18.12.14

Melhores Filmes de 2014

Daí que, como disse em dois posts atrás, este ano bati recorde acompanhando as principais tendências da sétima arte... Vi muito filme acredito que a maioria deste ano mesmo. Em geral os melhores filmes do ano eu vejo mesmo no ano seguinte, quando começo a maratona do oscar e os bons filmes começam a ficar disponíveis para download, mas farei aqui um top 10 dos melhores filmes de 2014 vistos em 2014.

Antes de começar devo apenas dizer que foi muito difícil deixar filmes como Malévola ou Ninfomaníaca (pq sim, caminho de Jolie a Lars Vontrie numa boa), mas como vi bastante, muita coisa boa teve de ficar fora!!!

Foram 34 filmes e a lista ficou assim:

10º Lugar -  Jogos Vorazes - A Esperança Parte I

Não faltou gente dizendo que o dois foi melhor, e normalmente é assim mesmo, da uma caída na parte I pra II vir apoteótica. Eu confesso que gostei e nem concordo que caiu. Distopia tá em alta, outras franquias como "Divergentes" e "O Doador de Memórias", tentaram sem tanto exito. A saga vai além do formato batido de um ditador opressor versos um povo oprimido, quando coloca a maneira que os sentimentos Katniss são usados para defender um grupo ou outro. Muito Bom!!!



9º Lugar - X-Men: Dias de um futuro esquecido.

Sou suspeito a  falar por que AMO a saga X-Men, achei que a temática ia ser meio ouver, essa coisa toda de viajar no tempo e tals... Foi muito bom, não chega a superar o "Primeira Classe"  pq isso realmente seria muito difícil, mas mandou super bem. Gosto muito do desdobramento do fim da mística e do ponto que a história se finda. Super bem amarrado!!!



8º Lugar - Hoje Eu quero Voltar Sozinho

Não da pra ser mais fofo, mais delicado, mais querido. Eu que vi o curta no you tube quando estorou, que torci pra ir mesmo pra telona quando o boato rolou, que já tinha desistido, fui positivamente surpreendido com uma história cheia da doçura que tá cada vez mais difícil ver por ai. Atuações convincentes e uma delicadeza prosaica vai na contramão da atmosfera densa comum tanto nos filmes que tratam deficiência como nos que tratam homossexualidade. Um filme doce contra todas as evidências!



7º  A Teoria de Tudo - O filme concorre a vários globos e é figura certa de Oscar. As atuações são absurdas e a história super-emocionante. Não sei se Hollywood coloriu o quadro (provavelmente o fez), mas as coisas são mostradas de uma forma tão generosa que da vontade ir a Inglaterra e caçar a família toda pra poder abraçar!



6º Para Sempre Alice - Mais um filme que aborda doença crônica/deficiência e nesse caso, na minha opinião a pior de todas. Com cinquenta e poucos anos e no auge de sua vida produtiva a personagem principal se vê com uma versão precoce de Alzheimer. É comovente assistir alguém tentando lidar com a perda da lucidez, Na história Alice tem três filhos que precisam lidar com a situação, além do marido. O filme te envolve de uma tal forma que você, torna-se o quarto filho e também quer o melhor para Alice. Dizem que será o primeiro Oscar de Julien Moore, se realmente for (apesar de não ter visto todas as concorrentes) devo dizer que foi merecido!



5º Camp X - Ray -  Kristen Stewart tem um longo caminho para apagar o borrão que a Bella Swan trouxe para sua imagem enquanto atriz, mas algo me diz que a garota vai longe. Não vou negar que expressão facial não é seu forte, mas ela tem sabido escolher papeis em que isso seja um benefício. Aqui, na pele da soldado de Guantánamo que vive num ambiente totalmente machista, precisa demostrar emoções de forma contida e ela bate um bolão neste lugar. O filme não teve muita repercussão, mas confesso que a história me emocionou muitíssimo e achei de fato um dos melhores filmes de 2014.



4º Boyhood - Da Infância da Juventude

Há quem diga que o Oscar 2015 de melhor filme já é dele. O autor teve uma ideia simples e ousada. Gravar o um filme em 12 anos. O personagem principal começa com 06 e termina com 18. Em 12 anos eles gravavam cenas pelo período de aproximadamente 04 dias... Ver os atores envelhecendo na tela é uma sensação muito esquisita. Outra coisa bacana é a historia central do filme, que na verdade não existe, ou melhor.. A história central é a vida comum, pega-se 12 anos da vida de uma família, que poderia ser a minha história, a sua história, a história do seu vizinho e prova-se que o maior roteiro de todos é a vida.



3º Guardiões da Galáxia

Vi o trailer e disse que me negava a ver um filme com uma árvore, e um guaxinim de heróis e mordi a língua. Um dos melhores filmes de herói que vi na vida. Ele tem fotografia, tem trilha, tem humor, tem aventura, tem todos os componentes de uma história épica e muito dos excelentes efeitos que a Marvel não economiza. O roteiro é super bem amarrado e tudo, pelo incrível que pareça, faz um enorme sentido.



2º Tim Maia

O filme tem o humor do nego, o sow do nego, o charme do nego, as cores do nego,  o swing do nego.. É uma delicia!! A narrativa tem muito do personagem, é difícil até de explicar, só vendo pra poder entender, mas assim.. Nunca vi um filme com tanta identidade somado isso com o fato de vc sair cantarolando do cinema temos um grande sucesso de saldo.



1º Uma Viagem Extraordinária 

Do mesmo diretor de Amelie Pulan, essa obra de arte quase não teve repercussão, mas vai pro hall dos melhores filmes que vi na vida.. Mega bem cuidado, da fotografia aos créditos. Atuações marcantes numa história fofa com uma pinta de lúdica. Acho uma falha medonha Amelie nunca ter concorrido a nada e será outra falha não dar os devidos créditos a "Uma Viagem Extraordinária" 




12.12.14

Delícias da Vida a dois XXVI - Na madruga boladona


Daí que dia desses comecei assistir "A Teoria de Tudo" que conta a história de Stephen Halking, cientista que ainda jovem descobriu ter uma esclerose lateral amiotrófica, doença degenerativa que paralisa os músculos do corpo. Fiquei muito mexido com a trama por que  mostra a relação dele com a esposa e  a maneira com que eles quebraram diversos tabus no universo da deficiência no que tange sexualidade, família, mercado de trabalho e o escambau, mas no entanto ficaram atolados no modelo monogâmico de relação fazendo com que esta mulher ficasse assombradas com desejos óbvios por anos e criando desconfortos desnecessários. Se eles tentassem quebrar mais um ou dois tabus sobre as diversas possibilidades de família muita coisa se resolvia. 

Com este pensamento vou para cama dormir por volta das duas da manhã.. Calopsita já dormia, mas quando deitei deu um gurnido e me abraçou... Foi minha deixa:

Gato - Mo
Calopsita - Hum
Gato - Tava pensando que se um dia eu ficar por algum motivo deficiente a ponto de perder minha identidade ou parte dela, naturalmente acho que o mais correto era que fosse cuidado por você, mas não acho que deve abrir mão de tudo na vida em função dos meus cuidados, afinal já abriria tanto. Eu entenderia e apoiaria que vc tivesse outras relações mesmo cuidando de mim!
Calopsita - Que conversa é essa gato???
Gato - É que eu vi o filme agora, do Stephen Halking fiquei pensando muito nisso, sabe??
Calopsita - Você fica vendo esses filmes ai pra vir com essas conversas malucas!
Gato - Mas amor, acho importante falar por que...
Calopsita - Gato.. Pelo amor de Deus.. São 02:00 da manhã..  Não é importante falar nada, é importante dormir...
Gato - hummmmm....




11.12.14

Reencontro



2014 foi um bom ano, ok to terminando meio fudido, perdi o emprego que dava 2/3 da minha renda e to aqui esperando ser chamado novamente (fortes possibilidades), fecho o ano sem dívidas apesar da conta no vermelho. A questão é que salvo situações muito extremadas não da pra vincular dinheiro a felicidade de forma muito direta, por que se não a felicidade fica realmente muito fragilizada. Devo dizer que inclusive, mesmo profissionalmente, foi um ano em que estive em enfrentamentos importantes e  bons reconhecimentos, me sinto mais maduro enquanto profissional, muito melhor do que quando tudo isso começou.

Nesse ano sai da quitinete e vim pra uma casa maior, arrisquei, comprei meus móveis, minhas coisas, consegui estabelecer uma rotina mais de família entre eu e meu marido, pude receber melhor minhas visitas.

