30.4.09

Sobre “eu te amo” e “eu te adoro”


Até segunda ordem, sabemos que a intenção da palavra é proporcionar a comunicação. Eu tenho um vocábulo que se refere a algo, lanço mão dele para que o outro saiba do que estou falando. Porém algumas palavras, parecem mais secretar conceitos do que de fato esclarecê-los.

Um bom exemplo é a palavra amor, tenho a nítida sensação que em boa parte das vezes quando alguém diz “eu te amo”, está dando uma informação e quem ouve está entendendo outra. Alguns compreendem como um contrato, outros como um troféu, alguns outros como uma etapa e por ai vai. Se trata de uma questão de idiossincrasia, que nesse caso onde há tanto investimento, acaba sendo de fato muito controverso.

E o mais engraçado é você observar que a grande maioria das pessoas utilizam um “eu te adoro” como uma forma de dizer que tem apresso por alguém, mas ainda não chegou no patamar de amor... Porém se pensássemos bem acerca de tudo que falamos iríamos rever esse conceito. A primeira definição que o dicionário Aurélio da para amor é: “Sentimento que pré dispõe alguém a desejar bem de outrem”, tb fala em “amizade”, “afeição”, “simpatia”, entre outros. Adorar tem a ver com idolatria, o dicionário trás definições como “render culto a (divindade)”, “amar extremosamente”. A bíblia diz que devemos amar uns aos outros e amar a Deus sobre todas as coisas, mas adorar, somente a Deus. Olhando dessa maneira percebo que amo muitas coisas e pessoas, e digo isso não só fazendo uma análise semântica da palavra, mas da maneira que de fato sinto. Tenho carinho, quero bem, gosto de ter perto de mim um sem número de coisas, pessoas e situações. Posso dizer que amo minha vida e suas miudezas, isso inclui minha família, meus cachorros, meus vizinhos, meus amigos, meus professores, a senhorinha da venda do lado de casa que me vende picolé desde que sou criança. É claro que cada pessoa está alocada de uma forma diferente, mas não sei dar outro nome que não seja amor, para o sentimento que tenho, por exemplo, pela moça que trabalha aqui em casa que é tão generosa nos acompanha a tantos anos. Também não acho que isso desmereça ou reduza o meu amor, nem banaliza o que sinto, o que valida meu sentimento é a maneira que demonstro ele e não a quantidade de objetos para quem ele é direcionado.

A minha avó paterna costumava dizer que na vida mais importante do que ser amado pelo que se é, é ser amado apesar do que se é. E muita das pessoas que amo, sinto independente do que são. Algumas de fato não tenho uma puta admiração, não acho que dizem coisas incríveis ou fazem grandes feitos, mas ainda sim gosto delas. Outras eu amo e adoro... São as pessoas que gosto pelo que são... Digo seguramente que nem todo mundo que amo adoro, mas com certeza todo mundo que adoro eu amo.

Análises espistemológicas a parte o importante é procuramos ser honestos e nos fazermos entender em nossas falas. Se em algum momento sentimos que o que entendemos por amor é diferente do que quem está te ouvindo pode vir a entender, procuremos logo que possível, deixar bem claro o que de fato estamos falando, é o correto e evita dores de cabeça futuras.

29.4.09

Uma Historinha sem moral...



23/01/2005

18:00

- Eu não merecia isso, doutor… Eu sei que não merecia. Deus sabe o trabalho que eu tive pra criar esse menino sozinha. O desgraçado é alérgico a leite, só podia tomar leite de soja. O senhor sabe quanto custa uma caixa de leite de soja??? Não queira nem saber. Eu fiquei viúva cedo, ele só tinha dois anos, nunca arranjei outro homem, me dediquei exclusivamente a ele. Costurei pra fora, puxando saco de madame… Sofri toda sorte de humilhação. E o desgraçado agora vem me falar com a cara mais limpa do mundo que é viado, doutor??? Que mãe merece isso??? Eu, uma mulher decente, direita, criei meu filho dentro da igreja, e o puto vem me dizer que sente prazer com um treco enfiado dentro dele!!! Isso tem explicação, doutor??? Alguém pode sentir prazer com um negocio desses???

- Pode?

- Hum???

Fim da sessão

02/08/2005

18:00

— Bailarino... Aí já é demais pra mim, você precisa ver a turminha com quem ele tem andado. Esse povo de arte é tudo pervertido, são uns doentes. Ele falou que tá querendo tirar uma grana na noite. Disse que tem talento, hunf... Sei,sei... Talento... Esses dias ouvi ele falando com um desses amigos no telefone, falava algo sobre um vestido. Aí eu não vou suportar doutor, não me leva a mal, mas eu não vou suportar, chega a me dar uma dor na vesícula. Ontem eu estava arrumando o quarto dele, e acabei vendo umas revistas. Eu não sabia que as pessoas tinham chegado a esse ponto Dr., essa juventude está perdida, meu rosto chegou a esquentar. Eu preciso fazer alguma coisa pelo meu filho. Tinha uma foto com mais de três homens ao mesmo tempo Dr., É o fim do mundo.

- É?

- Ahn?

Fim da sessão

08/03/2006

18:00

- Rosalia Brígida. Adotou o nome em homenagem a avó. Até que eu achei bonito, não sei se minha mãe gostaria de ganhar essa espécie de homenagem, mas não deixa de ser bonito, né? Lembrou da avó... Gostar eu não gostei, mas também não posso reclamar muito, eu não sei bem como ele ta ganhando dinheiro, mas sei que ta ganhando bem, eu nem trabalhando to mais... Faz show na noite, né... Já até me convidou, mas preferi não ir. A gente ta pensando em ir pra um apartamento maior, um lugar melhor. Muita fofoca na minha vizinhança, tadinho... Ele sofre. Certo eu sei que ele não ta, mas eu tento apoiar, da pra entender?

- Dá?

- Que?

Fim da Sessão

10/10/2006

18:00

- É Belga. Bonito o rapaz, vistoso. Muito distinto, de uma boa família. No final do ano eles vão mandar as passagens pra eu passar o natal lá, acho que vai ser bom o passeio. Minha mesada aumentou, to até pensando em fazer uma plástica, ela disse que me ajuda. O rapaz tem posses mesmo. Ela me mandou uns brincos de aniversário, coisa fina. O único problema é que tenho me sentindo um pouco só, a Rosalia mandou até uns telefones de um pessoal que ela trabalhava aqui. Mas eu não me sinto muito confortável.

- Não?

- Oi?

Fim da Sessão

02/02/2007

18:00

- O natal foi ótimo. Ele realmente é um rapaz excelente, respeitador. O genro que qualquer mãe gostaria de ter. Fiz grandes passeios, eles me chamaram pra morar lá, ando muito empolgada com a idéia. Eles vivem num apartamento muito confortável e eu me adaptei muito bem a Europa. Eu também conheci o cirurgião da Rosalia, ele é peruano, um homem interessante, mais velho. Nós flertamos, ganhei até um silicone. Fico com medo, sabe? Eu não quero parecer interesseira, o senhor sabe que não é bem por ai, né?

