no gel com a Maísa.



E falando em coisas Bizarras hj eu tava lendo sobre essa tal de “from Uk”, uma tribo urbana de ex-emos (???), que se dizem emos de luxos com seus penteados caros, mas sem a música melosa, se preocupando com o visual e a popularidade na internet. Puta merda.... Parece que só piora, a tribo que é a expressão máxima da modernidade tem como referencia a filosofia de vida de uma cheerleaders americana da década de cinqüenta e com o penteado igual do Xororó... Que porra é essa???? Meu medo é que Valdic Soreano tb se torne uma expressão máxima da modernidade....




E Xuxa, gente???? Vocês viram a Xuxa???? Ela estava no ato público no Rio falando em defesa da permanecia dos royalties do Petróleo pro Rio de Janeiro... Ela subiu no palco e falou.. Que merda foi aquela??? Pra quem não viu segue o vídeo ai em baixo....



video


Como assim:


“As leis foram criadas para serem cumpridas e elas não estão cumprindo as leis, então não deixa isso acontecer, ok????”


E foi aplaudida, porra... O que tá acontecendo??? O meu medo é ela começar a sair do ramo dos duendes e querer partir pra política...


Desculpem... Eu preciso descansar... Tem algo muito errado.... Meu medo é terminar que nem Dr Simão Bacamarte, personagem de “O Alienista”, trancando todo mundo no manicômio e sobrando apenas eu do lado de fora....











20.3.10

Estamos de volta....


E com a corda toda, depois de um tempinho fora o gato retorna com noticias do lado de cá e muita disposição pra bloguetagem, preciso voltar para as luzes da ribalta, não consigo conviver mais com ostracismo, cadê as pessoas??? Alô??? Tem alguém ai???


Brincadeiras a parte faz tempo que não me sinto tão bem disposto, tão vivo. Para que compreendam façamos um breve e esclarecedor flash back .


Quem acompanha o Yag há mais tempo sabe que o gato passou por maus bocados em 2009. Alguns blogueiros (como o Braccini e o Edu) talvez se lembrem da minha saga tentando desvendar uma misteriosa doença que me assolava, fazendo a minha perna inchar toda vida, me colocando de muleta, me fazendo deixar de trabalhar e vivendo em função dela. Uma historia cheia de voltas e reviravoltas com direito a erro médico, exílio, confinamento e etc etc etc... 2010 já começa com uma nova cara e era hora de correr atrás do tempo perdido, a contrario do inerte ano passado, queria q esse fosse um ano de muito movimento. Queria viajar o tanto que não viajei, trabalhar tudo que não trabalhei, estudar tudo que não estudei e etc.


Daí veio a idéia do concurso, que durante dias ocupou minha cabeça e tempo...




Dediquei-me de verdade e de fato via chances de passar, mas na semana anterior, resolvendo as provas e vendo que estava acertando menos do que seria suficiente pra ser chamado já fiquei um pouco desapontado, porém no meio desse processo uma coisa aconteceu. Surgiu uma oportunidade de emprego e trabalhar novamente me deu um novo gás.


É verdade que preciso de um outro emprego, por que esse é contrato (instabilidade total) e ocupa pouco do meu tempo, além da grana não da pra muita coisa, mas acho q por hora deu pra segurar minha onda, É o primeiro degrau pra um recomeço, faz com que eu me sinta vivo, útil me dando inclusive mais disposição para estudar para outros concursos.


Além disso para fazer a prova cheguei no Rio de Janeiro na sexta a noite e só voltei na quarta... Quanto tempo fazia que não viajava com meus amigos, que gostoso tudo aquilo de novo. Festas, praia, shopping e principalmente... Amigos... Queridos amigos!!!


No Rio de Janeiro resolvi fazer programas populares e conhecer lugares que tinha curiosidade de ir e nunca fui.. Nessa onda conheci o Piscinão de Ramos e a Feira de São Cristóvão... E como me diverti em ambos.. As lembranças de uma prova “mal sucedida” se misturam com muitas risadas, um forrozinho gostoso, água de qualidade duvidosa e a sensação de que valeu a pena... E não me refiro só a viagem ou ainda a prova... To falando da vida... Valeu a pena ter estado aqui, ter construído as relações que construí, ser quem eu sou... To muito longe ainda do que preciso ou de onde gostaria de estar, mas ainda sim eu acho que valeu a pena.