No início desse (quase meio) li em algum lugar uma pesquisa que dizia que pessoas solteiras frequentam "x" vezes mais restaurantes que as casadas.. Bem como ler "y" livros a mais, "vai "n" vezes mais ao cinema e teatro... Acho natural. Antes de estar casado, na minha lógica de solteiro sempre pensei que quando pintava uma coisa legal deixava rolar por que não tinha o que perder. Hoje enxergo que tem sim, em maior ou menor escala a gente abre mão um pouco de si mesmo pra ser um pouco do outro quando se casa... Precisa valer a pena!

Refletindo sobre isso tudo tentei diminuir um pouco desse prejuízo, tanto pra mim quanto pro calopsita.. Dessa maneira foi um ano em que vi muitos filmes, li livros como não lia há tempo, vi séries, me reencontrei comigo mesmo. Tava tentando fazer um top 10 dos melhores filmes de 2014 e fui contar... Esse ano assisti  34 filmes do ano de 2014, fora de outros anos... Achei um bom número, vários desses no cinema!!!

No fim do ano junto com uns amigos (alguns blogueiros inclusive) montamos um grupo no whatsapp chamado "sou e curto afeminados" com intenção de ser um espaço de fortalecimento de uma postura mais generosa entre nossos pares gays. Parece bobo, mas sempre curti tanto conhecer pessoas pela internet, fazer novos amigos, as tecnologias e possibilidades avançaram nesse sentido e as vezes estar casado é ficar numa ilha onde as coisas acontecem e você só assiste. Não precisa ser assim, aliás acho que é exatamente não sendo assim que a gente tira o casamento do lugar de fardo que tanta gente pendura.

2014 foi um ano que encontro comigo mesmo, com meus objetivos, com o que queria pra mim quando tivesse 30 anos, acho que fui alguém melhor e espero continuar nesse mesmo caminho!

14.10.14

Smart TV



Sabe essa coisa das propagandas de TV a cabo que sempre vem com um slogan cliche do tipo "vai revolucionar sua forma de ver TV'??? Nunca me revolucionou porra nenhuma....Ok, dou a mão a palmatoria que a opção do penvr da claro TV se incorporou bem em minha rotina e passei a ver muita coisa gravada depois dele, mas pensnado na ideia de revolução não da pra comparar com a smart TV.

Acho que ela realmente inaugura uma nova era de interatividade,  me parece a experiência mais bem sucedida em linkar TV e internet feita até então. Até sua existência a TV se utilizava de umas estratégias bem toscas pra perseguir incorporar a internet na sua atuação. "Entrevista com não sei quem no site", "a personagem da novela x tem, um diário que coloca na internet", "Os BBBs escrevem seu humor pra página do BBB".. Enfim.. Tudo uma bobajada que nunca atraiu muita gente.... Hoje entendo que algo mudou. Os trending topics do Twitter, por exemplo, viraram uma ambição tal qual o IBOPE, que não só ajuda a medir quanta gente tá vendo como leva muita gente pra ver. Na era da informação, não basta conhecer, é preciso conhecer e comentar sobre, em tempo real.

Sou um bom exemplo disso...  Poucos são os programas que assisto em tempo real, mesmo pq não tenho mais paciência pra intervalo, daí duas coisas vão me motivar a isso: Ou é a ansiedade de ver algo que to muito vidrado, ou o desejo de comentar a programação, sentimento muito presente nas premiações, por exemplo. Os fabricantes da Smart sacando a tendencia criaram, o aplicativo "social TV", em que vc coloca a hastag e ela fica passando do lado da tela com o comentário da galera no twitter sobre a programação. ... Bela sacada!!

Hj sento na frente da TV pra ver em seis possibilidades:

1 - Filme baixado na net (que pela smart em HD é ótimo)
2 - NetFlix 
3 - globo.com
4- Gravado no Penvr
5 - Pela Emissora
6- You tube

Confesso que os dois últimos estão sendo cada vez mais incomuns. Daí que pago R$ 9,90 pela globo.com e R$16,00 pelo netflix e telecine/HBO que se foda... Não me faz a mínima falta, não me lembro a última vez na minha vida que vi um filme pela televisão. Acho até cafona algo do tipo "deixa eu correr que hj vai passar um filme maneiro no supercine"... 

Jamais assinaria Netflix se não fosse pela smart TV, via filme no PC por necessidade, pra ver lançamentos e tals.. Mas não ficaria vendo séries e filmes que não fossem lançamentos pelo netflix, seria um dinheiro mal empregado. Fiz minha pazes com o cinema depois da Smart, passei a ver filmes como antes, tenho acompanhado séries, várias coisas que já nem fazia mais com tanto afinco. 

Dia desses li em algum lugar que o programa do Adnet teria segunda temporada pq embora a audiência fosse baixa, foi o programa mais cessado pela globo.com, achei super-bacana a sacada de terem considerado esse fato, eu mesmo adorei o programa, mas só vi na globo.com. Tenho visto muito pouca coisa na globo, novela mal sei qual está passando, o pouco que vejo  o faço pela globo.com na smart TV. Assisti por exemplo a minissérie "O Rebu", praticamente todos os episódios pelo site (mesmo pq ela passava bem tarde)... Agora to vendo o Dupla Identidade (recomendou, muito bom em tudo.. roteiro bem amarrado, fotografia linda, atuações bem legais, trilha fantástica), até agora foram quatro episódios, vi todos eles pela globo.com. O fantástico eu sempre vejo no dia seguinte por lá tmb, não inteiro, escolho as reportagens que quero ver...

Enfim, adorei a aquisição, o produto é fantástico, acho que os caras talvez estejam começando a despertar pro fato de que, melhor que fazer mil firulas pra gerar interação entre internet e TV é dispor a programação de forma confortável pro expectador. Se a globo.com vende sua programação na internet com a facilidade que tem o template da netflix os caras podem cobrar bem mais e não vai faltar é assinante.

Ru paul, Modern Family, o rebu, dupla identidade, gotham, porta dos fundos, mais uma caralheira de filme ganharam um expectador a mais pela aquela que realmente proporciona uma revolução na sua maneira de ver televisão, a Smart TV.


13.10.14

Academia de Drags

Voltei, Brasil!!
Mentira, parei de me forçar a escrever.. Quando for pra vir que seja naturalmente, meu blog vai continuar aberto e sendo uma possibilidade de catarse se necessário for!!

Pois bem... O que trouxe aqui hoje foi o episódio de estreia do "Academia de Drags", o reality show que foi idealizado e apresentado por Silvetty Montilla num canal do you tube. Pelo que entendi toda segunda feira será lançado um episódio de aproximadamente 25 minutos até o final do programa.

O programa segue o modelo de RuPaul's Drag Race, aqui oito drags disputam em provas de habilidades diversas para ganhar o premio de uma viagem internacional, uma peruca e um Show na Blue Space. 

Assim, minha gente.. O programa até contou com convidados de peso em sua estreia como Alexandre Herchcovitch, a Silvetty parece ter muito boa vontade, mas tá faltando é um patrocinadorzinho mesmo, pra ser menos caseiro, né???? Muito pobrinho, tudo.. A edição, a produção, o cenário.. Tudo, tudo, tudo.. Conheço gente que com celular faria com mais bom gosto!!

 No que tange ao glamour da Ru Paul a Silvetty não chega nem nos pés, mas tmb entendo que nem é essa a intenção do trabalho dela, acho que ele se direciona de uma outra forma. Além disso compreendo que reproduzir o formato RuPaul é importante sobretudo para fortalecimento da cultura gay enquanto identidade, ação em que a Ru é perita e que a Silvetty com toda sua experiência vai dar conta... Não é um reality para achincalhar, nem humilhar ninguém.. Muito pelo contrário, ele tem uma mensagem de dizer que somos lindos em nossa exuberância... Mama Ru incorpora com naturalidade a acidez peculiar do meio gay, as disputas peculiares e mais uma série de coisa que muitas vezes tomam um tom pejorativo, mas aqui eles se tornam naturais e postas de forma que vc entende que todas as características são apenas parte de um grande todo que precisamos aprender lidar.

Vou continuar assistindo, assinar o canal e o escambau, pq quero que seja comentário e que seja sucesso para quem sabe amanha ou depois ganhar espaço na TV com a produção que a iniciativa merece. 

Assista vc tmb:

19.8.14

Uma Fria

Todo mundo já deve ter visto ai uma meia duzia de celebridades tomando baldada de água fria de ontem pra hj... Pois bem, se vc não sabe o porque ou não está ligado no assunto o gato esclarece...