- Sei?

- Como?

Fim da Sessão

13/08/2007

18:00

- Resolvi ir. A Rosalia ta muito sozinha depois do divorcio, vou cuidar da minha filha, coitadinha. Ela merece a atenção da mãe. Está sofrendo muito preconceito por que resolveu partir pro ramo dos filmes eróticos. As pessoas são muito estúpidas, não é verdade Dr? To me relacionando com o Juan também, ele é um homem ótimo, tem uns hábitos extravagantes, mas é um bom homem... A verdade é que ele gosta de mijar em cima de mim, mas eu não me importo a gente tem que ser aberta as novidades, né Dr??? De mais a mais ele vai me ajudar a cuidar da Rosalia, ele cuida das plásticas e eu produzo ela, maquio, depilo. To até fazendo um curso, isso tudo é investimento. Eu não sei o que eu vou fazer, eu só sei que pra Duque de Caxias eu não volto, e tenho dito. Acho que podemos terminar a Terapia, né Dr?

- Podemos?

- Sim, podemos.

Fim da Terapia

Super promoção


Eu quero uma dessas e tb quero uma "Counet King", será que encontro???

27.4.09

O meio gay e Wonderland

Uma vez conversando com um amigo, ele disse ter criado uma teoria em que a idade mental de um gay, é calculada da seguinte forma... Calcula-se um ano e meio em vez de um ano normal, comparado com um hetero. Ou seja... Um menino de 14 anos, gay, teria a idade mental de um hetero de 21.

Eu diria que há controvérsias e muitas... O que não da pra negar é que, normalmente, o homossexual passa por alguns conflitos no seu desenvolvimento que um hetero não costuma passar, e isso, pode sim, colaborar para maturidade. Porém acredito que exista um estagio que nem todos ultrapassam o que diminui significativamente algumas idades mentais segundo esse cálculo do meu amigo...

A fórmula é simples, uma vez se compreendendo gay, surge uma serie de dúvidas envolvendo expectativas, sonhos, investimento, Deus, o diabo e etc... Tudo começa a conflitar... Os desejos, aparentemente proibidos, querem ser realizados, sejam esses desejos afetivos ou simplesmente sexuais... Numa certa idade vc começa a ver seus primos, amigos, colegas, vizinhos, se interessando um pelos outros, namorando... E vc tb quer namorar, oras... Tb quer viver isso... E é num gesto de ousadia que vc descobre os guetos... Seja na boate, no Chat, no banheirão ou mesmo através de uma pessoa q vc conheceu num ambiente qq (escola, vizinho, club e etc) e acabou te apresentando pessoas e lugares. É como se seguisse o coelho branco e chegasse em wonderland, alguns, nesse momento, se afastam de antigos amigos e até da família... Descoberto esse espaço ele vem radioso em luz, as pessoas são descoladas, modernas, engraçadas, permissivas... É tudo tão brilhante, as possibilidades se abrem como um conto de fadas...

E ai está o pulo do gato... Nesse brilho ofuscante, alguns percebem que há algo estranho... É tudo tanto e tão ouver e qdo da errado é tudo tão errado... Uma hora parece o céu e outra o inferno... A gente sobe e desce num piscar de olhos... Alguns em um dado momento, percebendo algo errado, conseguem colocar um óculos escuro e observar o que de fato há por traz da luz... Outros ficaram eternamente cegos pelo brilho... Essa é a grande diferença que muda significativamente esses números ligados a idade mental no meio GLS... Pode ser que comecemos maduros, é necessário ser gente grande pra seguir o coelho branco... Porém numa determinada hora a grande maioria trava e não cresce nunca mais... Ai em baixo um trecho de Alice... Bem ilustrativo.


CCNE

Já ouviu falar na CCNE??? Não??? Eles se dizem a primeira igreja evangélica inclusiva. Uma Comunidade Cristã, independentemente de orientação sexual, etnia, gênero, classe social, idade. Prega a união estável, seja homo ou heterossexual. Com quatro anos de existência a igreja já tem 11 igrejas, Brasil a fora.

Pra quem quiser conhecer mais:

http://www.ccne.org.br/

A comunidade da Sede deles no orkut:
http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=1311143

26.4.09

Sobre o nosso visitante Mahmoud Ahmadinejad...

Ainda não me conformo com o fato desse homem vir ao Brasil e eu não encontrar nenhum cheiro de mobilização em lugar algum... Aliás, mal leio noticias...
Mesmo compreendendo que se trata de algo cultural, e que seria muito simplista localizar em sua figura toda culpa do processo, não posso deixar de me solidarizar por aqueles que em algum lugar estão sendo enforcados pelo simples fato de ser homossexuais. Se ele é o representante do país que apedreja mulheres e enforca gays, é por tudo que ele representa que deveríamos nos mobilizar . Não posso ficar omisso diante disso por diplomacia, argumentando que se trata de uma questão cultural, mesmo por que, aqueles que estão sendo apedrejados, enforcados, chicoteados e etc, fazem parte dessa cultura e nem por isso concordam com ela. Sinceramente sou contra toda e quaisquer espécie de punição que tenha como alternativa a morte. Não existe extremo que de a alguém o direito de decidir pela vida de outrem. Acho tão absurdo isso quanto os presos de Guantanamo, por exemplo... Mas devo confessar que nesse caso, por uma questão de empatia, fico ainda mais tocado.
Algumas imagens....


Apedrejada

Chicoteados

Enforcados



Enqto isso, na parada gay...



80 anos... Que onda...

Dia 25/04/09 fez 80 anos que Dona Ruth (a senhora, minha avó) tem caminhado pela terra... Segundo ela não se imaginava por aqui em 2009, mas está, e muito lúcida... No final do dia, sentado no sofá da sala, estávamos eu e ela, batendo um papo sobre esses 80 anos... E tem historia... Ela começou contando de sua avó (imagina isso, hein)... Dizia ser uma mulher linda, branca de cabelos muito longos... Cearense... Família bem abastarda, muito dinheiro, em suas terras haviam dois lagos que nunca secavam... Ficou noiva de um excelente partido, que a abandonou praticamente na hora do casamento. Irritada disse que se casaria com o primeiro que passasse... Casou com um negro pra desgosto da família... Veio para o sudeste, mas precisamente, Cachoeiro de Itapemirim... Minha bisavó foi criada com muita pobreza... A minha avó, um pouco melhor... Ela lembra com muita clareza de sua juventude... Qdo perguntei sobre a guerra ela imediatamente falou: 8 de maio de 1945... Lembrava a data exata de qdo acabou... Lembrou tb de um primo que foi mandado pro interior do Mato Grosso, pra defender as fronteiras brasileiras e que vivia no meio dos índios... Lembrou das correspondências que trocavam...

