9.8.12

Maria Madalena

Daí que a menina do administrativo traiu o marido e caiu em boca de Matilde... E não dava pra ser diferente, a nossa Madalena pecadora estava com viagem marcada pra Miami e qdo voltasse ia sair do aluguel, indo pra casa nova construída pelo marido... Que, diga-se de passagem, é um gato, alto, simpático, ganha uma grana, com um sorriso lindo etc etc etc etc... As especulações são diversas, dizem que ele descobriu que rolava até dentro de casa, que ela era fria com ele e que o cara era esse príncipe todo ao lado de uma mulher que bebia e ficava bagassa.

Ok, começarei confessando que engrossei a fofoca.. É lógico, todo mundo ficou curioso e têm três dias que as conversas pelos corredores são sempre sussurradas, a instituição parou. Acho natural que se comente, da mesma maneira que eu tenho a mais absoluta certeza que todos ali em algum momento já fizeram especulações a cerca da minha sexualidade em alguma rodinha. Alguém um dia já disse: "ahan ele divide com um amigo.. Tah”. Vou me descabelar por isso??? Eu não, faz parte da vida.. Aprendi isso a duras penas, qdo sofria baldes ainda adolescente (pra n dizer criança) ao saber que alguém especulou se eu era gay, como se a suposição não fosse a coisa mais natural do mundo.

Segunda feira foi tecnicamente seu último dia de trabalho e ela estava com uma cara sofrível que ninguém entendia nada. Eu estava na sua sala resolvendo diversos assuntos antes que ela fosse, até que uma hora comentei:

Gato – Me deixa adiantar isso tudo por que amanha já não te tenho aqui
Menina do administrativo com a voz chorosa – Eu não vou mais viajar





Gato – Ah tah

Perguntei nada, sabia que algo grave tinha ocorrido e nos dias subsequentes a situação foi se confirmando, ainda mais que ela não foi trabalhar, nego ficava realmente bem a vontade pra tocar no assunto.

Todas às vezes em que ligávamos por qq motivo ela tava com uma voz que parecia Nina na cova 




E assim, gente.. Eu me compadeci.. É claro que não se trata de uma situação em que a pessoa foi vitimada, de certa forma ela cavou uma cova em baixo dos próprios pés, mas eu fico me perguntando.. Quem nunca???

A pergunta não é quem nunca traiu, mas quem nunca cometeu um erro grave, quem nunca foi falho, quem nunca por qq motivo acabou não sendo ético ou sei lá... Geral me critica qdo eu falo que realmente estou solidário e é de se esperar essa crítica mesmo, não da pra não olhar com um foco machista essa história.. Fosse um homem o julgamento era menos pior, mas a mulher sempre vai ser a vadia, a maldita, a Eva que comeu a maçã.

Claro que, na minha leitura das coisas, o cumprimento dele desse papel tradicional de homem potencializa a filhadaputisse do ato. O que quero dizer com isso??? Quero dizer que ele sustentava a casa pagava o aluguel e mantinha boa parte dos luxos.. E opa, foi traído dentro deste apartamento.. Mas será que alguém se perguntou pk ela fez????  Claro que não.. Não interessam as causas... Que lógico não eram legitimas.. Ela sempre foi pintada por boa parte como arrogante, petulante e outros bichos.. O grande público aplaude a atração.

Numa coisa eu concordo com eles, ao que parece de fato os motivos devem ter sidos fúteis... O cara não devia merecer mesmo.. Acho que to meio velho pra acreditar na figura de uma vilã ordinária e de um príncipe encantado, mas não vou me enganar que a mais torta da historia possivelmente é ela.

Só que no mundo eu a vida inteira fui uma espécie de Gabriela em meio a um monte de beatas... Eu, apenas eu e essa Madalena pecadora, já cometi erros horríveis, já trai, já menti, já enganei... Apenas nós dois... O viado e aquela que o véu caiu e está exposta em praça público... Unidos pela margem.. Cintura Fina e Hilda Furacão, diante de uma multidão de Frei Maltos prontos pra fazer o exorcismo.