O desafio do Balde de Gelo é uma brincadeira que começou nos EUA através da ALS que seria uma associação que trabalha no tratamento de Esclerose Lateral Amiotrófica (ou ALS, na sigla em inglês), doença degenerativa que ataca as células do sistema nervoso central responsáveis pelos movimentos voluntários dos músculos. Daí a ideia é: Ou vc doa cem dólares para instituição ou toma um balde de gelo.. Na verdade a intenção é botar celebridade pra tomar banho e ai divulgar a necessidade da atenção para esse nicho. Ao tomar o balde de gelo a celebridade desafia mais três pra brincadeira que em 24 horas devem responder ao desafio e dessa maneira a parada virou mais um viral da internet. Reza a lenda que lá nos EUA a associação que desenvolve o trabalho já arrecadou 15 milhões, aqui no Brasil as pessoas estão pedindo doações para ABRELA e o IPG que trabalham com essa doença. Então várias celebridades brasileiras estão aderindo, sendo solidárias e mostrando pra gente como é a vida sem o recurso do cabelo bem feito e da maquilagem.

Justin Bieber, Lady Gaga, Demi Lovato, Justin Timberlake foram alguns dos internacionais que aderiram.. Em solo tupiniquim contamos coma colaboração de Ivete Sangalo, Luciano Hulk (é claro), Neymar, Angélica, Fátima Bernardes e Ana Maria Braga... Os vídeos em geral não passam de 16 segundos, mas os meus favoritos são nos programas ao vivo, com as apresentadoras acabando com o programa desesperadas.. Pq, né??? Como não correr para o fim diante deste quadro?

Beijos, Ana!

Eu to querendo mais.. Não vejo a hora do povo do TV Fama aderindo.. Quero Inês Brasil no desafio do balde de gelo, quero Gretchen, quero Angela Bismark, Geyse Arruda e toda essa gente que amo....

Penso que a intenção do criador é nobre, oportuniza que as pessoas façam solidariedade autoanunciada, uma modalidade que vai direto na fragilidade egoica do meio artístico.. Eles aderem.. E o pessoal com esclerose lateral agradece.

Vou compartilhar aqui alguns vídeos que merecem algumas observações:

O Jogador Marcelo que não é nenhum príncipe, mas arrumou um escravo lascivo de cueca para jogar o balde nele.


Justin Bieber que ta cada dia sendo o homem mais gostoso do mundo, mesmo com toda sua escrotidão, de camiseta branca...


E depois, não satisfeito, Justin Bieber convida as fãs.. sem camisa


Cristiano exibicionista Ronaldo com sua micro sunga e câmera de 1 megapixel


Por fim, Lady Gaga que sempre dispensa qq comentário....





12.8.14

Uma tragédia anunciada....

O gato disse, o gato avisou...

Em um dos meus diversos posts sobre a praia virgem (local de pegação GLS da minha cidade) comentei sobre o fato da praia não ser friendly gay como era sugerido em alguns lugares na internet... Postei o seguinte:



E daí que no início do mês passado a pequena Rio das Ostras foi acometida por um escândalo quando uma cabeça decapitada foi encontrada numa sacola plástica na frente de uma escola infantil... Havia-se boatos de que pudesse ser o cara que teria abusado sexualmente de uma menina de 11 anos estudante desta mesma escola. Aproximadamente três dias depois o corpo foi encontrada na famigerada praia virgem... E tá ai a imagem do nosso esquartejamento friendly:



Eu sei que a imagem é de extremo mal gosto e você não queria ter de ver isso, mas se faz necessária pra contextualizar minha fala. Se observarem o local cheio de preservativo vão ver que é algo como alguma das clareiras que vc encontra nas fotos que publiquei no primeiro post em que explico como chegar na praia:


Reza a lenda que a vítima era um de um militar reformado da marinha nos seus sessenta e poucos anos e que em alguns lugares diziam que ele saia com prostitutas de 13 e 14 anos e em outros que ele saia com garotos na própria praia virgem.. A bem da verdade é que nessa altura dos acontecimentos já não da mais pra poder definir o que é fato e o que é boato. Todavia o "x" da questão (pelo menos pra mim) é  a quantidade de camisinha em volta do corpo mostra o quão frequentado era o local em que estava. 

Há de se abrir mão da hipocrisia e se compreender que aquela é uma área de transito, em especial de gays em busca de pegação mesmo e que essas pessoas não tem que estar expostas a esse risco. Como evitar?? Marginalizando o comportamento homossexual e transferindo para o individuo a responsabilidade pela segurança pública??? Ora senhores, estou falando de um espaço no coração do município frequentado por munícipes por tanto que seja seguro para estes. 

Legitimar esse espaço como uma área de convivência homossexual é uma alternativa.. Uma guarita da guarda municipal, uma polícia bem treinada, banheiros químicos, fiscalização, incentivo para  que comerciantes de renda alternativa atuem e uma melhoria na iluminação já seria um grande passo para tornar a praia um lugar saudável de convivência e até quem sabe, um ponto turístico do público gay. Sem contar que as questões ambientais em torno desse monte de plástico no chão poderia ser mais vista de perto, poderia ser um espaço privilegiado para politicas públicas de prevenção a DST e de investimento no potencial turístico gay como já disse acima.

Nesse caso devo reconhecer que não da pra por só a culpa no poder público, falta movimento da comunidade LGBT, falta o grupo "Cores da Vida" responsável pela parada de RDO ir além da parada.. Falta nós entendermos que ninguém vai lutar por direitos que são nossos enquanto a gente passa a vida preocupado em discriminar uns aos outros. 

Me assusta absurdamente esse corpo ter sido encontrado nesse lugar, isso é a prova cabal de que mesmo em 2014 com beijo gay na novela das oito e personagens homossexuais coroando atores com Oscar não saímos da marginalidade.A onda agora é buscar um padrão moral para se encaixar a homossexualidade, desviando o problema da qualidade (pênis ou vaginas envolvidos no processo), para quantidade (em quantas picas vc pode pegar pra merecer ser respeitado?), mas mantendo a vivência sexual experiênciada na cultura gay num sub lugar.

Dia desses estava conversando com um amigo psicólogo que falava sobre seu desejo de fazer algum projeto social voltado a este público aqui no município... Na mesma semana tmb conversei com um amigo que era o dono da única boate GLS, que fechou.. O amigo da Boate dizia que seu único problema era encontrar um imóvel, o amigo psicólogo dizia que seu único problema era espaço... Escreve ai.. Até o fim do ano mexo meus pauzinhos e alguma coisa vai acontecer. Entendo que a ação se faz necessária e enxergo que tmb devo fazer minha parte pq naturalmente a culpa está no poder público, na falta de ação do Cores da Vida, na comunidade LGBT em mim e em você.

“É um mundo perigoso, então todos nós procuramos por proteção. E, independente de encontrá-la nos braços de nossas mães ou na ponta de uma faca, no beijo do amor de nossas vidas ou no cano de um revólver, nós fazemos o que tem de ser feito para nos sentirmos seguros. Porque nós sabemos, que em algum lugar, há aqueles que nos farão mal.”

Desperate Housewifes - Bree Van de Kamp

1.8.14

Babada???

Eu tive alguns sex simbols de minha juventude, muitos deles "celebridades" da internet, a maior delas sem duvidas era o carioca que gravou esse vídeo que foi hit quando surgiu, hj ele deve ter 90 anos...



O jeito que dança, que agarra na pica, a cara de safado... Sem dúvida ele ocupou o ápice dos meus desejos na década de 2000... Depois dele vi outros vídeos de garotos mui sensuais dançando funk, mas nada que nem de longe se comparava, até que meu marido me apresenta.... Isso:



Meu cu coração se acendeu novamente.. Marido disse que ele era gay, estudava na UFMG e quer ser famoso.. Bateu uma preguicinha, pq 30 segundos de conversa com uma bicha narcisista começo a pensar que tem 10 dia que não lavo meu banheiro, mas não da pra negar os dotes do gajo e ai resolvi ver mais uma vezinha olhando a carinha gostosa dele... Pra que, né, gente:?? Tinha que era ficar mirando do umbigo pra baixo e da coxa pra cima... Se ele é camarão?? Jamais.. Mas a pessoa que cresceu vendo show da Xuxa inspira sua sexualidade na diva erê com dente de coelhinha...

Pq todo mundo que teve infância na década de 80 tem uma paquita erótica dentro de si...


Não to querendo fazer a bicha má e nem a despeitada, claro que se ele me desse mole na noite eu ia ao banheiro ajoelhar e agradecer a Deus, mas sabe?? Não da pra substituir meu muso do desejo por alguém que acha que dentro do pacote sensualidade está a cara do Simon do "Alvin e o Esquilos".. Sinceramente desapontou.... Só isso e nada mais!