Disse que tinha uma filosofia... Rei morto, rei posto... Qdo brigava com um namoradinho de manha a tarde já estava com outro... Que pegava trem qdo ia passear no Rio de Janeiro, se chamava, rapidíssimo, saia daqui as 10:00 e chegava lá as 20:00... Ela adorava o passeio, toda vez que ia ao rio tomava muito chikabon...

Perguntei se lembra de qdo conheceu meu avô e ela disse que não... Ele era amiguinho dos irmãos e desde criança freqüentava a família... A família dele não gostava dela... Diz que o sogro era pernambucano e a sogra do Rio Grande do Norte... Ambos arretados, segundo ela, vieram fugidos, pk ele era orador do grupo de Antônio Silvino...

Nas vésperas de casamento minha avó e meu avô tiveram uma briga de rolar no chão (ele pensa que nós n sabemos, n gosta de comentar)... Casaram ainda sim... No casamento, de parente dele só uma tia... Passado os anos, ela virou a nora favorita... Casada de pouco recebeu a noticia da morte de Getulio, chorou e ainda hj se emociona qdo diz: Nunca haverá outro presidente tal como Getulio... Contou que em períodos da ditadura militar sua mãe escondeu armas e livros, dos irmãos, em baixo de um pé de mamão... Que qdo Prestes esteve em nossa cidade, foi recebido por um deles...

Falou que ficou maravilhada, com os três filhos na sala em 69 qdo viu o homem pisando na lua... Ficou horas falando sobre as levadisses das crianças.. Das dificuldades da vida... Das vitórias... Da alegria de ter formado cada um deles... De ter sido avó, da tristeza dos casamentos n terem dado certo... Lembrou que já era avó qdo o muro de Berlim caiu... E que ainda ontem ficou chocada qdo aqueles aviões se lançaram nas duas torres... Por fim me disse: O tempo passa que a gente nem percebe, parece que foi ontem q isso tudo aconteceu...


E eu que me sinto em crise por causa dos 25 cheguei à conclusão que fazer 80 é um barato...



25.4.09

Universo On Line


Entrar em Chat gay é sempre uma jogada perigosa num jogo de azar. Em meio a nicks duvidosos e scripts repetidos, a bestialidade humana vai sendo bem representada. Antes de qq coisa é um exercício de paciência, mas peneirando vc encontra pessoas legais... As pessoas incríveis e momentos únicos que vivi graças a esse espaço, embora menores, compensaram todas as vezes em que senti estar perdendo meu tempo.

Numa bela madrugada estou eu muito bem, quieto na minha, qdo um carinha puxa um papo... Ok, fomos ao clichê (q até entendo como necessário)... “De onde tc”, “qtos anos”, “o que procura”... Tudo bem... Até que ele me pergunta:” Como vc é???”. Costumo dizer que essa pergunta é um resquício da década de 90 na net... Os mais velhos vão entender o que estou falando... Lembram daquela época que era um milagre qdo alguém tinha uma foto digitalizada??? Que a gente dava pulos qdo encontrava isso e web cam era coisa de gringo??? Algo muito distante q ng sabia exatamente por onde poderia ter acesso... Pois é.... Resquício desse tempo... Embora mais retrograda a net tinha até seu charme, um mistério a mais, uma certa magia... Hj isso deu lugar à funcionalidade e praticidade proporcionada pelas tecnologias... Temos web cam, zilhares de fotos, todo um mundo digital.

Bem.. Respondi pra ele que logo ele saberia como eu era, se afinal fossemos pro MSN... Ele insistiu... Daí eu disse: Quer saber??? Aguarda uns 20 minutos q te respondo.. Fui pro Word e tentei dizer afinal de contas como eu sou e respondi:

"Fisicamente serei sucinto em dizer que sou feio, além disso diria que... Acho que sou um cara bacaninha, sou do bem.... Gosto muito das pessoas, de lidar com o outro, de me comunicar (até por isso, muitos menssegers)... Sou meio impaciente pra UOL, n gosto de semideuses e nem quem força os “leke, véi, brother, brow”.. Gosto de família, de cachorros, de amigos, de viajar, de conhecer gente.. N gosto de preconceito, em especial com pessoas simples... Sou de escorpião, adoro o frio, cheiro de canela, n gosto de muita luz... Falo sozinho, falo muito, falo alto, falo rápido, falo embolado(obs: os quatro últimos adjetivos ligados a fala n se referem as vezes em que falo sozinho, pelo amor de Deus)... Sou muito bagunceiro... Sou ansioso, vivo com pressa, n sei de que.... Conto páginas de livros antes de ler, vejo qtas horas dura o filme antes de ver, n gosto de sexo muito demorado... N sei cozinhar, n falo inglês, n uso cartão de credito.... To no vermelho no banco.. Já perdi um celular (uma vez), já anotei números em pedaços de papel sem escrever o dono do telefone junto(uma centena de vezes)... Jogo toalha molhada em cima da cama, tenho aflição de pasta de dente apertada na metade, odeio minha letra, minha ortografia é péssima, adoro sorvete de morango, n ligo pra chocolate, n gosto de verduras, me preocupo mais com ser justo do que ser bom.. Gosto do Caetano, de Fernanda Young, Marisa Monte, Pedro Almodóvar, Batman, Clarice Lispector, Nelson Rodrigues, Alice no País das maravilhas.. Fui ao show da Madonna e no rock in rio três .. Ando flertando com Caio Fernando Abreu.... Não gosto de acordar cedo, adoro o por do sol.... Adoro tomar banho, adoro beber água... Adoro água. Bato pézinho (44) toda vez q ouço samba, n sei dançar... Tenho medo da morte, n tenho medo de barata, tenho medo de mim mesmo.. Só chorei vendo um filme até hj (sempre choro na mesma cena), gosto de reality show, adoro cinema, teatro, TV, Net, escrever, ler, fotografias, tecnologia, fazer vídeos, desenho animado, jogos de tabuleiro, cartas, parques de diversão, música (sou bem eclético ouço de trash a clássico).... Me irrito com caixa de fósforo molhada, pessoas fúteis, gente q n argumenta qdo discute dizendo coisas do tipo “N tem jeito, vc n entende”... Moro com meus avós, não bebo, sou agnóstico, votei no Lula... Estudei em escola de padres por 12 anos (já quis ser padre)... Sou meio crianção... Já fiz sexo com e sem amor (tive experiências boas e ruins em ambos os casos), já rasguei coisas que escrevi, já chorei por alguém e ri da barriga doer do lado desse mesmo alguém... Já amei alguém (algumas vezes fui correspondidos, outras n)... Nunca fumei maconha, nunca fui pra fora do país... Tenho tatuagem... Acredito que o mundo pode ser um lugar melhor.. Quero casar com um homem, adotar um filho com ele, ter uma casa na praia e dois cachorros.... Tenho vontade de pular de para quedas, fazer sexo a três, ir a Disney... O último filme que vi foi última parada 174.... Já fiz mal a alguém sem saber que estava fazendo, mas tb já fiz sabendo... N me arrependo do que n fiz e tudo que fiz e me arrependi, pensei estar fazendo certo (mesmo qdo fiz mal sabendo)... Concordo com quem disse que tudo que é bom é imoral, ilegal ou engorda... E que o inferno é o outro... Mas Acho que a frase q melhor me descreve é : “Se eu tivesse mais alma pra dar eu daria, isso pra mim é viver” E.... É isso... Se n for isso é quase isso.... Ahhh... sou meio prolixo e bem sincero... rss"

Qdo terminei ele falou:

Hummm... sexo a três....