E pra não dizer que o gato é egoísta e não divide boas risadas com ninguém, posto ai um vídeo de uma amiga com uma certa figura que apareceu na nossa barraca no piscinão... Vocês vão ver que de fato foram muitas risadas!!!


video

16.3.10

Alternativas II

Introdução do post aqui...

Continuação...

15 – 03 - 2010

Prima do gato – Anota ai o gabarito, primo...

*gato confere...
*gato faz as contas...
*gato se pergunta...

Será que ele vai precisar de secretário???



Obs – Eu voltarei!!!
Obs 2 – E não me procurem... Eu procurarei vocês!!!!

11.3.10

Fora do Ar

Tudo começou ontem... Há 4 dias do concurso e prestes a passar uma pequena temporada no Rio de Janeiro, resolvi pagar algumas contas antes de ir.... E ai o site pra tirar boleto ficou fora do ar, qdo voltou o sistema foi quem resolveu sair do ar, tentei pagar pela internet que resolveu cair.. Qdo finalmente caminhava para casa da minha prima pra terminar de estudar algumas coisas recebi um telefonema dizendo que o avô de uma amiga saiu do ar.


Ok... Fui pro velório, cheguei à casa da minha tia com clima de velório, tomei banho e fui dormir. Estudo tb ficou fora do ar... Acordei de manha cedo pra poder pegar meu ônibus e ir trabalhar. Um grupo de revoltos me fecha a BR 101 reivindicando os royalties perdidos, ou seja... Estrada fora do ar.... De longe dava pra poder a fumaça negra dos peneis que queimaram para bloquear o caminho.





Chega carro da policia, chega bombeiro, chega a imprensa.. Só chega... Sair que é bom nada.




É claro que o passageiro blogueiro desceu com celular na mão e fotografou o vucu vucu... E foi pensando que alguma vantagem tinha de haver em estar engarrafado, que avistei e registrei essa imagem de um colateral positivo do calor.




O clima do ônibus era de revolta, as pessoas naturalmente entendem os protestantes como desocupados que atrapalham quem quer trabalhar, sem pensar muito que sem os benditos royalties aumenta desemprego, criminalidade... Educação e saúde pioram e etc e tal.


Ok.. Duas horas depois chega um funcionário da 1001 que nos garante a passagem de volta e nos leva de volta pra rodoviária, que estava mega-lotada. Eu então fiquei lá a espera de um milagre, foi quando, aproximadamente 12:00, sou informado de que a previsão para estrada voltar pro ar era das 19:00.


Voltei pra casa, to escrevendo pra vcs,pensando seriamente em dormir e sair um pouco do ar, pk o ar tá foda.

8.3.10

O que eu aprendi com o oscar 2010



É claro que mesmo a uma semana do concurso eu não poderia deixar de assistir e comentar o Oscar. Agora são 02:20 da manha e amanha começo as 09:00, mas não poderia deixar de comentar sobre uma grande aprendizagem que tive com o Oscar 2010.

James Cameron é um renomado cineasta, com uma carreira consolidada no universo da ficção cientifica desde o final da década de 80. Período em que conheceu e se casou com Katryn Bigelow. O casamento durou pouco se findando em 1991.

Katryn seguiu sua carreira em produções modestas a contrario do seu ex-marido que em 1997 dirigiu aquele que seria a maior a arrecadação da historia do cinema. Titanic rendeu 1,8 bilhões de dólares e foi até o 2010 a maior arrecadação da historia, perdendo o posto para Avatar, produção do mesmo diretor. Ele não dirigia mais nada desde Titanic e voltou com este que foi o filme mais caro da historia (237 milhões) e arrecadou 2,5 bilhões.

Mesmo com todos esses números megalomaníacos, a produção que criou tecnologia para sua execução, teve seu roteiro bem criticado, porém não deixou de ser reconhecido levando, por exemplo, o globo de ouro.