27.7.14

RuPaul's Drag Race



E foi cinco anos depois da estreia de RuPal's Drag Race na TV que o gato foi assistir uma temporada inteira pela primeira vez (viva ao netflix). A bem da verdade que normalmente eu não curto muito ver Reality Shows gringos, salvando pouquíssimas exceções (tipo o x-factor). Em geral acho que as questões culturais acabam fazendo o reality menos reality do que já não é mesmo. Porém , no caso de RuPal eu tinha uma certa curiosidade e resolvi pagar pra ver, assistindo a quinta temporada e sinceramente, não me arrependi.

Pra começar nossa conversa vou falar um pouco do aspecto socipoliticoideologicoetcetal na perspectiva da pauta gay.. Aliás.. Mais do que da perspectiva da pauta gay, eu diria que da perspectiva da pauta humanitária. O reality mostra um grupo de rapazes que atuam como Drag Queens, estamos falando aqui do epicentro do gueto homossexual. Quando o cara da UOL faz questão de te dizer que não é do meio, ele está renegando o que RuPaul exalta. As maquiagens caricatas, os vestidos repletos de brilhos e as perucas extravagantes formam personagens que são cicerones de um universo marginalizado, RuPaul mostra o que há por traz de tudo isso... Praticamente todos os participantes carregam consigo historias de abandono, discriminação e muito preconceito. As intrigas que são tão vinculadas ao gueto aparecem de forma clara, porém não podemos esquecer que intrigas em disputas são o carro chefe de qualquer reality show ou, pq não dizer, de qualquer conglomerado humano. RulPaul brinca com esse traço e estimula que de forma quase que lúdica os participantes em tarefas treinem a acidez do seu humor falando umas das outras, dela mesma, e dos jurados. As mesmas que brigam são as mesmas que se abração e se apoiam quando alguma delas desmorona.. E elas desmoronam.. RulPaul mostra com muita clareza o quão cinza é o conteúdo que se converte em arco-íris. De forma muito delicada Ru repete bordões que exaltam a cultura gay e estimulam o amor próprio, ela e seus jurados conseguem mesclar a acidez do meio gay a generosidade que a gente precisa aprender a alcançar no trato com nossos semelhantes. A preocupação com os padrões de beleza são tmb minimizados e reduzidos a zero... Gordinhos, beeem gordos, magrelos, esquisitos com traços marcantes.... Pessoas absolutamente fora dos padrões de beleza  que viram verdadeiras divas quando sobem no palco, aquilo que é esquisito lá fora, lá dentro vira um solo fértil para grandes transformações. 

No que tange ao programa em si, é absolutamente excitante. Semanalmente as participantes passam por provas e uma delas é eliminada. Já parou pra pensar quantos talentos são avaliados numa Drag Queen?? É preciso ser um artista completo... Cantar, dublar, dançar, atuar,imitar,  fazer humor, costurar, maquiar... Daí que a excelente cantora pode ser péssima humorista, ou a que dança muito bem não seja uma eximia maquiadora.. As provas envolvem sempre alguns desses aspectos e ai é preciso destacar-se no que se faz bem e saber dar o truque no que não se sabe fazer. Confesso que foi o primeiro Reality Show em que aspectos técnicos são avaliados e as historias pessoais dos participantes contaram pra minha torcida, mas ali é bem complicado não tocar, criatura e criador se envolvem numa história quase que única, são alter egos que nascem da dor do seu criador. Também foi o primeiro reality que eu fiquei migrando de favoritismo várias vezes e estava confuso no final da história. A falta de previsibilidade e os novos sentimentos que trouxeram pra mim, um veterano fã de reality show, me faz pensar o quão bom é de fato este produto, pq realmente pouca coisa me toca hoje como o BBB1 ou a Casa I me tocou um dia... 15 anos depois, Rul Paul Me proporcionou isso... Imagina se tivesse acompanhando semanalmente pela TV.

Então Senhores, misturem bom gosto, com originalidade, com compromisso social, com diversidade, com castings fantásticos e muitas cores.. Pronto.. Chegamos na RuPaul... Em pouco tempo vejo as outras temporadas e ai faço um post recomendando alguma pra quem nunca viu, mas olha, caso não queira esperar corre atrás hj mesmo, pq sim.. Vale a pena!!!

22.7.14

Não sabem de nada, inocentes!!!





Diálogo do gato com o colega de 16 anos que está trabalhando junto com o gato, é crente e quer casar virgem:

Gato - Tudo Bem que vc queira casar virgem, mas pode fazer uns encaminhamentos pra não ser borracha fraca.. Depois junta vc e outra virgem ai fudeu tudo.. Ou melhor, não fudeu nada!!
Virgem - óh Gato.. Vc pensa que eu não sei de nada... Eu sei um monte de coisas..
Gato - Coisas tipo...
Virgem - Sei o que é Ogasmo Duplo!
Gato - Oi???
Virgem - Ogasmo Duplo...
Gato - Então me explica pq essa eu não sei!!!
Virgem - Ogasmo Duplo e quando o homem e a mulher ejaculam juntos!
Gato - Então poia... Pra início de conversa "Ogasmo Duplo" não existe... Vc quis dizer oRgasmo MÚLTIPLO, que é´quando a mulher tem uma sequência de orgasmos.. E só a mulher, pq homem não tem orgasmos múltiplos.. Isso que vc tentou dizer é orgasmo mútuo.. Quando ocorre ao mesmo tempo... E outra.. A mulher não ejacula.. Só o homem ejacula...
Virgem - NÃÃÃÃO???
Gato - Não
Virgem - Mentiraaa....
Gato - Só o homem ejacula, o que a mulher tem é um aumento da lubrificação quando chega ao orgasmo...
Virgem - O que é lubrificação?
Gato - É o a secreção produzida pela mulher.. O meladinho.. A mantegueeeira... Sabe quando diz que a mulher tá molhadinha?? É pq ela se lubrificou, isso acontece quando ela está excitada e numa proporção maior quando alcança o orgasmo...
Virgem - Hummmmmmm
Gato - E pro prazer da sua parceira é importante vc ir além do convencional, a grande maioria das mulheres não conseguem chegar ao orgasmo por penetração, o orgasmo é clitoriano, precisando que vc seja um ás com a língua e com os dedos...
Virgem - Clito o que???
Gato - Clitoriano, pelo estimulo do clitóris!!
Virgem - O que é clitóris???
Gato - É O GREEELO garoto... o siniiinho... o biiiife....
Virgem - Eitaaaa... Gato vc era levado desse jeito?? Como vc sabe disso tudo??? Na sua faculdade vc tinha aula de sexologia???
Gato - Ahhh meu filho.. Aprendi no calçadão.. Na pista... Aprendi servindo ao próximo!!! E vc tem que tratar de aprender um recurso ou outro, mesmo que permaneça virgem, que se chegar assim pra hora h, vai fazer um sexo de merda e um sexo de merda caga com um casamento!!! Se ligaaaa!!!!

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Diálogo do Gato com uma colega de trabalho uns dias antes:

Amiga - Daí ele me disse que é gay e por isso gosta de homens másculos, se fosse gostar de referencias femininas pegava mulheres...
Eu - Qual a idade dele mesmo?
Amiga - 30
Eu - Putz, se tivesse 13 eu ainda entendia, mas 30...
Amiga - Pq?
Eu - Acho que 30 já deu tempo suficiente pra ele entender que sexualidade não é matemática e as coisas não são tão lineares assim os caminhos são diversos...
Amiga - É?
Eu - Uhun... Existem homens que fazem crossdress por exemplo, ou usam a roupa intima da mulher e não são homossexuais, outros gostam de inversão sexual sem tmb ser homossexuais e mais uma série de coisas além da simplicidade apresentada pelo seu amigo.
Amiga- Mas vc diz isso pq pega de referencia esse mundo doido da internet que vc vive.. To falando do comum...
Eu - É ai que vc se engana, Nelson Rodrigues já bem dizia que se as pessoas soubessem das intimidades sexuais umas das outras ninguém se cumprimentava na rua.. Veja aqui em Rio das Ostras mesmo.. Próximo aqui de casa, num bairro de classe média, temos um grupo ai de aproximadamente 15 travestis que se prostituem praticamente de segunda a segunda... É um número expressivo pra uma cidade de cem mil habitantes, se elas vão pra rua diariamente é pq tem cliente pra isso... Quem são seus clientes? Homens em geral muito bem casados.. E as pesquisas ainda nos aponta que a maioria dos homens que buscam travestis é pra ser passivo sexuais com elas... Então, aqui em RDO, entre nossos vizinhos, colegas de trabalhos, comerciantes e etc encontram-se homens casados, que buscam prazer em ser penetrados por mulheres com pênis.... To falando que esses homens estão fora do nossos muros só pra aliviar pra vc!!!
Amiga- Eita...
Eu - Marca qq dia com seu amigo que a gente senta pra tomar um chopp no gaguinho, ele tá precisando!