Levei alguns minutos pensando no que responderia... Sai do Chat...

24.4.09

Sobre o ativismo da mediocridade...

Até o momento eu ainda não havia feito nenhum comentário sobre o nome da vez Susan Boyle. A senhora de 47 anos é protagonista dum conto de fadas, com direito a cenas hollyudiana. Após ter participado de um programa televisivo tal com o nosso ídolos, Susan virou um sucesso internacional. Seu vídeo foi oito vezes mais visto, na internet, que o discurso de posse do Obama; Personalidades como Demi Moore e Opra declararam torcer para que ela vença o programa; já foi procurada por gravadoras, tem estado badalada entre os programas de televisão.

Confesso q eu fico muito satisfeito em ver que num mundo onde o ter vem em detrimento ao ser de forma tão avassaladora, alguém que tem tão pouco e é tanto, consegue seu lugar ao sol. Nem só de Paris Hilton vive a década de 2000...

Desajeitada, gordinha, descabelada... E ainda sim estonteante, e ainda sim todos que riram dela com seus cabelos impecáveis e gestos elegantes, aplaudiram de pé.

Hoje, assistindo TV, fiquei contente mais uma vez quando vi no jornal hj falando sobre Susan.. Sua historia exemplo pode e deve ser gritada aos sete ventos...

Um pouco mais tarde trocando, mais uma vez de canal, vejo a historia contada no programa da Sonia Abrão... Bem... Devo dizer que tenho pavor a esta criatura... Sempre vi nela um retrato da hipocrisia, a tentativa artificial e forçada da comunicadora com valores da dona de casa dos seriados americanos na década de 50... Porém é um programa popular, de amplo acesso da massa e fiquei contente de ver a historia da Susan contada ali. Ao terminar fiquei a espera do comentário de Sonia, foi quando ela resolveu mostrar a Susan Brasileira... É... Achei a idéia forçada mas... Ok.. Vejamos...

Me entra um cidadão vestido de mulher, fazendo uma parodia ridícula da música cantada por Susan Boyle... E ainda repetiram a atração...

A pouco comentei num blog que a industria do entretenimento, não satisfeito com a superação da imagem ridicularizada de Susan, a convidou para fazer um filme pornô... Me impressiono com o quanto as pessoas conseguem ser medíocres, e quanto é difícil se desvencilhar desta marca.

Na parodia ele canta: “se fizesse um pedido para um gênio eu pediria, ter uma bunda bem grande, bem maior que a melancia.”... Será que é tão difícil compreender que não é nada disso???? Que é muito maior, e muito além disso??? É tão difícil calar a boca e parar de rir??? Deve ser... A lente q eles enxergam o mundo é tão restrita que só conseguem ver nas projeções de alguém a mulher melancia, como se não houvesse, nada além disso... E mesmo qdo surge Susan Boyle, não conseguem sair desse lugar.

Dividindo a mesa com ela uma criatura ridícula com uma voz estridente vestida de empregada doméstica e Decio Picinini... Oras, tem dó... Quem são eles pra poder rir de Susan Boyle??? Basta que se olhem no espelho...

Mas... Não.. Melhor rir de Susan, mesmo... Pk se forem olhar muito fixamente no espelho... Se conseguirem de fato se olhar... Muito longe de rir... Eles vão chorar, pk o mais deprimente de todos os espetáculos é o que eles se tornaram e o que eles ajudam a formar.

Segue ai em baixo o vídeo do programa de Sonia Abrão e o link do you tube, para alguém que ocasionalmente ainda n conheça a Susan.


http://www.youtube.com/watch?v=xRbYtxHayXo&feature=related


video

É bom para o moral???


Estou eu no recôncavo de meu lar, trocando de canal de um lado para o outro, qdo me deparo com Rita Cadilac, no programa de detector de mentiras do Silvio Santos. Passei rapidamente, enqto Rita sorria, mas algo me chamou atenção e eu voltei... Rita Cadilac, que durante tantos anos foi símbolo sexual brasileiro, que ainda hj tah ai na ativa (ou na passiva como preferir) gravando pornozão pra alegria da garotada, que dançou pra mais de sessenta mil homens na serra pelada, que era musa do Carandiru, que levava o povo ao delírio qdo rodava o seu dedinho.. Sim, ela... Rita Cadilac está sem um artilheiro... Deus meu... É o fim dos tempos..

Gasta grana com lipo, gasta grana com silico e me deixa escapar um dentinho, Rita.. Vacilo pow...

23.4.09

Algumas coisas que precisam ficar claras


1 – Você pode desejar um sexo casual e tb querer namorar, mas concomitantemente fica meio complicado.

2 – Quando um cara diz pra vc: Vamos pra um lugar mais tranqüilo pra gente conversar... Não vai rolar nada que você não queira, é só pra gente ficar mais à vontade... E outras coisas desse nype, é fato, ele quer trepar com você.

3 – O índice de expectativa de vida aumentou significativamente nos últimos anos. As pessoas tem casado menos e levado mais tempo pra sair de casa. A industria da cosmética e mesmo do entretenimento tem tornado mais elástico o conceito de juventude. Enfim... Não precisa entrar em desespero pk estah solteiro aos 25...

4 – De perto ninguém é normal... E o Diabo tb n é tão feio...

5 – A gente se acostuma com tudo na vida, e isso pode ser muito bom ou péssimo.

6 - O local de onde vem o cara não influencia no sucesso de uma relação. Alguns lugares são mais prováveis, outros menos... Mas seja da balada de sábado, do chat, da faculdade, da praia no feriado ou de onde for, fundamental é a maneira que você procede, não o local onde vc o conheceu.

7 – Não existe bom que não tenha defeito... Talvez n seja tão bonito, talvez não diga as coisas mais brilhantes, talvez não tenha o pau do tamanho que você gostaria... Pense sempre que vc não é perfeito tb.

8 – Procure ser alguém melhor se quer alguém melhor... Não adianta exigir um príncipe se vc é um vassalo.

9 – A maior prova da ignorância humana é manter o mesmo comportamento esperando outras conseqüências.