Não quero passar a mão na cabeça, mas acho que já teve a devida punição a quem era de direito punir... Foi burra, perdeu uma chance, podia ser muito feliz com o cara se tivesse um pouquinho mais de inteligência emocional para administrar essa onda toda, mas não teve....  E ai tenho três opções nessa historia toda... Ou seguro a cruz para com as beatas, ou fico em cima do muro (Deus me livre), ou então me compadeço com a dor de Madalena...

Poderia até pensar em outros papeis se fosse amigo dele, mas analisando friamente a historia, sem ter envolvimento emocional com nenhuma das partes, acho que o resultado final não se trata nem de fazer escolha... O mundo me trouxe até aqui...

Lamento por não poder dizer isso a ela e entendo que seria ainda mais constrangedor... Porém, gostaria de verdade que de alguma forma percebesse que eu a enxergo para além de um erro e que pra ser sincero o que acho vilão mesmo é a idealização de amor romântico contemporâneo, esse amor que monopoliza hormônios, cheio de regras que ng consegue suportar.. No fim de tudo essa algoz idealização  sempre termina na tragédia de uma puta revelada ou com uma vida morna e fugas. 



9 comentários:

  1. Putz como ela é MATILDE meu Deus ... quero morrer sua amiga ... e íntima ... rs ... quem sabe assim eu escapo da língua da felina ... rs

    Mas falando sério ... estas coisas acontecem mesmo e queiramos ou não sempre comentamos...

    O fato em si sempre tem as suas versões ... de um lado e de outro ... mas a julgar pelo q vc narrou, me parece q definitivamente ela deve ser loura ... putz qta burrice ... trair e coçar é só começar ... mas pelo amor de Deus né? Vamos trair e coçar com inteligência e discrição né? rs
    bjão

    ResponderExcluir
  2. Hahahaha! Monster!!! E cantando juntos agora: eu nasci assim, eu cresci assim... hahahahaha!
    E Mansão dos Brachos foi óootemooooooo!

    ResponderExcluir
  3. Concordo com vc, principalmente no que vc diz sobre "Fosse um homem [heterossexual pegador] o julgamento era menos pior, mas a mulher sempre vai ser a vadia, a maldita, a Eva que comeu a maçã."

    ResponderExcluir
  4. eheheheeh coitadinha, numa dessas ele nem dava no coro ehehehe

    obs: adorei a fotinho da Bree ai do lado no seu blog, adoro Desperate Housewives :)

    ResponderExcluir
  5. sua conclusão é perfeita. concordo plenamente. "Porém, gostaria de verdade que de alguma forma percebesse que eu a enxergo para além de um erro e que pra ser sincero o que acho vilão mesmo é a idealização de amor romântico contemporâneo, esse amor que monopoliza hormônios, cheio de regras que ng consegue suportar.."

    ResponderExcluir
  6. Pois olha que o Phelps tá pedalando na enquete... quase empatado... e pior que euzinho ainda não consegui chegar a um veredicto... acho que precisa ver o corpo ao vivo... hahahaha!

    E "a galera do antidepressivo" é um PORRE mesmo! Fazer o quê, nzé?
    Bom finde aos Brachos!

    ResponderExcluir
  7. Olá, parabéns pelo seu blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderExcluir
  8. Ainda acho q trair é foda, acho q a confianca nunca mais sera a msm; isso pode abalar o relacionamento p sempre, entao e mto mais facil terminar agora q mais tarde qdo se apegar ainda mais.
    Bjon

    ResponderExcluir
  9. Eu acho isso tão complicado.. Eu já traí gostando muito da pessoa, se não diria que quem ama não trai... não é verdade, já que pode faltar mil coisas além do amor..

    O que acontece é que ela foi burra e foi pega. Perdeu casa, viagem e luxo e quem sabe um amor tbém... fazer o que? Acontece.

    ResponderExcluir