Império/Nárnia



Os autores da globo estão ficando todos esclerosados, beijos!!!

Agnaldo Silva numa marra do caraí, morreu de zoar da cara de Gloria Perez em Salve Jorge e me vem com Império que foi uma cagação sem fim, Aguinaldinho tá desonrando a classe, cagando no colã!!!

A história começa assim.. José Alfredo vem tombando lá do nordeste e se hospeda na casa do irmão Evaldo no Rio. Chegando la´se apaixonou pela esposa dele a primeira vista, menos de uma semana e tava pegando a danada. Viveram um romance e decidiram fugir, ele escreveu uma carta cagadíssima pedindo desculpas pro irmão por ter destruído a família  e arrasado avida dele, mas que Deus já perdoou eles pq não existe certo ou errado no amor e Deus sempre perdoa os amantes (vou juntar com as crentes no cantinho do café amanhã pra meter o malho, pq, né?? Te recebo na minha casa, vc come minha mulher, foge com ela e ainda coloco Deus na fofoca, Braseeew???). A irmã dela (Marjorie Estiano), cagou tudo, fez mó tramoia lá, Eliane se descobriu grávida e não fugiu porra nenhuma... Mijou fora do penico e depois acusou a irã de ser má (boa é ela).

Na rodoviária um véio milionário ouve a conversa de Zé Alfredo com a concunhada e pediu pra ele contar mais que se ele gostasse da história o levaria até o fim do mundo. Assim numa cena ele estava no banco da rodoviária, na outra tava de helicóptero indo pro garimpo com o véio. Chegando lá o coroa conta que tá com uma maleta cheia de dinheiro pra  negociar a compra de diamantes no dia seguinte, na sequência da um revolve a ele pedino pra que faça sua segurança (oi??).. Naquela mesma noite, um homem lá que falou ser o dono do garimpo atirou contra o véio milionário e Zé matou ele.. Antes de morrer o coroa mandou ele negociar os diamantes, olhar na agenda suas conexões, ir pra Europa, negociar as pedras e ficar com a grana dele (como??)...  Assim ele foi para Zurique onde conheceu Maria Joaquina (não a de carrocel, mas a viúva Porcina) e ela diz que fará dele um homem rico no lugar do homi que morreu o convidando pra ocupar o lugar do cara.

Minha pergunta é uma só:
Glória Perez... É vc??? 

Começando o curso de "como lidar com um público que não sabe voar" em 3 2 1...

18.7.14

Quando Morre um Imortal!




Morre hoje, aos 73 anos João Ubaldo Ribeiro. O escritor, que era o 7º ocupante da Acadêmia Brasileira de Letras deixa um legado enorme em obras contribuindo de forma significativamente para construção da identidade nacional. Porém não quero falar sobre a grandiosidade de João Ubaldo, quero falar sobre a intimidade, a minha e a dele, a nossa cumplicidade.

Em 1999 João foi convidado  pela editora Objetiva para escrever para a coleção Plenos Pecados, na ocasião sete imortais foram chamados para cada um escrever um livro tendo por tema um pecado capital, para o João Ubaldo ficou  o pecado da luxúria pelo qual ele escreveu "A Casa dos Budas Ditosos", que eu chamo  carinhosamente de "minha bíblia", "meu manual" e outros nomes nesse sentido.

O livro é narrado por uma mulher de 68 anos, nascida na Bahia, falando de sua própria vida, e de como jamais se furtou a viver - com todo o prazer e sem respingos de culpa - as infinitas possibilidades do sexo. Através desta força descomunal que é o sexo João Ubaldo vai na base da sociedade, nos tabus mais enraizados, no centro de tudo e toca sem dó. Incesto, drogas, fetiches diversos, tudo que traz junto consigo uma série de culpas e paranoias junto a ereções é colocado sem culpa nenhuma...

Não me lembro da data exatamente que entrei em contato com ele... Algo em torno de 2001 ou 2002... Era um período estranho onde Britney Spears se fortalecia internacionalmente e os reality shows começavam a ser uma febre no Brasil....  O gato daquela época era totalmente diferente do gato de hoje, recém entrado na faculdade, ainda não havia se assumido gay nem para os amigos gays, tinha um discurso meio moralista,  era chamado por uma amiga de falso libertário... O mundo era outro e eu era outro, mas havia uma chama do que sou agora, uma leve chama que ganhou gasolina através de João Ubaldo Ribeiro.

Se engana quem pensa que estou falando de um livro de sacanagem aqui, tem sacanagem, mas a coisa vai muito além, aliás acho que a sacanagem realmente é apenas instrumento pra um discussão politico/social muito maior. Aprendi muita coisa naquelas cento e vinte e poucas páginas (tão pouquinho, queria tanto mais), aprendi de forma concreta, por exemplo, que é na vida comum que toda trama filosófica se aplica... Na rotina, no que fazemos quando não estamos falando sobre Lacan ou Baudelaire. Foi dentro desse livro de Luxuria que encontrei a definição de Deus que melhor compreendi, que melhor alcancei, através da escrita do pecado da Luxuria vi Deus, e só João Ubaldo poderia fazer isso, só ele e mais ninguém. 

Sempre recomendo o livro, já emprestei até pra minha mãe... Parentes, amigos, todos.. Aquele livro é um alerta,  o ministério da educação deveria problematizar ele no ensino fundamental, o da saúde inclui-lo em algum programa de saúde pública.. Sexo é saúde pública, felicidade é saúde pública, se livrar de culpas criadas por coisas naturais, por viver sob regras que ninguém sabe quem criou e que no fundo ninguém segue é saúde pública... Tá lá, transparente como água, tá claro pra quem qusier deixar de ser babaca ver.

João Ubaldo conseguiu o que queria comigo.. Em 2004 Fernanda Torres fez uma montagem da peça... Eu fui assistir, Fernanda é maravilhosa, estava incrível no palco, mas a verdade é que ela não entendeu a proposta.. Eu entendi a proposta. 

No seu apartamento no Leblon João Ubaldo morreu da doença que não me levou, embolia pulmonar! Até nisso fomos cúmplices, até o último minuto... Gostaria de ir ao cortejo dele e iria se tivesse no Rio  de Janeiro (ou a Bahia, não sei onde será enterrado), acompanharia de longe, a espreita, não apareceria próximo ao caixão, somos amantes, não poderia me dar a esse luxo... E de longe, quando a última pá de terra fosse colocada sobre o corpo diria "Adeus, Querido.. Obrigado por tudo"... E teria a certeza de que de alguma forma ele estaria sorrindo, como sempre esteve, pra mim.

16.7.14

Tudo Pela Audiência



Passando rapidamente para comentar a estreia hoje do programa "Tudo Pela Audiência" que será exibido de segunda a sábado pela multishow as 22:30 e é apresentado por Tatá Werneck e Fábio Porchat. De antemão devo dizer que adoro o humor dela o que ajuda muito. Fiquei preocupado quando foi pra globo pq a emissora caga com todos os humoristas e embora a personagem dela tenha tido uma boa repercussão na novela mantinha o formato básico do personagem de humor da globo.... Exagerado, cansativo, caricatural por demais. Porchat é bom, embora não goste dele atuando... Ele, tal qual Leandro Hassun, tem um negócio de ficar gritando quando estão interpretando que me incomoda muitíssimo.. Gosto de ambos, falando, dando entrevistas, fazendo roteiros (o Fábio da um show na escrita de seus roteiros em Porta dos Fundos), mas não curto muito eles atuando.

A multishow me parecia a salvação da lavoura, um bom aproveitamento da Tatá e uma boa chance de aproveitamento das potencialidades  do Porchat. Quando vi que a ideia era de um programa de auditório fiquei meio assustado, mas resolvi passar um olho.. E sinceramente?? Amei o resultado.

O programa é uma sátira aos programas popularescos e dos artifícios que lançam mão pela audiência. Com um deboche na medida certa a dupla se entrosou e funcionou maravilhosamente no palco. Zoaram com a plateia, tiveram como convidado o Naldo e fizeram várias piadas com ele sem deixa-lo desconfortável, fazem humor com o convidado e não do convidado, isso é bem legal. O programa tem uma hora de duração, mas poderia ter o dobro naquele mesmo ritmo que manteria fácil o expectador. Certamente vale a atração.

14.7.14

A Origem do Tráfego Nosso de Cada Dia...