10 – Todo fim de relação vc vai ter a sensação de que o mundo tah pior, as pessoas estão mais fúteis, e tudo conspira contra vc.... É meio clichê dizer, mas uma coisa é fato: Com o tempo tudo passa...

11 – Nunca delegue a sua felicidade a ninguém. Procure estar bem, em vez de esperar um homem que o faça feliz.

12 – Amor n é sinônimo de subtrair... Pelo contrario, ele deve vir pra somar.

22.4.09

Eu e o mundo



Quarta feira nublada, acordo eu super antenado nos problemas em escala mundial. A visita do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, ao Brasil definitivamente me marcou. Eu... Desempregado, sem sexo, “recém” tomado pé na bunda, sem celular e etc achei até oportuno me voltar pras questões mundiais, nesse momento undergroud em que passo (não resolvo nem os meus o que dirá os do mundo, mas não custa tentar). O presidente psicopata que coloca gays na forca andará livremente por solo brasileiro e não encontrei em lugar algum, nenhum planejamento de qq manifestação. É verdade que não vamos solucionar o problema, mas tb não podemos ver o trem da historia passar e ficarmos parados diante dele. Registremos nossa indignação, marquemos presença, façamos barulho. Então fiquei pensando em alguma coisinha básica.. Sei lá... Seqüestrar ele e trancar num darkroom, fazer uma vaginoplastia caseira, mandar um primo inconveniente de homem bomba (eu tenho um que se você disser que ele vai ter um playstation 3 no céu de Alá, topa)... Enfim, qq coisa... De repente me toca o telefone...

Amiga, problemas sentimentais (acho que vou abrir uma consultoria, em épocas de crise nem conselho ta saindo de graça)... Não era o melhor momento, eu pensando em mandar um homem bomba encontrar o presidente do Irã, enforcador de gays, e ela me vem reclamar que ta solteira... Tem dó, né...

Porém devo reconhecer que fiquei solidário, ela disse que a crise começou após um pequeno dialogo com uma tia que não via a tempo... Algo mais ou menos assim:

- E os namorados, minha filha?

- To solteiro, tia...

- Por que, meu Deus ???? (olhos arregalados) Uma moça tão bonita...

- É tia, to estudando, né... Muito trabalho...

- Mas com essa idade toda? (silêncio tenso... Por um segundo ela pensou em levantar e fazer um discurso feminista, dizer que era solteira por opção – o que seria mentira, a menos que estivesse se referindo a opção alheia – que não pretende seguir o mesmo caminho de suas filhas retrogradas, tacanhas e tolidas, que delegam as suas felicidades a um homem que fica em cima do sofá todo domingo arrotando lingüiça e vendo Faustão... Mas se contentou em dizer apenas um...)

- ...É, né tia...

Que atire a primeira pedra quem nunca foi visto como um alienígena, ao dizer que estava solteiro, parece que a condição humana básica estar ao lado de alguém e que diante dessa falta fica um buraco que precisa imediatamente ser fechado. E essa coisa do “tão bonita”??? Meu Deus, quem é feia não pode ter ninguém??? Credo...

Outra questão levantada no curto dialogo com a tia torturadora é a idade. Quando vc está prestes a soprar 26 velas no seu bolo ouvir que vai depender se seu pai vai querer na hora do “com quem será”, gera um certo incomodo... Diria até que um desespero...

Do lado de cá eu tentava exaltar o quando de fato ela é interessante e que essa tia foi criada numa época onde os valores ainda são presentes, mas não são mais centrais. Que o amor não é algo pra ser procurado, ele deve acontecer naturalmente... Em um dado momento vc se apaixona por alguém que admira (característica fundamental para manutenção desse sentimento)... Que quando procuramos alguém para namorar, como se estivéssemos procurando um candidato para ocupar um cargo, deixamos de lado o fundamental, que é o interesse por um homem real para construir algo e buscamos o candidato mais preparado para um cargo cheio de defeitos. Se almejamos alguém melhor devemos começar a tentar ser pessoas melhores.

Do outro lado da linha ela insistia em dizer que estava fodida, sozinha e exaltava um cento de características (Independente, politizada, bonita, simpática...). Mas o obvio é que se todas essas características tem como função parecer atraente para um homem podemos dizer que elas são apenas colaterais da insegurança e isso nivela ela no mesmo patamar das primas que tanto criticava...

Por fim desligamos o tel, voltei a pensar no presidente do Irã... Vez ou outra vinha minha amiga na cabeça... Fiquei me perguntando se existe tanta diferença de fato entre ela, as primas, ou mesmo eu, que estava aqui pensando na dor alheia como uma maneira de fugir dos meus problemas, pk embora menores me são tão mais incomodos.
Lembrei de uma fala do club da luta... Tinha lido sobre ela em algum lugar algumas semanas atrás... Dei uma caçada... Achei... Não poderia ser mais oportuna.

"Nós somos os filhos do meio da história, sem propósito ou lugar.

Não tivemos Grande Guerra, não tivemos Grande Depressão.

Nossa grande guerra é a guerra espiritual, nossa grande depressão é a nossa vida"

Acordando...

Qdo acordei devia ser umas 11:30...

A porra do telefone (odeio ser acordado)... Um amigo... Sério apuros... “Transei com “A” que era namorado de “B”... “B” não gostou, mas tinha dado carta branca, gosto tanto dele etc etc etc...” Putz.. Coitado, puta encrenca...

Segui pro banho, mudei de roupa... Outra vez.. Telefone... Ex... “Éramos pra comemorar três anos, ainda te amo, a gente precisa amadurecer, uma hora a gente volta etc etc etc”.. Que merda... Tudo bem até agora... Foda...

Encontrei com a minha prima... Paquera nova.. “Perfeito demais.. Algo estranho... Menos de uma semana, falando em casamento.. complicado”... Bem estranho...

Fui na casa de uma amiga... “Gosto de “x’, que namora com “y”.. Eles são gays, sonhei eu tinha um piru”.. Muito louco...

Cheguei em casa... Li uns blogs... Mil historias... “É um que não vem, outro que chegou e não agradou, outro que nunca chegará, outro que espera que chegue de onde vier”...

As 23:30, elocobrando a minha escrita, tentava compreender que fenômeno é esse, por que tem tanta gente, tão afim, tão disposta e essa gente não se encontra... Onde está o erro???

Por volta da 00:00 fui olhar o blog de um amigo... Quando soube que...

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, na primeira semana de maio vai estar no Brasil... No blog meu amigo contava que havia lido uma carta do Itamaraty, em que o órgão brasileiro se mostra preocupado com a atitude Armadinejad na Conferência sobre Discriminação Racial realizada pelas Nações Unidas em Genebra, onde afirmou que nunca houve o Holocausto na 2ª Guerra Mundial.