Todavia ainda faltava o mais almejado de todos os prêmios, o maior de todos os reconhecimentos... O Oscar. Curiosamente o diretor que não aparecia na cena cinematográfica desde 97 se viu disputando com sua ex-esposa em varias premiações. Ela nunca esteve nos grandes circuitos e nem fez nenhuma grande obra. Neste ano resolveu investir numa produção independente e dirigiu um filme que não tinha nem 10% dos gastos do filme do ex-marido, foi um filme de apenas 15 milhões (um valor risório para os padrões de Hollywood).

No Oscar ambos os filmes concorreram a várias categorias, mas poucas vezes disputavam na mesma. Avatar – a mega produção – leva três estatuetas, Guerra ao terror – a produção independente – leva 6. Mas essa ainda não é a parte mais engraçada... Katryn vence como melhor diretora, sendo a primeira mulher a ganhar nessa categoria desbancando diretores conceituados como Tarantino e também seu ex-marido. Por fim, concorrendo como 10 outros filmes, inclusive Avatar, ela ganha o premio de melhor filme do ano.

Longe de mim querer dizer que a diretora chegou a tanto por uma vingança pessoal, uma picuinha com o ex-marido. Não seria machista a ponto de dizer que um feito desse só foi alcançado por uma mulher motivada por um homem. Mesmo por que, reza a lenda, que o divorcio foi amigável e depois dele, eles até trabalharam juntos.

Mas depois de vê-la, aos 54 anos, lindíssima (a contrario do ex-marido), ganhando os prêmios que ele disputava com uma produção que teve 20 vezes o valor da dela em investimento e de repercussão histórica, aprendi que mulheres são perigosas e não é pouco, não!!!
No final da festa Stevin Martin, que apresentou, teceu o seguinte comentario: "A festa demorou tanto pra acabar que Avatar já é passado". E hoje, ainda mais que ontem, na certeza da superioridade feminina, que da a volta por cima e bate sem sujar a mão, desejo a todas as minhas leitoras um Feliz dia Internacional da Mulher!!!!
Aos meus leitores recomendo: Cuidado com elas!!!

4.3.10

Nas Garras do Gato: Alan Antunes


Depois de um recesso de dois meses o gato volta com as entrevistas a fim de tornar o mundo blogueiro um pouco mais próximo.

O entrevistado de março é Alan Antunes Ex-Garoto Interrompido e atual “Todos os Lados do Avesso”, o blogueiro que anda sumido da blogsfera foi super solicitado pelas pessoas para que fosse entrevistado... Então... Ei-lo... Alan Antunes fala a cerca do seu afastamento, do por que trocou de blog e do prognostico do mesmo.

A entrevista foi leve e correu (finalmente) no tempo esperado, conheçam um pouco mais do menino homem chamado Alan Antunes.

Blog Convidado: http://todososladosdoavesso.blogspot.com/






3.3.10

hãã...


Eu confesso que eu to ficando bêbado...

Há duas semanas do concurso, num ritmo bem intenso de estudo começo a ficar confuso com as coisas.

Hj mesmo tava pensando como era a fórmula da elipse, até me recordar que elipse não era matemática e sim figura de linguagem. Mas também é cada figura... Zeugma, catacrese, oximoro... Você não sabe se ta estudando farmácia, fazendo um ritual maligno ou o que....

As pessoas falam que eu ando irritado, mas não tem como deixar de ficar tendo que estudar logaritmo pra poder trabalhar num RH de banco. Logaritmo não é pra medir coisa de PH, minha gente??? Será que eles usam ácido com os funcionários??? Por que se for o caso acho bom fornecer plano de saúde que abranja psicólogo, a pessoa pra trabalhar com tortura tem que estar bem consigo mesma.

Além do que isso tudo tem sido uma experiência filosófica angustiante. To começando a crer que o mundo é todo forjado e lidar com isso gera conflito na gente. Eu ando estudando leis que ninguém executa. um português que ninguém fala, uma matemática que ninguém usa e relações de trabalho que ninguém tem.

Peço desculpas aos meu leitores pela minha ausência, mas passado toda essa onda eu voltarei, transformado certamente... Não sei se pra pior, ou pra melhor, mas certamente voltarei!!!