Já fiz post dentro da temática.. Me divirto olhando minha origem do tráfego, não entendo por que diabos as pessoas só chegam aqui em função de pornografia, afinal, embora eu escreva muita sacanagem, não acho que ela seja a maioria do meu conteúdo.

O fato é que em geral a coisa toda me faz rir e gera algum estranhamento, pq parte das expressões eu nunca nem escrevi de longe e fico me perguntando que diabos de ordenação o google faz pegando palavras soltas de posts diversos que traz essa gente aqui, as tirando do que de fato buscavam quando entraram no google.

Na origem do tráfego desta semana quatro expressões me chamara bem atenção, vejam vcs:



É como isso de blog de travesti nua com micropênis, gente?? Juro que não sou eu.. Amo essa gente tudo, acolho.. Micropenis, travesti.. Tudo, até quando vem junto assim, mas pq caiu aqui eu não sei.. Fiquei até a fim de encontrar o blog da travesti com micropênis, mas essa mina não sou eu. A bunda da Ana Maria Braga com o pau do Catra deve ter sido algum post que eu fiz sobre porno bizarro..As pessoas são doentias, minha gente!!! E esse papo de comer a própria bunda??? Cirque de soleil.. Que atire a primeira pedra quem na puberdade não tentou se chupar, muita gente leva pra vida adulta, agora comer a própria bunda só o homem borracha, gente booooa!!! Vc que veio aqui buscando técnicas de comer a própria bunda, meu.. Desite dessa ideia e procura uma igreja pq isso é coisa do capiroto querendo deixar vc igual um cachorro louco atrás do próprio rabo.. Sai desse propósito irmãããão!!!!

Quando olhei a Origem de tráfego do dia achei umas coisas que tem mais minha energia...


Nesses três últimos ai nego encontra pelo menos minha soliedariaedade, mas a bem da verdade é que volta e meia fico me perguntando pq atraio toda essa gente louca, até que topei com um meme falando sobre uma empresa de otimização de páginas australiana que resolveu publicar  uma lista com pesquisas no mínimo... Digamos... Inusitadas, feitas no google.. Confiram o resultado ai:


1. Pergunta: “Como fazer meu gato me amar”
Média de buscas por mês: 390

2. Pergunta: “A Lady Gaga é homem?”
Média de buscas por mês: 18.100

3. Pergunta: “Como ganhar na loteria?”
Média de buscas por mês: 40.500

4. Pergunta: “Como chamar um homem para sair?”
Média de buscas por mês: 14.800

5. Pergunta: “Como curar um coração partido?”
Média de buscas por mês: 9.900

6.Pergunta:  “Como ter um caso”?
Média de buscas por mês: 5.400

7. Pergunta: “Por que me casei?”
Média de buscas por mês: 40.500

8. Pergunta: “Papai Noel existe?”
Média de buscas por mês: 60.500

9. Pergunta: “Por que homem tem mamilos?”
Média de buscas por mês: 18 mil

10. Pergunta: “Como esconder um corpo?”
Média de buscas por mês: 1.000

11. Pergunta: “Como se livrar de um assassinato?”
Média de buscas por mês: 1.900

12, Pergunta: "Como procurar alguma coisa no Google?"
Média de Buscas por mês 4400

Me trouxe um consolo, sabe?? Pq quando eu penso que o lugar em que meu barco tá a deriva é onde 1000 pessoas perguntam como esconder um corpo ou ainda 60.500 pessoas querem saber se Papai Noel existe, entendo muito da amostragem que chega aqui via google... A bem da verdade é que querer ver o pau do Catra é fichinha diante desta estranha realidade.

12.7.14

Um giro na imprensa marrom!!!

Daí vc vê uma notícia "B", que te leva pra uma "C" e quando vai parar pra ver tah chafurdado na Z... O bisonho mundo da imprensa marrom te devora tal qual um vortax!

A primeira foi a notícia de Patrick Schwarzenegger, filho do ator Arnold Schwarzenegger que foi clicado na praia por algum paparazzo na vida.. Já havia um tempo que eu tinha visto fotos do garoto e achado ele gatinho, só que agora ele tem ficado menos franguinho e o mundo tem dado mais atenção ao filho do ex governador que de fato tá uma delícia.

Posso chamar o Arnold de sogro?

Agora, sacanagem mesmo fizeram ao tão profissional Jessie Colter.. O ator pornô gay (super-dedicado, pq andei dando uma olhada no trabalho dele) foi expulso de um parque aquático pq sua sunga estava inadequada para o espaço familiar. Infelizmente não achei imagens da sunga que ele usava na ocasião (faltou Geyse Arruda ensinar a ele a fazer limonada do limão), mas se for comparar com o que ele costuma usar vida a fora, a gente tem que dar a mão a palmatória e entender a gerência do club.

É.. Tá bonita, tá sensual, tá sex sem ser vulgar, mas família não tá mesmo não!

Falando em gays o BBB USA tá dando o que falar com um "casal - não casal gay"... Mais ou menos o que eles estão chamando de Bromance (Brother c/ romance - Achei cafona, beijos!). Frankie é gay assumido enquanto Zach é hetero. Os dois se divertem juntos, se enchem de beijos no canto da boca, malham juntos, dançam, nadam e vivem agarrados. Em uma declaração no confessionário, Zach admitiu: "Eu não sou gay. Mas realmente sinto que ele é o meu namorado". E ai eu poderia entrar aqui numa discussão acerca do fato dele ser ou não gay diante dessa conduta/discurso, do que faz alguém gay e etc etc etc.. Mããããs.. É Big Brother, né minha gente?? É Big Brother.. Dos 16 da casa ganha um, mas se da bem quem consegue fazer a polêmica certa para ficar no imaginário popular e ser badalado do lado de fora e na sua gilhonésima edição é preciso haver criatividade parar aparecer, pagar peitinho e nadar pelado não causa mais nada.. O plano deu certo, todos agora querem os dois na casa pra saber se vai ter beijinho. O casal  agradou os telespectadores, que passaram a compartilhar GIFs dos dois e estão torcendo para que eles finalmente fiquem juntos durante o reality show. Inclusive a irmã de Frankie também já se manifestou e disse estar torcendo pelo casal. Segundo ela, Zach é de fato um gato. A Sônia Abrão de lá deve tá que nem dorme!

"O conceito de estratégia, em grego strateegia, em latim strategi, em francês stratégie... Os senhores estão anotando?"

8.7.14

Pastor Caio Fábio

Até pouco tempo nunca tinha ouvido falar da figura, aí vi um vídeo dele falando sobre homossexualidade no "The Noite" do Danilo Gentili através do FB e fiz questão de compartilhar. 


A fala era controversa, comecei meio ressabiado quando ele ao responder a Danilo Gentili como Jesus veria o movimento gay disse que Cristo nada faria, como não fez na sua primeira vinda a terra, como não fez com prostitutas e canalhas.. Me remeteu muito ao Silas Malfaia que diz amar os gays como os bandidos ou Magno Malta que sempre ao falar de homossexuais tem que falar sobre pedofilia... Porém no decorrer do vídeo ele seguiu numa fala apoteótica dizendo que a sexualidade não é pauta de cristo, mas da fragilidade da igreja e de que não tem jeito dos evangélicos melhorarem enquanto eles piorarem o mundo pra todos, tornando-se sempre os piores do mundo que eles pioram para os outros. 

Me ganhou, me ganhou, me ganhou.. Daí fui pesquisar e vi que o cara além de pastor era psicanalista, muito bom, muito bom.. Deveria ter parado ai.. Fui vendo sérias acusações envolvendo escândalos em paraísos fiscais, envolvimentos escusos com tucanos, uma secretária com quem tinha o caso entregando o ouro.. A coisa começou a ficar pra lá de esquista. Tudo bem.. Poderia entender que apesar de ser de caráter duvidoso a ideologia que ele pregava a cerca da relação humana poderia ter valor (veja bem, a que pregava, não a que vivia).. Mas daí achei um vídeo dele falando exclusivamente sobre homossexualidade e a bosta desandou.


Ok.. Eu poderia até entender (se desavisado fosse), que mesmo diante de tanta bobagem há uma leve evolução quanto ao resto, uma coisa meio friendly gay, mas não sou imbecil e consigo ver o óbvio e o óbvio é  que ele dizer que a sexualidade humana não é assunto da pauta de cristo e na sequencia dizer que no Caminho da Graça não há espaço pra bichinha é de uma contradição monumental. Que papo é esse de "se chegar desmunhecando toma logo uns cassetes na cara" junto a um discurso de acolhimento cara pálida??? Pq aí eu vou entender que ao fato de vc dar sua bunda não tá na pauta de cristo, mas como gesticula a mão está??? Aí sou eu achar que cristo é ainda menor do que o povo o pinta, sou eu achar que o povo do scruff tá certo, transferir o pecado da homossexualidade para  os trejeitos e continuar pintando um Cristo medíocre, preocupado com causas vãs.  Pastor Caio Fábio não condena os GOYs, mas condena os gays..  Fala erroneamente dos termos homossexualidade e homossexualismo gerando ainda mais confusão na cabeça do interlocutor.