Em 2007 dando uma palestra na Universidade de Colúmbia sobre a violação dos direitos humanos no Irã e a perseguição aos gays, Ahmadinejad respondeu:
"nós não temos homossexuais no Irã. Eu não sei quem disse isso para você".

É... Não devem ter mesmo... No Irã Homossexualidade é crime, e a pena é a execução... Bem, naturalmente não tem... E se tiver, uma vez descoberto.. Voltará a deixar de ter...

Li tudo aquilo e fiquei pensando... Os caras são mortos... Pessoas como nós, que são enforcados por ser como nós... Vocês entendem o que eu to falando??? Eu to falando que essas pessoas são assassinadas pelo simples fato de fazer aquilo que nós fazemos e que o líder desse país, que não só executa, como apóia tal ato, vai estar numa visita política no nosso país na primeira semana de maio... A aproximadamente um mês da dita parada do “orgulho” gay...

E nós estamos em nossos blogs, nossas conversas de bar, nossos telefones, nossos encontros e etc... Falando nossos probleminhas, sobre as coisas que não temos, sobre medos tolos, sobre erros que insistimos em repetir, sobre esse script tão igual.... Tão igual....

Qdo acordei, devia ser uma 00:30... Que bom que acordei...

21.4.09

Uma data (quase) qualquer...

Sim... Não da pra negar, blog funciona como uma catarse pra mim. Nesse meu momento “olho do furacão” me via aflito querendo um... É a hora que elaboro, distraio, relaxo... Seja qdo falo de angustia, ou quando falo sobre qq bobagem.

Hoje 21/04/09 faria, se ainda estivesse namorando, três anos de namoro... Por esse motivo a dois anos não comemoro aniversário com uma amiga que faz niver no dia 20. É valido ressatar que não se trata de qq amiga... Sabe aquela amiga que vc levaria para uma ilha deserta, na certeza de que ficaria lá 20 anos falando, e não conseguiria dar conta de todos os assuntos? Então, é ela.... Finalmente podemos passar o dia juntos.... Tivemos uma reunião de trabalho, fomos pra casa dela, comemos coisinhas gotosas, me diverti com a deliciosa companhia de sua agradável família, seguimos pra um boteco... Bons amigos, Boas risada... Depois fomos para um ensaio numa quadra de escola de samba... Mais risadas, mais ritmos, mais cores... Peguei carona com outra amiga pra casa, paramos pra lanchar... Entre um papo e outro fiquei pensando no que escreveria quando chegasse em casa, de que maneira enfrentaria a solidão do meu qrto... Como iria elaborar essa dor... Até que uma hora... Eu olhei pra cima e vi o letreiro com o nome do trailler... Dei uma gargalhada e falei... Essa merece ir pro blog...

Moral da historia... Pode ser que o dia 21 de abril, ainda não seja pra mim apenas o feriado da inconfidência mineira, mas acho que já começo a ver nele alguma coisa além de uma ausência.


Nota sobre a foto: Trailler no meio do centro da cidade, daqueles lugares com muita puta, travesti, maconheiro e etc... Quer nome mais adequado??? Fuma um back na praça e na seqüência... Vamos pro larika’s

Danadinho...


Mas cachorro e criança são donos de envergonhar a gente...

20.4.09

Dani Calabresa e Bento Ribeiro comentam Ana Maria Braga de Madonna

video

É... Uma coisa a gente deve reconhecer... Se Ana Maria Braga queria repercussão... Conseguiu...

O vaticano é aqui...

A uns dias atrás fiz uma postagem sobre o calendário de padres produzido pelo vaticano com a suposta intenção de propagar a fé católica... Fiquei pensando a cerca disso e me perguntando por que nenhum padre brasileiro nunca fez parte do calendário. Afinal, quem disse que nós tb não temos padres gostosos???? Não sei quem compõe a banca julgadora dos padres que vão para o calendário, mas se Bentinho (XVI) o faz, tomara que tenha ficado ligado nos nossos padres, pk nós tb temos material de primeira. Confiram vcs mesmo...



Padre Juarez de Castro

Dono de um sorriso encantador o padre/cantor alem de lindo é extremamente doce. O vi pela primeira vez no quadro palavras cruzadas do programa CQC. Qdo é questionado sobre o sexo com mais de uma pessoa ele fala: “é um absurdo.. Não tem nada a ver”.. Mas tão engraçadinho ele falando... Ai ai ai...








Padre Zeca

Padre Zeca, um dos primeiros padres pop stars do Brasil, Padre Zeca ficou famoso pelo seu CD Deus é dez (e o CD era 15). Afastado da igreja católica desde 2007, o padre já esta acessível para utilização pública. Que pressão é essa????








Padre Reginaldo Manzotti

O também cantor, padre e gato Reginaldo Manzotti tira suspiro da galera. Com um jeito maduro de se colocar o padre deixa qq um meio zonzo








Padre Fábio de Melo

Por fim o mega popstar gato, Padre Fabio de Melo... Ele é artista, é escritor, professor universitário, apresentador.... O homi de tudo faz, menos o que nos interessa (pelo menos essa é a informação oficial)... Por esse eu iria a missa de segunda a segunda.






E então??? Merecemos ou não merecemos estar no calendario??? Deveriamos fazer um protesto, poderiamos exigir, inclusive, um calendario nosso adaptado aos trópicos com os padres de sunga.... E digo mais... Voto em Padre Pinto pra fazer a seleção, o que será q ele acha da ideia????

19.4.09

Blogueiro Inspirado...



Sobre nós dois


Talvez, eu nunca te veja,

Nunca sinta o teu cheiro

O teu gosto

O teu calor

Talvez. nunca toque sua pele

E nunca te abrace forte para que se sinta seguro...

Nunca possa zelar pelo teu sono

Nunca fale baixinho no seu ouvido todas as coisas de amor que tenho pra você

Talvez, eu esteja condenado eternamente por todas estas distâncias

Condenado a uma falta

A um não você...

E se assim o for...

Se tão doloroso assim o for...

Ainda assim terá valido a pena...

Terá valido a pena ter conhecido você

Terá valido a pena ter feito planos por você

Terá valido a pena esperar por você

Terá valido a pena poder ter escrito sobre nós dois

Sobre nós

Em algum momento...

... Nós!!!

Lembranças...

Estava na cozinha lavando meu prato depois do almoço enqto os meus avós conversavam na sala, num dado momento ouvi meu avô dizer: “No começo é sempre um mar de rosas, mas tudo tem inicio meio e fim. As pessoas só pensam no inicio”. Por alguns segundo fiquei refletindo acerca da afirmação, um filme passou pela minha cabeça... Revi os planos que fiz e que nunca irei realizar, os momentos que pensei que seriam eternos, as horas que se arrastaram depois que tudo acabou. Resolvi rever lembranças que fazia questão de não olhar, senti um gosto agridoce na boca, um pouco de saudades, e um outro sentimento que não consigo descrever... Dentre as lembranças a entrada de uma peça de teatro (foto) que fomos juntos. Se chamava: “A falta que nos move ou todas as historias são ficção”. A peça apresentada por um pequeno público no terraço de um prédio na avenida paulista, falava sobre historias e estórias de vida... Ainda mais impressionante que sua apresentação é seu título... Intrigante, provocativo, incômodo... Coloca a angustia da falta na base e fragilidade da realidade num lugar central. Fiquei sentado na cama me perguntando se os fatos tinham realmente acontecido da maneira que me lembrava ou se eu que os colori... Se as comidas tinham mesmo aquele gosto, São Paulo aquele charme, a vida aquele cheiro... E se não era, me perguntei se o que me move hoje é a expectativa de mais ficção, a fuga dessa coisa cinza que tem sido a realidade.

Mais palavra cruzada...

video


Vendo outras palavras cruzadas do CQC, no you tube, achei as respostas do Padre Juarez de Castro, Pámela Butt, Eduardo Paes e Kassab qdo questionados sobre homossexualidade/casamento gay. Assistam e me respondam depois:

Léo Jaime estava ou não estava certo qdo disse – “...as coisas são mais fáceis na televisão” ????

Tudo bem que... Uma atriz de filme pornô, um jovem padre... E o Kassab... Ora o Kassab.. Além da Marta Suplicy quem mais sabe da vida do Kassab???

Inri Cristo e o casamento Gay

video

Por essa eu não esperava... O quadro Palavras cruzadas do CQC confronta duas pessoas públicas de posicionamentos aparentemente opostos para que respondam as mesmas perguntas... No último programa (13/04/2009) responderam Toninho do Capeta e Inri Cristo... Qdo questionados a cerca do casamento gay os dois responderam positivamente. Fiquei surpreso com as respostas.. O Toninho respondeu sem que tivesse um tom pecaminoso, que poderia ser a via pela qual justificaria o apoio e o Inri falou de uma maneira que indica até uma certa discussão sobre o assunto. No que depender de nossas versões tupiniquins de Deus e do Diabo... Tamo bem na fita.... Vale a pena conferir.

Pesquisando mais encontrei a resposta que o Inri deu no seu próprio site para o questionamento... Se interessar a alguém segue ai em baixo:


"Qual é sua opinião a respeito do homossexualismo? O que leva um ser humano a praticá-lo?


Neste caso, reitero uma vez mais: tudo o que fizeres que faz mal a ti ou para outrem é pecado. Tudo que fizeres que não faz mal a ti nem aos outros não é pecado. Pessoalmente, não tenho inquietude sexual, pois não vivo como homem no mundo. DEUS me deu poder sobre a carne e autoridade para estender este poder. Ensino aos discípulos a viver em pureza transmutando as sagradas energias do sexo via coluna vertebral através de oração, culminando na simbiose com o ALTÍSSIMO (“Ao que vencer darei a comer da árvore da vida, que está oculta no paraíso de meu DEUS” – Apocalipse c.2 v.7). Aos que me questionam ensino o que é agradável aos olhos de meu PAI, pois se dependesse de mim, todos viveriam em pureza. Todavia, em cada cabeça, uma sentença. A conduta sexual é uma questão de foro íntimo, malgrado seja inspirada pela sodomista e gomorrenta sociedade contemporânea, cujas leis arcaicas, iníquas, corruptas e moribundas impelem os desavisados a sucumbirem no altar da orgia. Quem está no mundo é pressionado a seguir os padrões sociais, que impõem a necessidade de fornicar. Os espíritos das trevas enganam os seres humanos fazendo-os crer que a consumação do sentimento amoroso está na prática da fornicação, independendo de ser ou não um relacionamento homossexual. No que concerne às Sagradas Escrituras, o homossexualismo feminino não é mencionado; o masculino, não obstante, o é (“Não te aproximarás de um homem como se fosse mulher” – Levítico c.18 v.22). O ser humano é dotado de livre-arbítrio, que lhe faculta o inalienável direito de decidir o que fazer de seu corpo. Cada um deve saber se comportar. Em cada cabeça há uma sucursal do Santo Tribunal Celestial com um juiz de plantão. Este ditará a sentença de acordo com a consciência e o conhecimento do titular sobre a lei de DEUS. Logo, se fizeres algo a teu corpo que não faz mal a ti nem aos outros não é pecado. Mas se perceberes haver praticado algo que te fez mal, se porventura perdurar um melancólico vazio em teu interior, um sentimento de angústia e depressão após o ato, então cometeste um pecado. Nada tenho contra os homossexuais. Tão somente, por minha condição representativa, sou contra os vícios. Da minha parte, não discrimino os homossexuais, eu os amo a todos, porque na luz de meu PAI, SENHOR e DEUS, que é em mim, amo todas as criaturas que se movem sobre a terra. E justo porque os homossexuais são discriminados pela sociedade, eles têm mais facilidade de compreender minha condição de revolucionário, minha realidade. Muitos já vieram a mim no intuito de obter orientação e aprender como mudar de conduta sexual. Com o coração cheio de amor eu os recebo e os ensino a transmutar as energias do sexo através de orações, pois, afinal, eles também são meus filhos. Sei que esta resposta não será bem recebida pela maioria, mas nem há dois mil anos consegui agradar a todos”.


Entre suas críticas, ele diz que Charles Darwin teve inspiração divina ao criar a teoria da evolução, que Jesus viveu em pecado dos 13 aos 30 anos, acusa Roma de "vilipendiar os ensinamentos" e ainda dispara contra o Vaticano outras acusações.

18.4.09

Pimenta nos olhos dos outros...

Você já viram Borat??? Bem... Pra quem não conhece o filme conta a historia de Borat Sagdiyev (Sacha Baron Cohen) um repórter do Kazaquistão que vai fazer uma série de reportagens nos Estados Unidos. Lá, ele fica enlouquecido para conhecer e se casar com Pamela Anderson. O ator vive de fato como o personagem, viajando pelo país, conhece pessoas de verdade em situações reais com conseqüências hilariantes. Seu comportamento ‘primitivo’ gera reações fortes ao seu redor e a suposta intenção era de expor o preconceito e a hipocrisia presentes na cultura americana.

Achei o filme no mínimo exagerado. O personagem é absurdamente caricata, não precisa ser um PHD na cultura do Cazaquistão para ver que o filme peca pelo excesso. Porém devo confessar que morri de rir, se por um lado eles são politicamente incorretos e não se importam em ridicularizar toda uma cultura com a intenção de serem engraçados, por outro conseguem de fato gerar situações divertidas. Acho que nesse caso o humor ultrapassou o bom senso (e não me refiro só aos produtores, mas também ao público, me incluindo nisso, que aplaudiu a atração).