Isso não existe... Homossexualismo é um termo que caiu no momento que a Organização de Saúde entendeu que homossexualidade não era doença, daí a mudança prefixal, todo discurso em torno da de uma proposta ideológica vinculadas a essa expressão tem a ver com a mente inventiva de Caio Fábio que precisa de expressões mais adequadas para condenar o que ele quer condenar. Ele nos condena, nosso estilo de vida, nossas escolhas... Não se enganem, ele não fecha com o bonde e como entende bem de pautas e fragilidades sabe das nossas, com esse discurso ele nos divide, nos separa, bate palma pro armário e acolhe parte de nós, acirrando ainda mais nossos conflitos internos e premiando quem coloca a heterossexualidade no pedestal.   

Depois disso tudo vi em Caio Fábio um opositor perigoso e astuto, lobo em pele de cordeiro, lembrei de um padre que me dizia que era melhor um banco de três pernas do que um com quatro e uma quebrada, pq no de três, sabendo da falta de uma vc tenta se equilibra, no de quatro vc confia e cai. O pastor é um perigoso banco com a perna quebrada, não acredito num "a" do que fala e pra ser sincero caso ele esteja certo acho que temos um acordo aqui... Nem ele quer abençoar minha relação e nem eu quero a benção de um Deus voluntarioso e caprichoso que condena  condena a danação eterna o sujeito pelo jeito que mexe os quadris.

7.7.14

Scott Brandlee, fica a dica!!!

Scot Brandlee é um pianista e compositor americano que dentre outras coisas tem um canal no Youtube onde convida parceiros e faz interpretações de músicas pop atuais numa pegada vintage, por vezes da década de 20, outras 40, ou 60.. E por ai vai.. Eu ouvi, me apaixonei, me viciei e aé baixei algumas coisas que andam sendo presentes na minha play list! Pra quem quiser ter um gostinho deixo aqui em baixo Burn da Ellie Goulding uma da sminhas favoritas.. Quer conferir outras?? Clique aqui

6.7.14

Nota de Repúdio

 Sei que ninguém aguenta mais a falação em torno do fato de Neymar sair da copa e vou ser bem breve aqui nesse assunto, mas precisava me manifestar no sentido de fazer uma espécie de nota de repúdio ao comportamento das pessoas no instagram do cara que golpeou ele, em especial na foto da filhinha dele que tem 04 anos. É assustador onde a ignorância pode levar as pessoas.. Ai nego taxa de doido quando um fundamentalista religioso islâmico explode uma embaixada.. Veja bem, estamos falando de uma ideologia, convicção religiosa, de valores... Assustador é o sujeito por causa de uma porra de uma partida de futebol roga praga pra que uma criança de quatro anos seja estuprada!!!



Eu estou realmente espantado, me lembrei da discussão que travei aqui no blog sob o lance da psicologia das massas quando falava do comportamento das pessoas no scruff.  Em meio a multidão, dentro de um pseudo-anonimato as pessoas mostram uma face absolutamente assustadora e quero muito acreditar que somos bem melhores do que isso. 

3.7.14

Crítico de cu é rola!



Eu já falei que eu odeio críticos de cinema???Em especial os que fazem por hobbie, pq o cara que trabalhou com cinema por 30 anos e escreve pra Folha de São Paulo, DEPENDENDO DA ESCRITA, eu até respeito, só não considero tanto pq  acho a experiencia com a arte algo muito particular e tenho a sensação que esse cara vai estar atento a coisas que eu que sou apenas expectador nem percebo. Se ele for um bom crítico, acho que consegue encontrar nessas partes onde só vejo o todo, os elementos que levaram uma obra a ser aceita ou negada pelo público ou por determinados setores. Quando me refiro ao bom critico estou falando mais precisamente do empático, daquele que escreve para as pessoas e consegue compreender suas expectativas com relação a obra, do que escreve para o outro e não para si, sobre si, pq esse naturalmente não está falando de nada que seja pertinente pra mim, é dele e pra ele.

E ai qual é meu medo? Ser confundido com esse babaca.. Alguém que tem um blog, uma página no facebook ou qq espaço que essa faca de dois gumes que é a democracia da internet oferece e se sente um Papa analisando as obras. "Mas qual sua diferença pra ele gato"? O Amadorismo, o total amadorismo, o pleno desejo de permanecer amador. Entendo perfeitamente Clarice Linspector quando, já reconhecida como uma grande escritora, se declarou amadora.. O expectador é amador e deve permanecer sendo, não me interessa o segredo por trás da máquina eu escrevo sobre o que sinto diante do produto final e isso é absolutamente idiossincrático. "Mas gato temos uma contradição aqui, vc não criticava o cara que escreve sobre seus sentimentos diante da obra e agora fala  da idiossincrasia?? Não escreve sobre o que sente?".. No no no bambino, temos uma grande diferença aqui... O amador quando externa seus entimento diante da obra busca cúmplices, o crítico busca seguidores... Pq quando eu falo o quanto fui tocado por um determinado roteiro não estou buscando a mesma coisa de quem diz que o filme não se insere como uma grande obra.. Quem faz essa avaliação tá vendendo  pro outro o quanto ele pode perceber grande obras e o quanto deve ser aplaudido por isso. 

Fora as pessoas que vivem da obra, quem diabos se preocupa se ela se insere com uma grande obra? Parece coisa de uma mente megalomaníaca, nego gosta do filme, mas coloca como ponto negativo o fato de avaliar que não "se insere como uma grande obra"..  Hitler deveria se preocupar com isso quando assistia alguma coisa.. Ele, Mussolini e mais uma meia dúzia de doidos.

Um hábito muito comum entre nossos críticos cult goiabinha é comentar o filme no FB enquanto estão vendo.. "Com 26 minutos de filmes já estou achando W, Y, Z..."... Sinceramente, alguém que enxerga o mundo como eu nunca na vida vai poder confiar na opinião de alguém que vê arte comentando em tempo real, pq sou passional e não dou credito a alguém que faz essa análise tão de fora, tão por cima, tão do alto, que não precisa nem terminar de ver antes de ter opinião formada.. Aliás não precisa mesmo pq já chega na obra completamente contaminado por todas as opiniões que buscou exaustivamente antes do contato.. Além de ler a opinião dos seus pares, já leu nota do diretor, do roteirista, dos atores e do caralho a quatro, por muitas vezes da opiniões veementes antes de ver qq minuto da obra. O erro!

Por tanto que fique claro.. Não sou, nunca tentei ser e nem pretendo jamais ser um critico do cinema.. Falo apenas do que vejo, do que sinto e da minha verdade diante da obra, qq coisa fora disso é equivoco de quem leu ou de quem escreveu (no caso eu).. E - QUI - VO -CO, minha verdade esta no amadorismo com que vivo a arte e a vida todo o resto é erro.  

30.6.14

Prazeres

Falando em ser Dono de Casa preciso comentar sobre o Ana Maria Brogui, muita gente aqui deve conhecer, pra quem não conhece fica a dica. Trata-se de uma página no you tube que funciona como um programa de culinária, tendo dias específicos para publicação das suas receitas absurdas.. Pq sim, as receitas são absurdas, além de todas as coisas que a gente usualmente tem vontade de saber cozinhar o Apresentador tmb vem com clássicos dos fast foods e da industria.. Receitas como o Big Mac (com molho especial e o escambal), Beirute do Habib's, bombom ferrero rocher, kinder ovo, dunet, yakut, cebola do outback, cebola do burguer king, sminorffice, iogurte grego e outros. O apresentador é super fofo e as receitas inacreditáveis. Recomendo!!!!



Passando da gula pra luxuria, nesse fim de semana finalmente vi o polêmico Ninfomaníaca volumes 1 e 2 (em seguida, totalizando quatro horas de filme) do também polêmico Lars Von Trier. Era tanto estardalhaço em torno do filme que realmente precisava ver. As principais criticas se davam em torno do sexo explícito e diversas cenas de nu frontal masculino/feminino com direito a zoom e o diabo. A verdade é que se formos pensar no cinema comercial de fato nunca se foi tão longe em cenas de sexo, há quem diga que parte das cenas era deveras desnecessária e que o autor não tem mais a mínima preocupação com a coerência ou bom senso, desejando apenas chocar o público. Quando li as críticas confesso que achei que se tratava de uma série de cenas desconexas, sem um fio lógico, com a única intenção de mostrar sexo por sexo ... Me enganei diametralmente.



O filme é fantástico, o personagem principal e seu principal interlocutor são ricos, com diálogos ousados sobre sexualidade, se permitindo abordar temas cascudíssimos como pedofilia, sobre um outro ponto de vista. A ninfomania é abordada de forma bem ampla, indo da discussão social acerca do direito da mulher exercer sua sexualidade até o aspecto compulsivo, as atrizes que interpretam a personagem principal são maravilhosas e conseguem mostrar no olhar seu desenquadramento com o mundo mesmo durante as cenas de sexo.

Daí criticaram as cenas de sadomasoquismo, ou o monte de nu frontal masculino (tem de dois negões nigerianos que quase fez minha pressão cair) e  outros momentos que foram compreendidos como demasiadamente fortes para criar desconforto no público.. Sinceramente as cenas não me causaram mais do que ereção, definitivamente não é um filme pra vc ver com a sua avó, mas se vc cresceu sua adolescência batendo punheta no X-tube, não está diante de nenhuma novidade. 

Brincadeiras a parte acho as cenas de sexo importante para que se compreendam o lugar dele na vida daquela personagem, a degradação em que chegou. A tática me lembra um pouco Chritiane F,um filme pesado com cenas fortes de uso de droga e imagens extremamente escuras, que faz parecer que o diretor fez tudo numa câmera caseira na Berlim na década de 50. Tal qual o diretor de Cristiani F, Lars optou por imagens de uma realidade desconfortante, mas de maneira nenhuma descontextualizada.  

Mais brilhante que todo o filme é o final, termina de uma forma que em geral eu não gosto, mas que em ninfomaníaca, caiu como uma luva.

Então a dica do gato pra quando vc tiver de bob?? Prepara um (ou mais de um ) do "melhor sanduiche do mundo" do Ana Maria Brogui e vai assistir Ninfomaníaca... Uma mistura que é a minha cara.. A Dona de Casa que conhece o x tube e adora cinema Europeu! 

27.6.14

Do lar

Foi lá pro final de 2010 que adotei o sobrenome "Van de Kamp" para o o meu pseudônimo fazendo uma referencia a Bree da série Desperate Housewifes. Na ocasião não quis perder a referência do Gato de Cheshire que tem tudo a ver com a ideia inicial do blog, com o nome dele e com minha proposta de vida meso, mas também queria referenciar essa nova parte que nascia em mim... Essa coisa de cuidar da casa, fazer comida, investir no universo doméstico era uma novidade que prometia chegar pra ficar.

Quatro anos depois constato que: Chegou, ficou e sambou na cara de todos os meus outros selfs. Virei dono de casa mesmo, hj almocei com as senhoras do artesanato de um dos projetos sociais que trabalho, ficamos horas falando sobre cuidados de casa e sobre a importância da gente dar uma relaxada pra descansar pq tmb merecemos. Trocamos receitas e o diabo!

Uma inspiração pra mim? Bela Gil, linda e charmosa com aquela beleza tropicalia cheia de cores numa cozinha com fogareiro. Na mudança para nova casa a cozinha foi super privilegiada, entupi de armários...   Virei um grande amante de panelas.. Adoro panelas, passo a vida a comprar panela.. Minhas últimas aquisições pra minha casa?? Uma batedeira, um processador, uma sanduicheira, forminhas de empada, forma de bolo, forma de tortinha, forma de bombucado, pincel de cozinha.. E por ai vai. Não estou mais tão psicótico com arrumação como quando essa onda começou, mas confesso que o ambiente doméstico virou definitivamente meu castelo e eu um general de avental diante de uma mesa cheia devidamente servida ao 12:00.

Agora deixa eu ir, preciso processar o alho!


26.6.14

Maluca?



No dia internacional da mulher deste ano listei no FB  uma série de itens felicitando as minhas amigas que não se encaixam neles, considerando que o contrário disso prestava verdadeiros desserviços para suas semelhantes. Dentre os requisitos listados estava: Não compra pra si o papel da maluca quando só cobra coerência. Pq, sim... É uma febre!!!

Certa vez um amigo me dizia  a figura mais execrada pelo homem deixou de ser a piranha para virar a "doida", sinal de que o machismo está se sofisticando. Outrora ele só tinha como alvo mulheres que  exerciam sem maiores problemas sua sexualidade, agora é para qq uma que faça solicitações que em sua avaliação são descabidas. Se olhar direitinho vai ver que há muito mais opções de minar a subjetividade feminina aqui.

Do dia pra noite parece que todas as mulheres do universo, ou a grande maioria, viraram namoradas sinistras, carentes, megalomaníacas e cobrando absurdos desses homens que precisam ser conquistados. Há um sem número de preocupações que a mulher deve ter pra não assustar um pretendente, em geral ligados a deixar claro seu desejo de ter compromisso... Tem que querer, sem parecer muito! Jamais ser carinhosa em demasia, fazer planos um pouco mais a frente, demostrar fragilidades. Me pergunto como se constroi uma relação real de companheirismo e cumplicidade onde não se pode demostrar fragilidades.  

Tudo bem, eu posso assumir que de fato a mulher é criada pra neurose. A elas é delegada a vida inteira o papel de cuidadoras. Na sala de aula não é incomum professoras colocar em meninas próximos de meninos pq eles são mais agitados e elas ajudam a diluir, já as colocando, em alguma proporção, no papel de cuidadoras. No livro "Crianças Francesas Não Fazem Manha" a autora mostra como que na cultura americana, depois de ter filhos, de alguma forma, a sociedade cobra que a mulher esteja descabelada, gorda e rota para que fique claro que deixam de cuidar de si para cuidar de sua prole.Historicamente as fêmeas sempre precisaramm lançar mão de subterfúgios para ter direitos, precisavam comer pela beirada, ir pela tangente, daí essa atmosfera ardilosa, como se fosse uma sucuri, se enrolando pra dar um bote no frágil coelhinho... Uma sucuri doida e desgovernada. Poderia levar horas apontando por A + B que a maneira da mulher se relacionar se faz diferente da do homem, mas que ele também tem complexas especificidades e  afinar esses caminhos é papel de ambos.

Ando acompanhando de perto uma história onde o gajo faz mil declarações para namorada, escreve mensagens públicas apaixonados, publica diariamente foto dos dois, tem tido uma série de comportamento pra lá de namorada sinistra e fica chamando a menina de doida no privado com os mais próximos. Demasiadamente ciumenta, chegada a desagradáveis manifestações públicas de afeto, insegura, são algumas das críticas proferidas pelo boy, mas minha dúvida é: Como posso cobrar qq coisa contrária disso quando sou quem mais nutre toda essa onda?

Outra figura muito comum é aquele cara que vive dizendo que só namora com maluca - acho uma graça dessa gente que tem um problema recorrente na vida e NUNCA olha pro próprio umbigo - Qual é o momento que eu me pergunto até que ponto não sou eu que estou melindroso demais ou que ainda provoco isso nas mulheres com quem me relaciono? Não é possível que em nenhum momento essa criatura não estranhe esse papel que deu pra si de são em meio as loucas. Minimamente deveria pensar sobre suas escolhas e rever afinal de contas quem é o inseguro dessa história.

Alienar alguém para descredenciar seus dramas, suas solicitações e não questionar acerca do funcionamento das coisas é uma estratégia histórica que está ai desde que mundo é mundo e que agora tomou um tom lúdico entre aqueles que brincando, brincando não abrem mão de uma série de privilégios. A piada reforça uma cultura que engrossa um caldo perigoso, através dele também boia uma postura inapetente da segurança pública diante da violência doméstica por exemplo, ou ainda da violência sexual contra mulheres. Lembrei de certa vez que denunciei um louco que parou com o carro na porta da minha casa e espancou a mulher enlouquecidamente, quando a policia chegou eles já tinham ido, ao explicar o que aconteceu me pediram para descrever o casal e com a descrição veio uma reação de "aahh.. a maluca de novo". Ela que já deve ter sido protagonista de diversos episódios anteriores e não conseguiu seguir a diante com suas denúncias era motivo de piada entre os policiais que já banalizaram a violência sofrida pela vítima, um caminho triste e infelizmente rotineiro. 

Quando se vive em sociedade é preciso se pensar que nosso comportamento na esfera privada sempre está construindo ou destruindo algo maior no público e em se tratando deste assunto a posição de avaliador da sanidade alheia tem sido uma posição comoda e covarde que nossos machos tem comprado pra si e infelizmente nossas fêmeas tem assinado em baixo.