Porém o tiro saiu pela culatra, não foi bom rir de Borat??? Agora Sacha Baron Cohen prepara mais um filme polêmico, dessa vez ele é Bruno, um repórter gay de uma rede de televisão austríaca, que é enviado para os Estados Unidos. O formato é o mesmo tornando bem possível que venha carregado de preconceitos e estereótipos mais uma vez... Pelas fotos de divulgação da pra ver que no que tange o físico ele mantém o perfil caricata.



Agora é aguardar pra ver, fui rir da piadinha cretina do colega, papai do céu castigou.... É assim que funciona, a gente não constrói nada vendo a injustiça na porta ao lado e pensando “Que se dane, não é na minha porta”... Pode não ser hj, mas se ela continuar batendo, uma hora vai chegar na sua tb.

Acontece, né...


Ahhh achou engraçado...
Você bebe???
Hummmmmm....

17.4.09

Imagens da caçada

Como disse no outro post, finalmente encontrei o livro. Não sei se vcs vão conseguir ler... No trecho (de através do espelho) Alice tem um dialogo com as duas rainhas e é desafiada a fazer uma conta de subtração. Perguntam a ela: “Tire um osso de um cachorro, resta o que??? Ela diz q nada... Por que não haverá mais osso, e possivelmente o cachorro vai atacá-la, não havendo mais cachorro, nem ela... Não sobra nada. Uma das rainha a corrige, e diz... “restaria a fúria do cachorro”. Era isso.. Era isso que quis dizer aquele dia em que passei horas buscando algo que me identificasse de alguma forma... Era exatamente isso... Após a sensação de ter retirado de mim a identificação daquilo que sou, ataquei o que me retirou e de fato me sobrou a ira e é por ela que eu estou aqui.
Buscando Alice encontr
ei outras coisas incríveis.... E divido com vcs algumas das imagens que achei...

Minha mãe suas amigas em 1973


Meu pai e seus amigos no mesmo ano


A capa do meu caderno em 2001


A capa do meu diário de 2002

Sendond Life

Ainda seguindo o coelho branco, fui atrás do livro de Alice... Sabem o cômodo da bagunça??? Aquele lugar que reúne traças, cheiro de mofo, lembranças, teias de aranha e etc (Deus sabe o que pode haver a mais nesse etc)??? Fui procurar uma caixa onde coloquei algumas coisas a uns dois anos... Finalmente achei o livro, e também mais recordações (tema do próximo post). Junto uma Veja tecnologia de Agosto de 2007... Havia uma reportagem sobre o second life. Me recordei de uma postagem que vi num “broguin” rodando por ai. O rapaz dizia, entre outras coisas, que não se deve confiar em foto e exigir cam. Bem... Recomendei ele que não confie nem em cam, digo por experiência própria... Um ângulo muda tudo. Porém a questão não passa só por ai, além de uma imagem fisicamente errônea, que estamos sujeitos, ainda tem a possibilidade de uma “personalidade” errônea. É claro que esse engano é possível até com quem dividimos a casa, o que dirá na Internet. Não vejo pecado algum em ser mais desenrolado escrevendo, desejar tirar boas fotos, editar a realidade da maneira mais cômoda... De um jeito ou de outro a todo tempo estamos fazendo isso. Se a Internet é um terreno mais prospero, cabe a nós internautas termos alguma cautela. O second life, talvez seja um dos espaços, na rede, onde a dissonância entre o que se é e o personagem que se manipula seja mais clara, pelo simples fato que em se tratando de um jogo não é politicamente incorreto ser diferente da imagem que se cria. E nesse jogo brincando, o sujeito se relaciona, namora, casa... Criadores carentes... Brincando de vida, de amor, de sensações... É tudo tão distante e tão próximo ao mesmo tempo... Uma linha tênue que separa realidade e fantasia... É um risco e todo cuidado pra não se perder em meio a essa onda, é pouco.

Ai em baixo vai umas fotos da reportagem... Alguns personagens... E seus criadores....




No Pants day

A Internet é realmente sensacional ... A ação coletiva foi combinada pela Internet, em sua primeira edição no Brasil (acreditem, é mundial) o “No Pants day” teve por volta de 400 colaboradores confirmados. A ideia era que num determiando dia, por um determinado periodo de tempo os voluntarios andariam sem calça pelo metrô de São Paulo. O grupo se reuniu por volta das 19h na Praça Rodrigues de Abreu, junto à Estação Paraíso, na Zona Sul, e seguiu até a Estação Vila Madalena, na Zona Oeste. Segundo o blog que organizou o evento a idéia é reunir num determinado dia o maior grupo possível de pessoas sem a parte de baixo das suas roupas com o intuito de: “ficar confortável, surpreender e levar bom humor a um dia comum das pessoas de São Paulo”. No blog, estavam as regras, dicas e lembretes aos que decidiram entrar na brincadeira. O grupo deixa claro que a intenção “não é promover o nudismo, pornografia ou qualquer coisa desse tipo” e nem ofender os usuários do Metrô. Por isso, foi pedido que os participantes tivessem “bom gosto e respeito” ao escolher a cueca ou calcinha. Entre as sugestões, estava a de usar calças fáceis de tirar (adoro), usar até duas peças para dar maior sensação de segurança e a de levar livros ou jornais para parecer sério (parecer sério é importante) enquanto estivessem no vagão ou na plataforma com as pernas de fora. “Se perguntarem por que está tirando as calças, (deveria aproveitar o embalo) diga que estava se sentindo desconfortável e continue agindo normalmente”, sugeriu um internauta no blog. Esse é o segundo evento em São Paulo marcado pela internet neste mês de abril. No dia 4, a praça do Obelisco, no Ibirapuera, na Zona Sul, recebeu cerca de 500 pessoas para uma guerra de travesseiros. Era o "International Pillow Fight Day" - o Dia Mundial da Guerra de Travesseiros, que também ocorreu em cidades como Londres e Paris.

Eu devo assumir que fico meio espantado com o "gênio" humano, qual será o próximo “day” inventado??? Eu tenho medo....

Nesse sentido o Rio de Janeiro Ta muito mais avançado que a capital paulista. Desde a década de 90 Marina Lima já cantava que todas “ficam de bundinha de fora” e ainda rola um top less na areia (melhor não dar idéia), além do quase prefeito Gabeira que ficou famoso com a sua incrível cuequinha de crochê (e um puta malão) na década de 80.

Em São Paulo outra que talvez tenha se antecipado na aderência do movimento foi a apresentadora Ana Maria Braga que começou o seu programa no maior estilo Rainha Sado, segundo ela, vestida de Madonna...

Ai ai ai... Que tal organizarmos um “bom senso’s Day”???? Ai em baixo algumas fotos do No Pants day, vamos ver se realmente trouxe alegria.






É... Acho que gostei desse movimento, acredito que pode ser muito estimulante, pelo jeito a população tb aprova, percebam só o casal...



Agora temos de fazer o No Pants day com ereção!!!